RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 488 registros para a palavra: enem

MEC garante realização do Enem mesmo em caso de apagão

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse nesta segunda-feira (29) que o governo tem um plano de contingência caso haja um apagão durante a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), marcado para os próximos sábado (3) e domingo (4). “Causa preocupação uma possível interrupção no fornecimento de energia elétrica e até queda de árvore, além da possibilidade de chuvas fortes. Nós temos um plano de contingência, se houver algum imprevisto”, declarou o ministro. Ele também afirmou que a escolha da data, em um feriado, também foi programada para evitar transtornos. Mercadante tranquilizou os estudantes. “Eu acho que os alunos têm de estar bastante tranquilos. Estamos totalmente mobilizados para fazer um Enem que dê total segurança aos estudantes”, concluiu. As três edições passadas do exame foram marcadas por problemas. Em 2009, houve o vazamento da prova. Em 2010, trocou-se o cabeçalho de um dos cartões-resposta e as provas do caderno amarelo tiveram falhas. No mesmo ano, o tema da redação foi vazado em Pernambuco. No ano passado, estudantes de um colégio de Fortaleza tiveram acesso antecipado a 14 questões da prova e as questões foram canceladas. ..

PROJETO SESI ENEM 2012 AJUDA INDUSTRIÁRIOS DA REGIÃO

O Serviço Social da Indústria em Juazeiro está apresentando o SESI Enem 2012. Neste sentido, o SESI está disponibilizando senhas de acesso ao portal, a fim do trabalhador ao fazer a inscrição no site educativo, poder: Assistir as aulas ministradas na modalidade EAD, pela internet; Ter reforço de conteúdos do Ensino Fundamental e Médio, através de um chat de tira-dúvidas, em aulas ao vivo on-line e aulas de revisão, além de simulados, quiz e inúmeros teste de verificação de aprendizagem, bem como controle de presença e assiduidade ás aulas; Acesso a vídeos de aulas com professores renomados com programação semanal; Material para download e impressão; Revista semanal com assuntos atuais nos campos político, econômico, social e cultural. Contato: Willany da Cunha Reis. Telefones: (74) 2102-7129 | (74) 8818-8863. ..

Aulões vão reforçar estudos para Enem em Juazeiro

Estão abertas as inscrições para os Aulões Enem em Juazeiro, um reforço na preparação dos estudantes das escolas estaduais para o ingresso na Educação Superior. Podem se inscrever os estudantes concluintes do 3º ano do ensino médio e do 4º ano da Educação Profissional Integrada. As inscrições vão até o dia 9 de agosto, no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br). O subsecretário da Educação do Estado da Bahia, Aderbal de Castro, explica que os Aulões vêm aprimorar a estratégia para reforço da aprendizagem dos estudantes. “Além das aulas regulares, estamos ofertando um número grande de vagas para aulas de reforço presenciais. Os nossos estudantes têm a oportunidade de rever os assuntos e focar melhor nas questões mais significativas das provas do Enem e vestibulares”, diz.

Aulões Enem em Juazeiro – Os Aulões Enem acontecerão no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, sempre aos sábados, a partir do dia 4 de agosto. São oferecidas 800 vagas para os estudantes concluintes do 3º ano do ensino médio e do 4º ano da Educação Profissional Integrada. Cada estudante vai participar de uma série de 16 Aulões com foco em 32 temas nas áreas de matemática, linguagens, ciências da natureza e ciências humanas. As abordagens interdisciplinares serão ministradas por professores especialistas nas diversas áreas do conhecimento. Paralelo às aulas, está prevista uma série de atividades complementares, como grandes revisões e aplicação de simulados...

Inscrições para Aulões Enem começam nesta quinta-feira (26/7) no Portal da Educação

Os estudantes concluintes do 3º ano do ensino médio e do 4º ano da Educação Profissional Integrada já podem se inscrever para participar dos Aulões Enem, que  serão promovidos pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia até o mês de outubro, com o objetivo de reforçar a preparação destes jovens para as provas do Enem e de vestibulares. As inscrições estão disponíveis de 26 de julho a 9 de agosto no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).

Uma série de 16 Aulões Enem vão acontecer em 24 localidades, sendo 13 bairros de Salvador e em 11 municípios do Estado.  Ao todo, serão 384 aulões.  Na capital baiana, a ação começa no dia 4 de agosto e acontece sempre às terças ou quintas ou sábados, a depender de cada localidade. Já no interior, os aulões iniciam também no dia 4 de agosto e vão ser realizados sempre aos sábados. Os locais e horários também estarão disponíveis no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br) a partir desta quinta-feira (26/7).

Inscrição – Para participar dos Aulões Enem, o estudante precisa fazer uma única inscrição e escolher a localidade de sua preferência. A escolha será efetivada de acordo com a ordem de inscrição.  Cada aulão terá uma média 400 a 700 vagas. Caso o estudante falte a três aulões, ele perderá o direito à vaga. Neste caso, a Secretaria vai chamar outro estudante do cadastro reserva...

Matrículas abertas para o Preparatório para o ENEM nas unidades do Sesc

Seguem abertas até o fim de julho (31) as inscrições para o Curso Preparatório para o ENEM oferecido nas unidades de Santo Amaro, Santa Rita, Casa Amarela, na capital, e no interior, em Arcoverde e Petrolina. Os cursos focam na resolução de exercícios que preparam o aluno para a realização do ENEM e o ingresso nas Instituições de Ensino Superior, focando na UFPE e UPE. Os documentos necessários para efetivar a matrícula são: histórico escolar original e xerox de CPF, RG, comprovante de residência e certidão de nascimento ou casamento, além de duas fotos 3x4. As inscrições acontecem no ponto de atendimento das unidades e as turmas terão início em agosto, com exceção de Arcoverde, cujas turmas já terão início no dia 23 de julho (segunda-feira).

 ..

Inscrições para o Enem terminam nesta sexta-feira (15)

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012 terminam nesta sexa-feira (15). Os interessados devem acessar o site da prova até as 23h59 (horário de Brasília) desta sexta-feira. Na terça-feira (12), o número de inscritos chegou a 4 milhões e a expectativa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) é que a demanda aumente nos dois últimos dias.

O exame será aplicado nos dias 3 e 4 de novembro. No ano passado, cerca de 6 milhões de estudantes se inscreveram no Enem e pouco mais de 5 milhões pagaram a taxa que confirma a inscrição. Desde 2009, a prova ganhou mais importância porque passou a ser usada por instituições públicas de ensino superior como critério de seleção em substituição aos vestibulares tradicionais. 

A participação no exame também é pré-requisito para quem quer participar de programas de financiamento e de acesso ao ensino superior, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Ciência sem Fronteiras.

Até quarta (13) à tarde, quando o número de inscritos atingiu 4 milhões, os estados com o maior número de inscrições foram São Paulo (659.441), Minas Gerais (425.033) e o Rio de Janeiro (315.292). Roraima, Amapá e o Tocantins registram menor participação: 11 mil, 14 mil e 25 mil inscritos, respectivamente...

Enem: instrumento de avaliação para o ingresso nos Cursos de Graduação na Univasf

O Conselho Universitário (Conuni) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) decidiu, em reunião extraordinária ocorrida na quarta-feira (30/05), adotar o Exame Nacional do Ensino Médio – Enem como instrumento de avaliação para o ingresso nos Cursos de Graduação. A decisão tomou por base um estudo sobre a naturalidade dos candidatos aprovados no PS-ICG 2012 (1º semestre/SiSU 1º/2012), realizado pela Secretaria de Registro e Controle Acadêmico – SRCA. Nesse estudo, mostra-se que, das 650 vagas ofertadas no referido processo seletivo, aproximadamente 94% são oriundos da região Nordeste. 

Além disso, 495 candidatos, ou 76,15%, são oriundos das Mesorregiões atendidas pela Univasf. Mesorregião é uma subdivisão dos Estados brasileiros que congrega diversos municípios de uma área geográfica com similaridades econômicas e sociais. A Univasf atua em 06 (seis) Mesorregiões nas quais funcionam os cinco campi, nos Estados de BA, PE e PI, a saber: Mesorregião do Sertão Pernambucano, Mesorregião São Francisco de Pernambuco, Mesorregião do Centro-Norte Baiano, Mesorregião do Vale São-Franciscano da Bahia, Mesorregião do Sudeste Piauiense e Mesorregião do Sudoeste Piauiense (nesta só fazem parte do cálculo os municípios que compõem o Semiárido Nordestino). ..

ARTIGO - O ENEM, A UNIVASF E A DEMOGOGIA DOS NOSSOS POLÍTICOS

A educação é um ícone de desenvolvimento social que se impõe a uma comunidade e nação pelo avanço, pela inovação, pelo sulto qualitativo e apropriado à própria evolução da sociedade, em seus moldes quer sejam na arte, na cultura, no esporte e na tecnologia. Sendo assim torna-se imperioso que os sistemas educacionais de seleção de nossos alunos visantes de estágios maiores, acompanhem essa evolução e revolução, por que não?, de nossa educação desde o ensino básico ao superior. Pelo menos, espera-se isso.

Como então aceitar que autoridades politicas, entidades ligadas à educação e até educadores, queiram impor tremendo retrocesso ao nosso ensino tentando retirar o Enem – Exame Nacional do Ensino Médio – do critério de seleção dos alunos à UNIVASF?..

Ex-deputado Geraldo Coelho é solidário com debate acerca do Enem em Petrolina

Na busca por facilitar o acesso dos estudantes da região do Vale do são Francisco ao Ensino Superior, o ex-deputado estadual Geraldo Coelho é solidário com o poder público municipal em defesa de uma reavaliação para aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como única forma de seleção para os cursos da Universidade Federal do Vale do são Francisco (Univasf).

Enviando apoio ao prefeito Julio Lossio, o debate que ganha defesa do ex-deputado continua em pauta através da gestão pública, dos estudantes e professores. Na última quinta-feira (19), o tema foi abordado em audiência pública na Câmara de Vereadores de Petrolina, organizado pela Comissão de Negócios Municipais (CNM), que discutiu as falhas da prova. Entre as abordagens favoráveis e contra, foram citadas medidas como sistema de “blindagem” no acesso à Univasf, medida que pode proporcionar proteção aos estudantes sertanejos. Além disso, o município sugere que as instituições de modo geral tenham seu próprio sistema de seleção.

“É preciso continuar as avaliações sobre a eficiência do Enem para nossa região e se ele tem beneficiado todos os estudantes. O assunto precisa ser bem analisado para que a região ofereça oportunidades para nossos jovens e não feche as portas para eles”, explicou o prefeito Julio Lossio. Em março deste ano, o prefeito Julio Lossio enviou ao Ministro da Educação, Aloizio Mercadante, uma solicitação para exclusão do Enem como única forma de ingresso à Univasf. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), a solicitação foi encaminhada ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (INEP), responsável pela execução da prova, onde está em análise...

Artigo: O ENEM, a UNIVASF e o desenvolvimento regional.

Luiz Antonio Costa de Santana

Acompanhei diversos textos publicados relativamente à adoção, pela UNIVASF, do famigerado ENEM como forma ingresso de alunos aos seus cursos...

Prefeito de Petrolina estimula debate sobre o Enem no Vale do São Francisco

Discutir maneiras de melhorar o acesso do estudante da região à Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) foi o objetivo de diversas autoridades políticas de Pernambuco e Bahia, representações estudantis, de universidades, faculdades locais e de curso preparatórios que se reuniram, na noite dessa quinta-feira (19), na Câmara de Vereadores de Petrolina. O evento, organizado pela Comissão de Negócios Municipais (CNM), discutiu as falhas do Enem e evidenciou a insatisfação dos estudantes do Vale do São Francisco sobre o Exame.

Entre os presentes na ocasião, estavam o vice-reitor da Univasf, Prof. Dr. Télio Nobre Leite, que ressaltou a importância desse debate; o deputado estadual e presidente da CNM, Odacy Amorim, que salientou que a universidade é a maior conquista do sertão nordestino e defendeu uma “blindagem” no acesso à Univasf; além do diretor-presidente da Autarquia Educacional do Vale do São Francisco, prof. Rinaldo Remígio, que também cobrou medidas protecionistas para os estudantes sertanejos...

Diretor da FACAPE diz que nunca discutiu ingresso da instituição no sistema do ENEM

O diretor da FACAPE, Rinaldo Remígio, defendeu uma discussão aprofundada sobre a forma de acesso à UNIVASF e a busca de fórmulas alternativas para melhorar o índice de alunos no curso de medicina.

Ao comemorar a distinção do curso de Direito da FACAPE, pela OAB, entre os 90 melhores do Brasil, o diretor garantiu que no ano que vem deverá ampliar o número de cursos da faculdade “principalmente os ligados à área de saúde”...

Deputada Isabel Cristina compara ENEM à Abolição da Escravatura

Cobrando do prefeito a criação de um espaço para abrigar os alunos que vem de fora para estudar na UNIVASF, a deputada Isabel Cristina, defendeu o ENEM como forma de acesso e a ampliação da discussão.

“Não se discutiu o índice de alunos da UNIVASF, só se falou de medicina. Quantos alunos de Ciências Sociais, de Engenharia e dos outros cursos são de Petrolina e de Juazeiro?. O ENEM é como a abolição da escravatura, que libertou os negros e os deixou sem alternativas de sobrevivência” – comparou...

Petrolina: Audiência que discute ENEM é prestigiada por centenas de estudantes

A audiência pública, promovida pela Comissão de Negócios Municipais da Assembléia Legislativa de Pernambuco, presidida pelo Deputado Odacy Amorim (PT), que está sendo realizada na Câmara Municipal de Petrolina, recebe centenas de estudantes que estão  defendendo a adoção de medidas que possam “blindar” os vestibulandos da região.

Estão presentes o Deputado Odacy Amorim, presidindo a Audiência Pública,  a Deputada Isabel Cristina e o deputado Adalberto Cavalcante, o vice reitor da UNIVASF, Télio Leite, o Diretor da FACAPE, Rinaldo Remígio, representantes do Prefeito, dos DAs das Universidades e dos cursinhos pré vestibulares de Petrolina...

Gonzaga Patriota diz que Enem como única forma de ingresso na Univasf prejudica alunos do semiárido

A adesão do Enem pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) vem causando bastante polêmica na região nos últimos tempos. É que para ingressar em uma das 23 graduações, o estudante tem que, obrigatoriamente, participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e depois se inscrever no Sisu.

A partir daí, é que o estudante escolhe qual curso pretende se inscrever, tendo a opção de concorrer em duas graduações. O preenchimento das vagas é feito com as notas do Enem e a Univasf dispõe de cinco campi em três Estados. Em Pernambuco, há duas unidades em Petrolina, sendo uma na zona urbana e outra na área rural. Na Bahia, são também dois campi, em Juazeiro e em Senhor do Bonfim. No Piauí, a Univasf está presente no município de São Raimundo Nonato.

Nesta quinta-feira (17), a União dos Estudantes do Vale do São Francisco (Uesva) pretende debater sobre a adoção do Enem nas universidades da região, em uma audiência pública na Casa Plínio Amorim, às 19h. De acordo com o representante da entidade, Hícaro Tharlan de Araújo, o objetivo é mostrar à sociedade os prejuízos com a adoção do Enem. “Da forma que é realizado hoje o Enem na Univasf, por exemplo, os estudantes da região ficam prejudicados e, conseqüentemente, a sociedade, com a falta de profissionais locais. O que queremos é implantação de um sistema de blindagem, que poderia ser adotado com a segunda fase do processo seletivo, como já acontece na Universidade Federal de Pernambuco”argumentou...

Deputado Odacy aponta razões da convocação de audiência pública para discutir ENEM

Odacy Amorim (PT) ocupou a tribuna da Assembléia Legislativa comunicando a decisão das Comissões de Negócios Municipais-CNM e Comissão de Educação e Cultura-CEC  de realizar em Petrolina, na Câmara Municipal, no dia 19 de abril, a partir das 19:00 horas uma audiência pública conjunta para  discutir o ENEM e sua aplicação pela UNIVASF.

Para o deputado, presidente da CNM, “um coisa foi Petrolina antes da Universidade Federal, outra coisa é o Vale do São Francisco depois da Universidade Federal”, mas, segundo ele, “a implantação do ENEM, gerou algumas dificuldades” e “levantando este debate” pretende “ver uma correção de uma pequena distorção, mas que faz a diferença”...

MEC envia ofício sobre exclusão do ENEM para Univasf

Buscando integrar os filhos do semiárido e melhorar seu acesso ao ensino superior, em março deste ano, o prefeito de Petrolina, Julio Lossio, enviou ao ministro da Educação, Aloizio Mercadante, uma solicitação para exclusão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma de ingresso à Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).

De acordo com o documento, a Universidade foi criada atendendo ao clamor popular, já que os jovens do polo Petrolina/Juazeiro teriam que se deslocar cerca de 700 km para se graduar em determinadas áreas profissionais. “Precisamos considerar que a Univasf foi construída para corrigir uma falta de atenção histórica à nossa região, portanto pensamos numa forma de atender a população do Vale do São Francisco evitando que saiam da sua região para ter uma graduação em outras cidades”, explicou Julio Lossio...

Em defesa do ENEM para o vestibular da FACAPE e UPE

O debate sobre a adoção do Enem para inclusão nas universidades estaduais e federais da região continua. Hoje a defesa  do ENEM para o vestibular da FACAPE e UPE é feita pelo jornalista Manoel Leão. Confira:

Meu nome é Manoel Cavalcante Leão Netto, meu pai nasceu em Cabrobó e se casou em Araçatuba, interior de São Paulo com minha mãe, nascida lá, mas de pais vindos de Vitória da Conquista, na Bahia...

Ex-deputado Geraldo Coelho emite nota sobre o ENEM

O deputado Geraldo Coelho, através de nota, criticou fortemente a adesão ao ENEM brevemente pela UPE expondo suas razões. Fez ainda apelos a vários politicos principalmente da região, conclamando a todos: "Vamos juntos continuar trabalhando por Petrolina, e defender o Vale do São Francisco." Confira abaixo na íntegra:

Reitor CARLOS CALADO
Universidade de Pernambuco – UPE.

Histórico – Nos idos de 1940 estudei em São Paulo no Mackenzie e me formei Engenheiro em 1948. Viagem de 15 dias Petrolina a São Paulo.

Quando Prefeito de Petrolina, tomei a iniciativa em 1976 fundar o primeiro Curso de nível Superior no interior de Pernambuco. Inicialmente foi Administração de Empresas, e hoje são 8 cursos pela FACAPE – Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina.
..

Conselho da Juventude de Juazeiro é contra a exclusão do Enem na Univasf

O Conselho Municipal da Juventude de Juazeiro é um órgão cujo objetivo é garantir as políticas públicas de juventude, tendo no protagonismo juvenil a sua principal forma de trabalho. O Comjuv vem a público expressar a sua opinião contraria ao pedido do Prefeito de Petrolina/PE, Julio Lossio, ao Ministro da Educação Aloizio Mercadante, onde solicitava a exclusão Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) na Universidade Federal do Vale do São Francisco.

A democratização do acesso à universidade pública sempre foi uma das principais bandeiras defendida pelos movimentos sociais, sempre defendemos um projeto de sociedade justa e libertária. Acreditamos que a adoção por parte da Univasf ao Enem, como forma de ingresso substituindo o vestibular tradicional, e a implantação de cotas seja um grande avanço no sistema educacional, tanto por usar uma metodologia avançada quanto por democratizar o acesso ao ensino superior...