RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 29 registros para a palavra: mineradora

Ministério Público do Trabalho diz que vai investigar morte de funcionário de mineradora em Jaguarari

O Ministério Público do Trabalho (MPT) da Bahia vai investigar as responsabilidades trabalhistas pelo acidente que levou à morte de um empregado da Mineração Caraíba S.A na tarde de ontem (13), no distrito de Pilar, em Jaguarari, no norte do estado da Bahia. Joelson Pereira da Silva, 25 anos, realizava a limpeza do tambor de uma máquina que faz cimento junto com alguns colegas quando o acidente ocorreu. As circunstâncias e causas do acidente ainda não foram reveladas pela empresa

O Instituto Médico-Legal (IML) de Senhor do Bonfim, município vizinho, enviou uma equipe até o local para retirada do corpo e realização da perícia. Outra perícia, mais específica para a identificação do cumprimento das normas de saúde e segurança do trabalho, também deverá ser feita por auditores-fiscais do Trabalho e será peça essencial no inquérito do MPT...

Funcionário da mineradora Caraíba Metais no norte da Bahia morre durante limpeza de equipamento betoneira

Um funcionário da Mineração Caraíba S.A morreu na tarde desta quinta-feira (13), durante horário de trabalho, na empresa localizada em Pilar, distrito da cidade de Jaguarari, no norte da Bahia.

A mineradora informou que, segundo informações preliminares, Joelson Pereira da Silva, de 25 anos, e alguns colegas, realizavam a limpeza do tambor de um equipamento betoneira (máquina que faz cimento em grande escala) quando ocorreu um acidente. As circunstâncias e causas do acidente ainda serão apuradas. Joelson morreu no local...

Jacobina registra nove tremores de terra em dois dias; Mineradora diz que realizou inspeções em barragens de rejeitos e não constatou alterações

Desde ontem (12), o Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) vem registrando eventos sísmicos no município de Jacobina, no Norte da Bahia. No total, até o momento, foram registrados nove tremores de terra, destacando o evento que ocorreu às 0h36 UTC (21h36, hora local [do dia 12/01]), de magnitude preliminar calculada em 2.4 mR.

De acordom com o LabSis, entre ontem e hoje (13) foram registrados os seguintes abalos sísmicos: ..

Mineradora através de nota tranquiliza toda a comunidade de Jacobina e Região quanto a estabilidade de suas barragens

Na segunda-feira a reportagem da REDEGN publicou texto postado nas redes sociais sobre o dique que transbordou e inundou dia (8) um trecho da BR-040 em Nova Lima (MG) passou para o nível 3 de emergência, por determinação da Agência Nacional de Mineração (ANM). Esse é o nível mais alto de risco e indica a possibilidade de rompimento.

Este rompimento fez o secretário da Diretoria Executiva do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), Almacks Luiz, Graduado em Gestão Ambiental com especialização em Recursos Hídricos, Saneamento e Residência Agrária em Tecnologias Sociais e Sustentáveis no Semiarido, questionar a segurança das mineradoras instaladas em Jacobina., Bahia..

Bispo da Diocese de Juazeiro se reúne com deputado Zó para tratar do impacto das mineradoras em municípios da Região Norte

Na tarde da última  terça-feira, 05, o deputado estadual Zó se reuniu com o Bispo da Diocese de Juazeiro, Dom Beto Breis, para tratar das ações das mineradoras nos municípios da Região Norte, pois, além de desenvolvimento, a atividade  gera impactos ambientais, sociais e de saúde nas comunidades.

Apesar da exploração ser permitida pela Companhia Baiana de Pesquisa Mineral, muitos municípios têm sofrido com atividade, desde o desmatamento à impactos sobre a saúde da população que vive nas comunidade rurais onde estão instaladas as mineradoras. Há localidades que são diariamente "nuvens" de minérios, como em Angico dos Dias, no município de Campo Alegre de Lourdes. ..

Empresa mineradora se manifesta após denúncia de acidente envolvendo caminhão que deixou uma pessoa ferida em Sento Sé

A empresa Tombador Iron Mineração se manifestou publicamente após a Comissão Pastoral da Terra (CPT) de Juazeiro informar, na semana passada, que trabalhadores/as de uma empresa de fruticultura, que moram na comunidade Andorinhas, em Sento Sé-BA, estavam retornando para suas casas quando foram surpreendidos com pedras atingindo o veículo que estavam. As pedras se soltaram de uma carreta que realiza o transporte de minério de ferro da Tombador Iron Mineração, empresa localizada na Serra da Bicuda, próxima a diversas comunidades ribeirinhas e o Lago de Sobradinho, disse a CPT na ocasião.

O acidente aconteceu na BA 210, próximo à sede do município. O para-brisa do carro ficou totalmente estilhaçado e um jovem sofreu ferimentos no braço, tendo arranhões leves, informou a CPT, complementando ainda que "Esse não é o primeiro acidente que acontece, há relato de outro morador local, que também teve seu veículo atingido há cerca de dois meses, e até hoje espera ser ressarcido pelo prejuízo no carro"...

Ministério Público requer anulação de licenças de mineradora em Jaguarari

O Ministério Público estadual, por meio do promotor de Justiça Pablo Almeida, ajuizou ação civil pública contra a Mineração Jaguarari e o Município de Jaguarari requerendo que a Justiça determine a anulação de licenças da mineradora na Serra dos Morgados. Segundo o promotor de Justiça, foram emitidas quatro licenças ambientais específicas pelo órgão ambiental do Município, com o timbre da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, sem a exigência de qualquer estudo ambiental e sem processo administrativo antecedente. “A mineradora, com a colaboração do Município de Jaguarari, tentou burlar as disposições legais, já que houve emissão de licenças no último dia de mandato do chefe do executivo, sem ao menos existir um processo de licenciamento regular, sem a apresentação de estudos ambientais, nem mesmo Plano de Recuperação de Área Degradada (Prad)”, destacou.

A ação civil pública faz parte das ações dos projetos ‘Município Ecolegal’ e ‘Floresta Legal’ e conta com o apoio do programa de Fiscalização Preventiva Integrada (FPI). O MP requer que a empresa suspenda totalmente a atividade de lavra ou pesquisa de minério até que o empreendimento esteja devidamente regularizado, com licença concedida pelo Instituto do Meio e Recursos Hídricos (Inema), suspendendo-se todas as licenças e atos autorizativos concedidos pelo Município e paralisando todas as atividades interventivas no meio ambiente. Além disso, o MP requer que a empresa apresente, no prazo de 90 dias, Programas de Recuperação de Área Degradada (Prads) em relação às áreas degradadas, assinado por profissional especializado, bem como, posteriormente, implemente e execute o plano nas áreas degradadas, com inícío das atividades de campo no prazo de 360 dias..

Mineradora atenta contra a vida e meio ambiente em Piatã, Chapada Diamantina, afirma deputado Hilton Coelho

"Antes, na Chapada Diamantina, Piatã era conhecida como a cidade mais alta do Nordeste, por suas belezas naturais, seu café e por sua gente hospitaleira. No entanto, por trás da linda Serra da Santana, esconde-se uma triste realidade: a atividade de mineração nas comunidades de Bocaina e Mocó.

Desde 2011 as duas localidades centenárias piataenses têm sido submetidas a tamanho sofrimento ao estarem localizados à vizinhança de uma mineradora de ferro, a Mineradora Brazil Iron", afirma o deputado estadual Hilton Coelho (PSOL)...

Comunidades tradicionais em Curaçá denunciam ameaças de mineradora e grileiros

Buscando dar visibilidade a situação que vivem as Comunidades Tradicionais de Fundos de Pasto, no Município de Curaçá/BA, a Articulação Estadual das Comunidades Tradicionais enviou a seguinte nota:

Articulação Estadual das Comunidades Tradicionais de Fundos e Fechos de Pasto - Bahia ..

Bispo da Diocese de Juazeiro/BA publica Mensagem em defesa das populações atingidas e ameaçadas por mineradoras na região

O Bispo da Diocese de Juazeiro/BA, Dom Beto Breis, tornou pública nesta quinta-feira (02) uma Mensagem em defesa das populações atingidas e ameaçadas por mineradoras na região. No texto, nosso bispo diocesano se solidariza com o sofrimento das comunidades e, recordando os episódios de Mariana e Brumadinho, alerta para o risco de uma morte "a conta-gotas" semeada e cultivada pelos que "colocam no centro o lucro e seus interesses".

Duas situações em especial são citadas. A primeira delas é comunidade de Angico dos Dias em Campo Alegre de Lourdes/BA, atingida por mineradora que explora as riquezas naturais da região, em prejuízo da saúde e da paz da população local, afligida pelo ar poluído com poeira tóxica, a contaminação do lago local e impactada por explosões constantes...

Protesto: Reunião pública para discutir a implantação da mineradora de ferro em Sento Sé é cancelada

Em uma sessão tumultuosa, a reunião que foi marcada na Câmara de Vereadores de Sento Sé (BA) para apresentação e diálogo do projeto tombador, acabou não acontecendo. Isso porquê os manifestantes ribeirinhos solicitaram que os parlamentares realizem uma audiência pública, para debater junto com a população a questão da instalação da mineradora de ferro no município.

O presidente da câmara de vereadores, Juliano Afonso (PT), cedeu espaço para os manifestantes apresentar as reivindicações do movimento e depois de 12 minutos deu por encerrada a sessão, que terá continuidade amanhã, quinta-feira (15), na Câmara de Vereadores onde será protocolada o requerimento para audiência pública. Apenas o vereador Jamerson Santos Santiago (PSDB), originariamente pescador e morador em uma comunidade do entorno da Serra da Bicuda está dando apoio aos manifestantes. Os demais continuam em cima do muro, dizendo que todas as partes devem ser ouvidas antes da tomada de qualquer decisão...

MP recomenda suspensão de efeitos de licença concedida a mineradora em Juazeiro

O Ministério Público estadual recomendou ao Município de Juazeiro que suspenda os efeitos da licença ambiental concedida à empresa Pedras do Brasil Comércio Importação e Exportação LTDA para exploração de minério na localidade.

No documento, a promotora de Justiça Heline Esteves Alves destacou que a suspensão deve ocorrer mediante a instauração de procedimento administrativo com contraditório e com a celeridade que o caso requer. Além disso, deve ser mantida até que sejam apuradas todas as questões apontadas em representação recebida pelo MPBA, bem como as irregularidades existentes no ato administrativo...

Mineradora não para durante pandemia e Angico dos Dias sofre com novas explosões e risco de contaminação

Com a pandemia do novo coronavírus, a população, da cidade e do campo, tem mudado de hábitos e adotado as recomendações de isolamento social dos órgãos de Saúde.

Na Bahia, as medidas que visam conter a propagação do vírus já estão vigentes há mais de um mês. No entanto, para quem vive em territórios com a presença da mineração, se proteger da Covid-19 tem sido ainda mais difícil...

Bispo de Juazeiro emite “Mensagem de Indignação e Solidariedade” a comunidades atingidas por mineradora em Campo Alegre de Lourdes/BA

DOM CARLOS ALBERTO BREIS PEREIRA, OFM (DOM BETO)
BISPO DA DIOCESE DE JUAZEIRO – BAHIA

ASSIM DIZ O SENHOR TODO-PODEROSO: AI DOS QUE VIVEM DESPREOCUPADAMENTE EM SIÃO, OS QUE SE SENTEM SEGUROS NAS ALTURAS DE SAMARIA! OS QUE DORMEM EM CAMAS DE MARFIM, DEITAM-SE EM ALMOFADAS, COMENDO CORDEIROS DO REBANHO E NOVILHOS DO SEU GADO; OS QUE CANTAM AO SOM DAS HARPAS, OU, COMO DAVI, DEDILHAM INSTRUMENTOS MUSICAIS; OS QUE BEBEM VINHO EM TAÇAS, E SE PERFUMAM COM OS MAIS FINOS UNGUENTOS E NÃO SE PREOCUPAM COM A RUÍNA DE JOSÉ. POR ISSO, ELES IRÃO AGORA PARA O DESTERRO, NA PRIMEIRA FILA, E O BANDO DOS GOZADORES SERÁ DESFEITO (AMÓS 6,1.4-7)

Amados diocesanos, caros irmãos e irmãs,..

Instalação de mineradora de ferro em Sento-Sé divide opiniões e mobiliza comunidades

O anúncio da chegada de uma mineradora anglo-australiana, a Colomi Iron Mineração, na região, mais precisamente em Sento-Sé, a cerca de 200Km de Juazeiro foi o suficiente para render uma série de comemorações, em função dos grandes investimentos previstos na instalação e operação da mina, mas ao mesmo tempo a preocupação das comunidades e pessoas que residem em áreas onde seria instalado, em virtude das questões ambientais, riscos para as comunidades, dentre outras variáveis contidas dentro de um projeto com essas proporções.

Se por um lado os investimentos, inicialmente anunciado de cerca de R$11 bilhões, despertam o interesse de muitos, por outro lado já é latente a preocupação de ambientalistas e moradores de comunidades do interior de Sento-Sé com a implantação deste projeto. A visita de técnicos, possivelmente de empresas envolvidas no projeto, à Sento-Sé na semana passada, aumentou o burburinho nas redes sociais e nas comunidades envolvidas, que estão se reunindo para avaliar a situação. De acordo com as informações uma reunião que envolveu moradores e representantes da Diocese de Juazeiro, debateu o tema nas comunidades recentemente...

MINERADORA VAI INVESTIR R$ 11 BILHÕES NA BAHIA. JUAZEIRO SERÁ CONTEMPLADA

A mineradora anglo-australiana Colomi Iron Mineração vai investir R$ 11 bilhões no projeto de produçao e exportação de minério de ferro no Norte da Bahia. O valor compreende aportes para a construção e operação da mina e de melhorias na Ferrovia Centro Atlântica (FCA) e no Porto Aratu-Candeias. O anúncio foi feito ontem pelo  executivo sênior da companhia, Gabriel Oliva, durante sua participação Seminário Portfólio de Investimentos nos Portos da Bahia – Oportunidades de Outorgas.

“Já estão previstos R$ 4,6 bilhões na mina, R$ 5 bilhões na ferrovia e R$ 2 bilhões no porto”, adiantou o executivo. A mina da companhia fica a 200 km de Juazeiro e, segundo ele, irá operar com mais eficiência e menor emissão de poluentes. Ainda segundo Oliva, um dos grandes desafios do projeto é a grande quantidade de ‘stakeholders’ (parceiros envolvidos) envolvidos no projeto. “Eles nem sempre convergem com o processo de tomada de decisão”, afirmou...

Presidente da Vale, Fabio Schvartsman, deixa o comando da mineradora

O presidente da Vale, Fabio Schvartsman, deixou o comando da mineradora, na esteira da tragédia até o momento aponta mais de 300 vítimas, entre mortos e desaparecidos, após o rompimento de uma de suas barragens em Brumadinho (MG) em janeiro. 

O executivo divulGOU uma cartA neste sábado (2) comunicando seu afastamento da companhia. Com a saída de Schvartsman, o diretor-executivo, Eduardo Bartolomeo, deve assumir interinamente o comando da empresa...

Ibama aponta que os rejeitos da mineradora devastaram vegetação nativa de Mata Atlântica e áreas de preservação permanente

Dados preliminares obtidos por meio de imagens de satélite indicam que o rompimento de barragem da mineradora Vale em Brumadinho (MG) causou a destruição de pelo menos 269,84 hectares. Análise realizada pelo Centro Nacional de Monitoramento e Informações Ambientais (Cenima) do Ibama aponta que os rejeitos de mineração devastaram 133,27 hectares de vegetação nativa de Mata Atlântica e 70,65 hectares de Áreas de Proteção Permanente (APP) ao longo de cursos d'água afetados pelos rejeitos de mineração.

A análise foi realizada no trecho da barragem da mina Córrego do Feijão até a confluência com o rio Paraopeba. Foram comparadas imagens de satélite obtidas dois dias após o rompimento com imagens de 3 e 7 dias antes da catástrofe. A área afetada pelos rejeitos nas margens do rio Paraopeba não foi estimada até o momento em razão de nuvens nas imagens de satélite. Os mapas produzidos serão encaminhados para os órgãos envolvidos na resposta ao desastre. Nos próximos dias o Ibama concluirá laudo técnico com a avaliação preliminar sobre os impactos ambientais causados pelo rompimento da barragem em Brumadinho (MG)...

Gerente geral da mineradora em Jacobina afasta risco de um acidente

Das 34 barragens de rejeitos de mineração na Bahia registradas junto à Agência Nacional de Mineração (ANM), as de Jacobina, de minério de ouro, causariam mais estragos, em caso de rompimento. Não há sirenes na cidade nem outra forma de aviso para evacuação.

O Presidente da Associação de Moradores do bairro de Nazaré, Magno diz que não pensa em sair da cidade natal, mas afirma que há uma preocupação:“Ninguém pensa em sair daqui por conta de barragem, não. Ouvi no rádio a empresa falando que estava tudo em ordem e que a barragem está monitorada. Eles acalmaram o pessoal, mas a gente não deixa de ficar preocupado”, diz...

Pindobaçu: Acidente em mineradora no distrito de Carnaíba deixa mortos

Dois funcionários de uma mineradora morreram em um acidente ocorrido ontem terça-feira (15), no distrito de Carnaíba, que fica no município de Pindobaçu, norte da Bahia, segundo informações da Polícia Civil.

Conforme a polícia, a empresa atua na exploração de esmeraldas na região. Ainda não há detalhes de como o acidente ocorreu. Os corpos das vítimas foram levados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Senhor do Bonfim. Equipes do órgão seguem no local, nesta quarta-feira (16), para realização da perícia...