RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 408 registros para a palavra: economia

Pavimentação da BA-210 e unidade de pescado incentivam economia em Sobradinho

Mais de 100 mil habitantes do município de Sobradinho e da região do Vale do São Francisco são beneficiados com a entrega oficial, na manhã desta sexta-feira (7), de 49 quilômetros de asfalto na BA-210 e de uma unidade de beneficiamento e comercialização de pescado. As duas obras, juntas, vão fortalecer as principais atividades econômicas locais, que se baseiam principalmente no agronegócio, pecuária e pesca, facilitando o escoamento, transporte e destinação da produção. A cerimônia de entrega das intervenções teve a participação do governador em exercício, Otto Alencar, acompanhando dos secretários estaduais da Agricultura, Jairo Carneiro, e de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, além de autoridades do município. No evento, Otto Alencar destacou as ações do governo voltadas a desenvolver a região, que incluem as rodovias para dar melhores condições de trafegabilidade e facilitar o transporte da produção agropecuária. “A ideia é expandir ainda mais as estradas que construímos nessa gestão. Já enviamos projeto ao Banco Mundial para terminar estradas na região, como o trecho de Piçarrão a Quixaba, e temos o compromisso de manter essas mudanças e melhorias nos próximos anos”.

Os cerca de 50 quilômetros de pavimentação asfáltica, que ligam o município de Sobradinho até Piçarrão, distrito de Sento Sé, receberam mais de R$ 18 milhões em investimentos. No trecho, passam diariamente quase 800 veículos e beneficiam os moradores das duas localidades e também da cidade de Casa Nova, na região. Para o lavrador Ermenegildo Freire dos Santos, o trecho recuperado reduziu o tempo de viagem entre a cidade onde mora e o centro de Sobradinho. "Sempre vou à cidade pra usar o comércio, vender meus produtos ou qualquer outra necessidade, e a viagem, que antes eu fazia em uma hora e não conseguia dirigir a mais de 50km/h, agora eu faço na metade do tempo".

Incentivo à atividade pesqueira..

Oposição acha que a economia nacional pode prejudicar a Bahia

Carlos Gaban

Diante dos planos ressaltados pelo governador eleito Rui Costa (PT), de que terá uma equipe técnica apta para assumir as pastas, fazendo ajustes necessários, a oposição manda o recado ao lembrar que as medidas citadas pelo novo gestor já eram alertadas pelo grupo. Deputados e lideranças dizem que os objetivos, que apontam para um governo mais técnico em todas as áreas, relatados por Rui “significam que não existia gestão”, no comando atual, do governador Jaques Wagner (PT). Em repercussão a entrevista concedida pelo petista à Tribuna, eles trazem à tona os questionamentos sobre o “gasto excessivo” da máquina pública e considerações sobre as “indispensáveis atitudes”, como a redução no número de secretarias. “Tudo que alertávamos está acontecendo. A diminuição de secretarias, de cargos de confiança, os ajustes precisam ser feitos. Ou faz isso ou o estado perde o poder de investimento”, diz o vice-líder da oposição na Assembleia Legislativa, Carlos Gaban (DEM).O democrata faz questão de frisar que a economia do país não vai bem, divergindo sobre o cenário otimista pregado pelo governador eleito na entrevista.O déficit previdenciário também é lembrado. “Se o estado não aportar recursos os aposentados não vão ter como receber o benefício. Wagner deixou o pepino do fator previdenciário. Será preciso desembolsar muito dinheiro para compensar o rombo, senão não terá como pagar os aposentados”, avisa..

VII Feira de Caprinos e Ovinos do distrito Pinhões aqueceu a economia local

  

"A VII feira de Caprinos e Ovinos do distrito Pinhões superou todas as expectativas nos quesitos qualidade, quantidade e comercialização de animais", comemorou a Prefeitura de Juazeiro, organizadora do evento junto com a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA), APROVRIC e ACOOSSF. A Ferira reuniu mais de 60 expositores apresentando cerca de 500 animais entre 189 caprinos das raças Bôer, Anglo-Nubiana, Saanen e Parda Alpina; e 319 ovinos das raças Dorper, Santa Inês, Rabo Largo.

"A feira é considerada um sucesso de público e venda, reuniu além de criadores de Juazeiro, produtores de Curaçá, Jaguarari, Andorinha, Senhor do Bonfim e Casa Nova. Durante os três dias foram comercializados 91 animais, sendo 28 caprinos e 63 ovinos. A feira movimentou a economia local, gerando cerca de R$ 62.705,00, resultando no crescimento do setor turístico e na geração de emprego e renda para o distrito", ressaltou o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Jorge Cerqueira...

Tiziu participa de Feira de Economia Solidária em Andorinha

Patrocínio - Eleições 2014 - Blog do Geraldo José

O candidato a deputado estadual  Tiziu (PT) foi conferir a Feira Regional de Economia Popular e Solidária, que este ano acontece no Município de Andorinha, que fica há 160 km de Juazeiro, onde foi recebido por lideranças locais. O evento contou com a participação de centenas de pessoas e teve início na noite da última sexta-feira (25)...

Lídice defende turismo para desenvolver economia

Patrocínio - Eleições 2014 - Blog do Geraldo José

Ativar as cadeias produtivas relacionadas ao turismo, melhorar a infraestrutura turística e promover os destinos do estado são desafios que a candidata a governadora Lídice da Mata, da Coligação Um Novo Caminho para a Bahia (PSB-Rede, PSL e PPL), elenca como prioritários para ajudar a desenvolver a economia do estado. Lídice participou ontem à noite da abertura do 6º Salão do Chocolate, em Ilhéus, onde falou sobre o assunto...

Redução do volume do Rio São Francisco afeta economia e população do Nordeste

A redução do volume do Rio São Francisco que decorre da decisão do governo federal de diminuir a água que é liberada pelos reservatórios das usinas hidrelétricas de Sobradinho e Xingó tem afetado a atividade econômica e a população no Nordeste, segundo o presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado, senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE). Audiência pública feita na quarta-feira (2) discutiu a queda da oferta de água na Bacia Hidrográfica do São Francisco.

Setores como a agricultura, prejudicada pela menor disponibilidade de água para irrigação, a navegação e a pesca têm sofrido prejuízos devido à queda do nível do São Francisco. “Queremos saber se, mesmo com essa estiagem prolongada, há possibilidade de aumento da vazão. O governo tem como prioridade a produção de energia elétrica, mas a baixa vazão do São Francisco traz graves consequências para a população que depende do rio”, disse o senador. Desde abril do ano passado, a Agência Nacional de Águas (ANA), em articulação com o Operador Nacional do Sistema Elétrico, autorizou a redução da vazão que sai dos reservatórios de Sobradinho e Xingó de 1.300 metros cúbicos por segundo para 1.100 metros cúbicos por segundo. A resolução foi prorrogada até 30 de abril...

Reajuste do salário mínimo deverá injetar R$ 28,4 bilhões na economia

O aumento do salário mínimo deverá injetar R$ 28,4 bilhões na economia no próximo ano, segundo estimativa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) divulgada nesta quinta-feira (26). A partir de 1º de janeiro, o salário mínimo passa de R$ 678 para R$ 724 – reajuste de 6,78%. De acordo com o Dieese, 48,2 milhões de pessoas têm o rendimento atrelado ao benefício. Segundo a Agência Brasil, o novo valor do rendimento mínimo permite, segundo os cálculos do Dieese, a compra de 2,23 cestas básicas. É a maior relação de poder de compra desde 1979. O novo valor deverá trazer um impacto de R$ 12,8 bilhões nas contas da Previdência Social.

Os benefícios pagos no valor de um salário correspondem a 48,7% do montante repassado pelo INSS. No total, 69,% dos beneficiários ou 21,4 milhões de pessoas recebem um salário mínimo. O aumento também deverá ter um impacto significativo nas contas de parte das prefeituras do Nordeste. Segundo o levantamento, 20,6% dos servidores públicos municipais da região recebem atualmente até R$ 678. Na Região Norte, o percentual chega a 15,6%. Deve haver ainda, de acordo com o estudo, um incremento de R$ 13,9 bilhões na arrecadação tributária nos impostos sobre consumo...

Para FBC, chegada de indústrias em Goiana representa salto na economia da Mata Norte (PE)

O ex-ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, esteve na manhã desta terça-feira (29), no município de Goiana, Mata Norte de Pernambuco. FBC visitou as obras de instalação da Companhia Brasileira de Vidros Planos (CBVP) e teve um encontro com lideranças políticas da região. 

Durante a visita, FBC ficou impressionado com o ritmo das obras, que devem ser concluídas até o final deste ano. Segundo o ex-ministro, o empreendimento somado a outras indústrias na região, como a FIAT, vai impulsionar o desenvolvimento da Mata Norte. “A CBVP vai gerar cerca de 1900 empregos e tende a atrair diversas indústrias da construção civil, multiplicando as oportunidades de emprego e renda. Isso representa um novo ciclo de prosperidade para a economia da Mata Norte que patinava e hoje já descortina um horizonte de grandes possibilidades”, destacou Bezerra Coelho. ..

Cesol participa de Feira Mundial de Economia Solidária no Rio Grande do Sul

O Centro Público de Economia Solidária, Sertão do São Francisco (Cesol-SSF), participa de 11 a 14 de  julho, do 2º Fórum Social e da 2ª Feira Mundial ECOSOL 2013,  um dos maiores eventos da economia solidária do Brasil, que acontece no município de Santa Maria (RS), e vai contar com a participação dos países do MERCOSUL e da América Latina.

A coordenadora do Cesol, Virginia Brito e a técnica, Simone Duarte estarão presentes na Feira. “É um evento que oportuniza e fortalece a construção de um novo modelo de Desenvolvimento Solidário, Sustentável e Territorial, e para a construção de uma sociedade justa, economicamente viável e ambientalmente sadia. A participação do Cesol é muito importante, estamos trabalhando há quatro meses na região, e até o final do ano estaremos atendendo mais de 50 empreendimentos solidários, e essa troca de experiências vai contribuir muito para o nosso trabalho”, ressaltou Virginia Brito...

Empreendimentos de Juazeiro participam de Feira de Economia Solidária em Salvador

Empreendimentos solidários de Juazeiro acompanhados pelo Centro Público de Economia Solidária, Sertão do São Francisco (Cesol-SSF) participam da VII Feira Estadual de Economia Solidária e Agricultura Familiar, que acontece de 04 a 07 de julho no Jardim dos Namorados, em Salvador. Representantes das Associações da Casa do Artesão, dos Produtores da Agricultura Familiar (APAF), das Artesãs do Vale do São Francisco (AVASF) e dos Garimpeiros do Médio São Francisco (AGAMESF) irão comercializar os seus produtos durantes os quatro dias do evento.

De acordo com a coordenadora do Cesol, Virgínia Brito os quatro empreendimentos solidários, que produzem doces caseiros e artesanato, vão divulgar e comercializar seus produtos. “Além da assistência técnica que oferecemos em diversas áreas, apoiamos a comercialização dos empreendimentos. Esta Feira vai proporcionar oportunidadesde vendas, e de troca de experiências entre os participantes de vários municípios da Bahia”, ressaltou a coordenadora do Cesol. Cerca de 150 grupos de produção coletiva, como cooperativas, associações, grupos informais, culturais e comunidades tradicionais participarão da Feira, com o objetivo em gerar oportunidades e dar visibilidade aos empreendimentos, assim como fortalecer as políticas públicas do setor...

Codevasf instala 76 novos motores no Projeto Nilo Coelho. Ação irá oferecer segurança hídrica e economia‏

O Perímetro de Irrigação Senador Nilo Coelho tem passado por um grande processo de renovação e modernização nos últimos anos. Pavimentação, implantação de drenos coletores, construção de galpão, troca de hidrômetros e reforma da estação de bombeamento principal são apenas algumas das ações realizadas pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) em busca desse processo de renovação.

Recentemente, mais um ação da Companhia foi realizada para melhorar o rendimento do Perímetro. Foram adquiridos 76 novos motores de alto rendimento que já estão instalados nas estações de bombeamento de pressurização que levam a água por todo Perímetro de Irrigação Senador Nilo Coelho...

Espaço Economia Solidária e Agricultura Familiar foi destaque na Fenagri/Expovale 2013

Mais de 40 empreendimentos solidários e da agricultura familiar foram destaque durante os quatro dias da Fenagri/Expovale, realizada até o último sábado (18), na Univasf, em Juazeiro. Milhares de pessoas tiveram oportunidade de conhecer e comprar diversos produtos dos expositores dos municípios da região do São Francisco, no Espaço Economia Solidária e Agricultura Familiar, um dos mais visitados durante o evento. Artesanatosem couro, pedra, tecido, madeira; produtos feitos a partir do beneficiamento do peixe; licores e cachaças;sequilhos, hortaliças orgânicas, frutas, derivados do umbu e outras frutas nativas, entre outros produtos foram comercializados na Fenagri. Além disso, os visitantes tiveram oportunidade de participar de oficinas sobre Economia Solidária, a Convivência com o Semiárido e Educação Ambiental, temas importantes para criação e o fortalecimento destes empreendimentos na região do São Francisco.

De acordo com a coordenadora do Centro Público de Economia Solidária (Cesol), Virgínia Brito, a participação na Fenagri foi muita positiva. “Tivemos a oportunidade de apresentar aos visitantes o que é o Cesol, as ações que serão desenvolvidas por nossa equipe técnica, o apoio na parte de comercialização, junto aos empreendimentos solidários de toda a região. Realizamos também,no auditório do estande, oficinas temáticas, que contaram com a participação de estudantes, artesãos, agricultores e representantes de outros empreendimentos”, destacou. O coordenador de projetos do IRPAA, Moacir Santos, um dos palestrantes das oficinas, falou da importância deste modelo de feira para o fortalecimento da economia solidária e da agricultura familiar “Unir em um único espaço, o saber e os sabores é fundamental. Os visitantes e expositores além de saborear os produtos, adquiram conhecimento. Este espaço foi o diferencial da Fenagri, só da Rede Sabor Natural do Sertão participaram 20 empreendimentos”, ressaltou Moacir...

Centro Público de Economia Solidária será inaugurado hoje (15) em Juazeiro

Será inaugurado hoje (15), às 15h, o Centro Público de Economia Solidária do Território do São Francisco (Cesol-SSF), localizado na rua Argentina, 174, no bairro Maria Gorete, em Juazeiro. Na solenidade estarão presentes o secretário de Trabalho Emprego Renda e Esporte, Nilton Vasconcelos, o superintendente de Economia Solidária, Miton Barbosa, Jailma Dantas, coordenadora executiva do Programa Vida Melhor, entre outras autoridades.

O Centro Público é um espaço multifuncional, de caráter comunitário, que tem como objetivo prestar assistência técnica, além de articular oportunidades de geração, fortalecimento e promoção do trabalho coletivo baseado na Economia Solidária. Até o final do ano, o Cesol-SSF irá a atender mais de 70 empreendimentos nos municípios de Juazeiro, Curaçá, Casa Nova, Sobradinho, Pilão Arcado, Uauá, Canudos, Campo Alegre de Lourdes, Remanso e Sento Sé.  

O Cesol - SSF é gerido pela Associação Beneficente Josué de Castro (ABJC), uma das Organizações Sociais selecionadas pelo Edital 09/2012 da Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia (SETRE), para a implantação e gestão de novos Centros Públicos de Economia Solidária na Bahia. O Centro Público é uma ação prevista no Programa Bahia Solidária, com apoio financeiro do Fundo de Combate a Pobreza – FUNCEP...

Centro Público de Economia Solidária será inaugurado em Juazeiro

Será inaugurado na próxima quarta-feira (15), o Centro Público de Economia Solidáriado Território do São Francisco (Cesol-SSF), localizado na rua Argentina, 174, no bairro Maria Gorete, em Juazeiro. Na solenidade estarão presentes o secretário de Trabalho Emprego Renda e Esporte, Nilton Vasconcelos, o superintendente de Economia Solidária, Miton Barbosa e Jailma Dantas, coordenadora executiva do Programa Vida Melhor.

O Centro Público é um espaço multifuncional,de caráter comunitário, que tem como objetivo prestar assistência técnica, além de articular oportunidades de geração, fortalecimento e promoção do trabalho coletivo baseado na Economia Solidária. Até o final do ano, o Cesol-SSF irá a atender mais de 70 empreendimentos nos municípios de Juazeiro, Curaçá, Casa Nova, Sobradinho, Pilão Arcado, Uauá, Canudos, Campo Alegre de Lourdes, Remanso e Sento Sé. ..

Empreendedores participam de Oficina de Economia Solidária em Juazeiro

Na tarde desta quarta-feira (27), o Centro Público de Economia Solidária do Território Sertão do São Francisco (Cesol-SSF) realizou a 1ª Oficina sobre Economia Solidária no município de Juazeiro, no auditório do Sindicato de Trabalhadores Rurais.

Na abertura do evento a coordenadora do Cesol-SSF, Virgínia Brito falou sobre o trabalho que será desenvolvido pelo Centro Público na região. “Vamos trabalhar com cooperativas, associações, empreendimentos solidários fomentando e apoiando os empreendimentos e as iniciativas para a geração de trabalho e renda nos 10 municípios baianos do Território, prestando assistência técnica nas áreas jurídicas, administrativa, financeira, melhorias de produtos, microcrédito, entre outras. A equipe multidisciplinar do Cesol vai contribuir para o fortalecimento dos grupos produtivos das zonas urbana e rural da nossa região”, garantiu a coordenadora...

Cesol realiza a 1ª Oficina Temática de Economia Solidária em Juazeiro

O Centro Público de Economia Solidaria do Território Sertão do São Francisco(Cesol-SSF) realiza nesta quarta-feira (27), a 1ª Oficina sobre Economia Solidária. O evento acontece às 15h, no auditório do Sindicato de Trabalhadores Rurais, na Rua da Grécia, bairro Maria Gorete. Com o objetivo de apresentar o trabalho que será desenvolvido pelo Cesol na região, a Oficina será um momento de sensibilização, onde os participantes irão conhecer um pouco da metodologia que irá contribuir para o fortalecimento dos grupos produtivos das zonas urbana e rural.

O Centro Público é um espaço multifuncional que atende aos empreendimentos coletivos e solidários a partir de uma metodologia interdisciplinar de formação e consultoria (orientação jurídica, administrativa, contábil-financeira, melhoria de produto); microcrédito; espaço para eventos (reuniões de fóruns e redes locais) e atividades culturais. A Sede do Cesol-SSF está em fase final de implantação, e fica localizada na Rua Argentina, no Bairro Maria Gorete, em Juazeiro. A previsão é que em abril, o espaço seja inaugurado...

Ações integradas da Codevasf têm impulsionado economia familiar na zona rural de Petrolina

Diante de uma das maiores secas já atravessadas pela região nordeste no Brasil, uma das ações mais importantes que se pode ter é cuidar para que quando a chuva cair, exista um bom local para armazená-la. Além disso, é preciso buscar alternativas para que a família rural consiga se manter financeiramente em um período de tanta escassez. Ciente dessa situação, a Codevasf tem realizado diversas ações que buscam garantir água e ainda proporcionar um meio de prática econômica aos moradores da zona rural do Vale do São Francisco. A perfuração e instalação de poços integrada à instalação de kits de irrigação é uma delas, assim como a reforma de barreiros e aguadas associada à distribuição de alevinos.

Nesta quinta-feira, 07, foi a vez da comunidade de Cruz de Salinas, interior de Petrolina, ser beneficiada por essa ação. Foram entregues cinco mil alevinos de Tambaqui, distribuídos por três barreiros reformados pela Codevasf e que, com as chuvas desse inicio de ano, já estão com um volume de água adequado para servir de criatório para peixes. O morador de Cruz de Salinas, Ezequiel Rodrigues disse que essa é uma ação de extrema importância para sua família. “Dizer que essa ajuda fez diferença é muito pouco. Fez muito mais que diferença. Antes, esse barreiro não pegava água. Ele tinha infiltrações e estava assoreado. A Codevasf reformou por completo e hoje ele está com mais de quatro metros de profundidade de água”, e completou. “Agora, com esses dois mil peixes que recebemos, temos uma garantia de renda futura”, afirmou...

Palestra sobre Economia Criativa será ministrada na FACAPE

Na próxima quarta-feira, 20, às 19h30, no auditório principal da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (FACAPE) acontecerá a palestra “Economia Criativa” ministrada pelo empreendedor e sócio-gerente da ARCERTE Pesquisa, doutor Roberval Souza.

A palestra está fundamentada no contexto de grande transformação global que entre tantos desafios enfrenta a escassez de recursos humanos e naturais. A atual conjuntura da economia e suas implicações serão debatidas durante a palestra que visa estimular a adoção de uma ‘Economia Criativa’ que oportuniza a várias camadas da sociedade uma condição de vida com padrões de qualidade essenciais e uma sobrevivência digna com melhor distribuição de renda justa e um desenvolvimento sustentável.

Sobre o palestrante..

Conversa com o Governador - Wagner acredita que recuperação e construção de aeroportos regionais vao melhorar saúde e economia baianas‏

“Mais aeroporto espalhado pelo estado, melhor para a nossa saúde, quando é preciso transportar um paciente, melhor para os empresários, que podem se deslocar com mais facilidade. E, portanto, é mais desenvolvimento para a Bahia”. A declaração do governador Jaques Wagner sobre investimentos na aviação civil baiana está no assunto que abre mais programa Conversa com o Governador deste ano. Nesta terça-feira, Wagner também aborda investimentos no Carnaval de Salvador, a Operação Verão, que está em curso na área da segurança pública, a viagem à China e a Festa da Lavagem do Bonfim, que acontece esta semana. De acordo com o governador, na semana passada foi assinada, com o ministro da Aviação Civil e o presidente da Infraero, uma série de convênios que vão melhorar o aeroporto de Salvador. “Um investimento de R$ 87 milhões, que passa pela nova torre, pela ampliação e melhoria do terminal de passageiros. Estamos preparando agora o prédio do estacionamento e a segunda pista que dará, definitivamente, mais autonomia ao aeroporto de Salvador”.

Segundo Wagner, ainda foi assinado convênio para a compra de mais dois carros de combate a incêndio, no valor de R$3,6 milhões. “No mesmo dia, nós assinamos também o aeroporto de Barreiras, que são R$ 50 milhões de investimento na ampliação e reforma da pista, ampliação da pista de taxeamento, construção de um novo pátio para estacionamento, várias vias, de acesso interno, assim como o serviço de combate a incêndio. E, também, assinamos já primeira etapa, R$20 milhões, de um total de R$60 milhões, do novo aeroporto de Vitória da Conquista”.O governador disse que a licitação será realizada em breve, para que comece a construção do novo aeroporto de Conquista. “Além disso, nós temos a registrar que, dentro do Programa de Aviação Civil e dos Aeroportos Regionais, a Bahia também foi contemplada com 20 novos aeroportos ou reforma de aeroportos regionais já existentes. E, no total, esse investimento chegará à casa de R$ 550 milhões”...

Apesar da seca, economia baiana cresce em 2012

Em 2012, a vida de três milhões de baianos em 266 municípios foi diretamente afetada pela pior seca dos últimos 50 anos, que reduziu rebanhos e lavouras. Para minimizar os efeitos da estiagem que atingiu aproximadamente 71% dos produtores rurais, o governo da Bahia adotou medidas estruturantes e remediadoras que visaram melhorar as condições de convivência com esse fenômeno natural e cíclico.

Na condução da política econômica, territorial e estratégica do governo, a Secretaria do Planejamento (Seplan), por meio da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais (SEI), estimou os impactos econômicos da estiagem entre 2,6% e 5,2% do Produto Interno Bruto (PIB) baiano, o que significa uma variação entre R$ 1,3 bilhão e R$ 2,7 bilhões. Apesar do montante, a economia baiana é bem maior, aproximadamente R$ 190 bilhões, sendo que o setor agropecuário representa menos de 8% do PIB estadual.

Neste ano, fruto do trabalho em execução, a Seplan elaborou o maior orçamento da história, atingindo R$ 35,1 bilhões. O orçamento de 2013, aprovado pela Assembleia Legislativa, tem como destaque o crescimento de 98,8% no volume de investimentos, que saltou de R$ 2,15 bilhões, em 2012, para R$ 4,28 bilhões.

Confira aqui o texto na íntegra...