RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 20 registros para a palavra: h3n2

Casos graves e óbitos por H3N2 apresentam redução na Bahia

Dos 2.377 casos de H3N2 registrados na Bahia de 1 de novembro de 2021 até esta terça-feira (8), 512 evoluíram para SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave). Neste mesmo período foram registrados 118 óbitos. Segundo a Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Bahia (Divep) não houve registro de casos graves e nem de óbitos nas 2 últimas semanas epidemiológicas.

Os últimos dados divulgados pela Divep indicam uma redução do número de casos e óbitos desde a primeira semana epidemiológica de 2022 em relação a novembro e dezembro de 2021...

Bahia registra 2.336 casos de H3N2, com 113 óbitos, e 28 de flurona

De 1º de novembro de 2021 até 1º de fevereiro deste ano, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) registrou 2.336 casos de Influenza A, do tipo H3N2, distribuídos em 290 municípios. Deste total, 1.083 (47,3%) são residentes em Salvador. Vale ressaltar que se trata de uma amostragem de casos de Síndrome Gripal (SG), pois nem todas as amostras coletadas são testadas para Influenza.

De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Bahia, 486 evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e necessitaram de internação, com 113 pacientes evoluindo a óbito. Houve um óbito que após revisão das informações epidemiológicas foi classificado como descartado para influenza...

Bahia registra 2.336 casos de H3N2 com 114 óbitos

De 1º de novembro de 2021 até 25 de janeiro deste ano, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) registrou 2.336 casos de Influenza A, do tipo H3N2, distribuídos em 214 municípios. Deste total, 1.079 (46,19%) são residentes em Salvador. Vale ressaltar que se trata de uma amostragem de casos de Síndrome Gripal (SG), pois nem todas as amostras coletadas são testadas para Influenza.

De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Bahia, dos 2.336 casos, 487 evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e necessitaram de internação, com 114 pacientes evoluindo a óbito, o que caracteriza uma letalidade de 23,4%. Dos 31 municípios que notificaram óbitos, Salvador (62), Feira de Santana (8) e Teixeira de Freitas (7) concentram 67,5% das mortes...

Bahia registra 2.184 casos de H3N2, com 100 óbitos, e 23 de Flurona

De 1º de novembro de 2021 até 18 de janeiro deste ano, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) registrou 2.184 casos de Influenza A, do tipo H3N2, distribuídos em 193 municípios. Deste total, 1.104 (50,54%) são residentes em Salvador. Vale ressaltar que se trata de uma amostragem de casos de Síndrome Gripal (SG), pois nem todas as amostras coletadas são testadas para Influenza.

De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Bahia, dos 2.184 casos, 454 evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e necessitaram de internação, com 100 pacientes evoluindo para óbito, o que caracteriza uma letalidade de 22,02%. Os óbitos foram registrados nos municípios de Salvador (58), Feira de Santana (6), Teixeira de Freitas (6), Canavieiras (2), Ilhéus (2), Mulungu do Morro (2), Jequié (2), São Sebastião do Passé (2), Simões Filho (2) , Valença (02) e 01 óbito para cada um dos seguintes municípios: Mairi, Cabaceiras do Paraguaçu, Camaçari, Candeias, Catu, Guanambi, Itagimirim, Ituberá, Laje, Maragogipe, Nazaré, Pojuca, Ribeira do Pombal, Sapeaçu, Tanquinho, Urandi e Jequiriçá...

Bahia registra 1.872 casos de H3N2 com 72 óbitos; outros 15 pacientes confirmaram 'flurona'

De 1º de novembro de 2021 até 11 de janeiro deste ano, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) registrou 1.872 casos de Influenza A, do tipo H3N2, distribuídos em 163 municípios. Deste total, 1.006 (53,7%) são residentes em Salvador.

De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Bahia, dos 1.872 casos, 390 evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e necessitaram de internação, com 72 pacientes vindo a falecer, caracterizando uma letalidade de 18,5%. Os óbitos foram registrados em residentes de Salvador (49), Feira de Santana (5), Canavieiras (2), Ilhéus (2) e Mulungu do Morro (2). Os outros municípios que apresentaram óbitos foram: Cabaceiras do Paraguaçu, Camaçari, Candeias, Catu, Guanambi, Itagimirim, Laje, Maragogipe, Sapeaçu, Teixeira de Freitas, Urandi e Valença...

Testes mostram que atual vacina da gripe protege contra H3N2 Darwin

O Instituto Butantan, fabricante da vacina contra a gripe utilizada no Programa Nacional de Imunização (PNI) no país, informou hoje (6) que testes de laboratório realizados pelo instituto mostraram que o imunizante é capaz de conferir proteção contra infecção pelo vírus influenza H3N2 (Darwin), mesmo sem ter a cepa na sua composição. A variante H3N2 Darwin é responsável pelo surto de gripe que atinge várias partes do país.

Segundo o diretor de produção do Instituto Butantan, Ricardo Oliveira, a vacina atual, trivalente, feita contra os vírus da influenza H1N1, H3N2 e B, protege contra a H3N2 Darwin de forma cruzada, ou seja, neutraliza essa variante em razão de ter em sua composição a proteção contra a cepa H3N2 original, “parecida” com a Darwin. ..

Surto de Gripe, H3N2 e Ômicron: UPAE e HDM alertam sobre cuidados

Manchete em todos os grandes jornais do país e na imprensa do Vale do São Francisco, o surto de gripe comum, a epidemia da H3N2, a variante Ômicron e até os casos de infecção dupla por gripe e Covid-19 (Flurona) chamaram a atenção da população neste início de semana.

Profissionais e serviços de saúde já sentem no dia a dia o aumento e pedem que os cuidados básicos como isolamento social e higienização das mãos sejam mantidos para inibir a disseminação dos vírus...

Bahia registra 1.447 casos de H3N2 e 35 óbitos nos últimos dois meses

De 1º de novembro de 2021 até 4 de janeiro deste ano, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) registrou 1.447 casos de Influenza A, do tipo H3N2, distribuídos em 114 municípios. Deste total, 881 (60,1%) são residentes em Salvador.

De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Bahia, dos 1447 casos, 259 evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e necessitaram de internação, com 35 pacientes vindo a falecer. Os óbitos foram registrados em residentes de Salvador (30), Camaçari (1), Laje (1), Teixeira de Freitas (1), Urandi (1) e Valença (1)...

Paulo Câmara afirma que Pernambuco passará semanas difíceis devido à epidemia da influenza H3N2

Após coletiva de imprensa realizada pelo secretário estadual de Saúde, André Longo, na manhã desta quinta-feira (30), anunciando a criação de 20 novos leitos e projeção de mais 200 para tratar pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, também alertou a população pernambucana para as "semanas difíceis" que o Estado enfrentará devido à epidemia da influenza A H3N2. 

De acordo com o governador, a população precisa ficar atenta aos sintomas e, caso identifique algum, evitar ao máximo as aglomerações de fim de ano. ..

Morador de Petrolina confirmado com Influenza H3N2 continua em isolamento domiciliar em Recife

Um morador de Petrolina foi diagnosticado com Influenza H3N2 na cidade do Recife. De acordo com informações da Secretaria Estadual de Saúde, a testagem que confirmou a síndrome gripal aconteceu na manhã da terça-feira (29). 

O paciente tem 24 anos e se encontra em isolamento domiciliar com sintomas leve da doença. Ele estava hospedado na capital pernambucana desde novembro...

GRIPE: Alta da H3N2: Governador promete abertura de novos leitos em Pernambuco

Em publicação em suas redes sociais o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, anunciou que o número de leitos hospitalares na rede de saúde será ampliado no Estado.

A publicação foi feita após reunião do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19 para monitorar os dados da pandemia em Pernambuco e os números crescentes da variante H3N2 do vírus da gripe, que tem sobrecarregado as emergências da Região Metropolitana do Recife...

Petrolinense, que está em Recife, é diagnosticado com Influenza H3N2

A Secretaria de Saúde foi comunicada, através da Secretaria Estadual, que um residente de Petrolina teve resultado positivo para a influenza do subtipo H3N2.

A testagem ocorreu em Recife, onde o paciente se encontra desde o mês de novembro. Trata-se de uma pessoa do sexo masculino, de 24 anos, que está, atualmente, em isolamento domiciliar com sintomas leve da doença...

Bahia registra 673 casos de H3N2 e 8 óbitos pela doença

A Bahia registrou 673 casos de Síndrome Gripal (SG) com laudo positivo para Influenza A H3N2 e oito mortes ocasionadas pela doença. De acordo com o boletim divulgado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVEP) nesta terça-feira (28), 114 casos evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e necessitaram de hospitalização.   

Foram registrados 8 óbitos ocasionados pela Síndrome Respiratória Aguda Grave por Influenza A H3N2, o que representa uma taxa de letalidade de 7,1% entre os casos de SRAG hospitalizados...

Pernambuco confirma mais duas mortes por influenza A H3N2; total de casos passa de 200

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) confirmou, nesta quinta-feira (23), mais duas mortes por influenza A H3N2, o que elevou o total de óbitos registrados no Estado para três. O primeiro foi divulgado pela pasta na última segunda-feira (20).

Segundo a secretaria, as duas mortes foram de uma mulher de 69 anos e um homem de 24 anos, ambos com histórico de comorbidades. ..

Bahia registra 395 casos de H3N2 e cinco óbitos pela doença

A Bahia registrou 395 casos de Síndrome Gripal (SG) com laudo positivo para Influenza A H3N2 e cinco mortes ocasionadas pela doença. De acordo com o boletim divulgado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVEP) nesta quinta-feira (23), 72 casos evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e necessitaram de hospitalização, sendo 01 de Camaçari, 01 de Lauro de Freitas e 69 de Salvador. Os dados são referentes até a semana epidemiológica 51, encerrada na última quarta-feira (22).

Foram registrados 5 óbitos ocasionados pela Síndrome Respiratória Aguda Grave por Influenza A H3N2, o que representa uma taxa de letalidade de 6,9% entre os casos de SRAG hospitalizados. A maior letalidade foi observada na faixa etária igual ou maior a 80 anos, com registro de 03 óbitos dentre os 17 casos confirmados nesse grupo (17,6%); seguido da faixa de 60 a 69 anos, com 01 óbito dentre 7 casos (14,3%); e 70 a 79 anos, com 01 óbito dentre 14 casos. Não foram registrados óbitos em menores de 59 anos...

Com duas mortes, Bahia registra 185 casos de H3N2; 61 evoluíram para internação

A Bahia possui 185 casos de Síndrome Gripal (SG) com laudo positivo para Influenza A H3N2 e duas mortes ocasionadas pela doença. De acordo com o boletim divulgado pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lancen-BA) nesta terça-feira (21), 61 casos evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e necessitaram de hospitalização, sendo 01 de Camaçari, 01 de Lauro de Freitas e 59 de Salvador.

A segunda vítima registrada, um homem de 84 anos, não estava vacinado contra a doença, possuía cardiopatia crônica e doença neurológica. O primeiro óbito por H3N2 na Bahia ocorreu na semana passada, uma mulher de 80 anos que residia em Salvador e também não estava vacinada...

Bahia registra primeira morte por Influenza A H3N2

A Bahia registrou nesta quarta-feira (15) o primeiro caso de morte causada por Influenza A H3N2. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde da Bahia, a vítima era uma mulher de 80 anos e residente em Salvador.

A morte ocorreu nesta quarta-feira e a vítima não estava vacinada contra a Influenza. No entanto, a vacina contra a gripe ainda não tem uma ação contra esta versão específica do vírus Influenza A H3N2 que tem causado surtos pelo Brasil, a variante Darwin...

Bahia registra 93 casos de H3N2; 15 evoluíram para internação


Foto: Claudionor Júnior/SEC

A Bahia registrou, até a última terça-feira (14), 93 casos de Síndrome Gripal (SG) com resultado positivo para Influenza A H3N2. Destes, 15 evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e necessitaram hospitalização. De acordo com o último boletim divulgado pela Vigilância Epidemiológica Estadual, dos casos de H3N2 que necessitaram de internação, 14 são residentes em Salvador e 1 em Lauro de Freitas, com idades entre 9 a 85 anos.

Em relação ao município de residência dos casos de Síndrome Gripal que não necessitaram de internação, 74 são de Salvador, 5 de São Sebastião do Passé, 3 de Catu, 2 de Itapebi e 1 de cada um dos seguintes municípios: Alagoinhas, Eunápolis, Feira de Santana, Gandu, Lauro de Freitas, Macajuba e Vitória da Conquista. Dois casos são oriundos de outro estado...

Bahia registra 9 casos de Influenza A H3N2

Dados do último boletim divulgado pela Vigilância Epidemiológica Estadual, nesta segunda-feira (13), apontam que a Bahia registra nove casos de Influenza A H3N2. Os casos confirmados ocorreram em Salvador e Lauro de Freitas, sendo cinco do sexo feminino e quatro do sexo masculino, com idades entre 30 e 85 anos.

“As vigilâncias estadual e municipal estão monitorando bem de perto para acompanhar essa curva epidêmica. Vale lembrar que as medidas de prevenção não farmacológicas usadas para a prevenção da Covid-19 também servem para a prevenção da Influenza. É fundamental que a população continue investindo no uso de máscara e álcool em gel. A gente também tem a vacina contra a influenza, que é o principal mecanismo de intervenção disponível na saúde pública”, destaca o técnico da coordenação estadual de imunização, Ramon Saavedra...

Saúde emite alerta após detecção de quatro casos de Influenza A H3N2 na Bahia

Em função da detecção de quatro casos positivos para Influenza A H3N2, a Vigilância Epidemiológica Estadual emitiu, nesta quarta-feira (1º), um alerta epidemiológico para as secretarias municipais de saúde. Os quatro casos confirmados ocorreram em novembro, com início dos sintomas entre 19/11 e 25/11. Todos residem em Salvador, sendo dois do sexo feminino e dois do sexo masculino, com idades de 11, 29, 38 e 54 anos.

O documento orienta as equipes de saúde para a necessidade de intensificação das ações de vigilância dos casos suspeitos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Há recomendação também para a intensificação vacinal nos municípios que dispõem de estoque, com oferta da vacina influenza para os grupos prioritários não vacinados durante a campanha de 2021...