RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 320 registros para a palavra: dengue

Pernambuco investiga suposta morte por dengue hemorrágica; vítima é uma adolescente de 13 anos

A morte de uma adolescente de 13 anos por quadro suspeito de dengue hemorrágica está sendo investigada em Pernambuco.  A vítima, que não teve o nome divulgado, morreu nesse domingo (17) no Hospital Mestre Vitalino (HMV), em Caruaru, no Agreste. 

De acordo com a nota divulgada pela assessoria de comunicação da unidade de saúde, a jovem deu entrada no HMV no último sábado (16), após ser transfeida da UPA Estadual Dr. Horácio Florêncio, localizada também em Caruaru...

Prefeitura de Petrolina orienta população a manter os cuidados com a dengue

A Prefeitura de Petrolina busca sempre alertar a população sobre os cuidados em manter os ambientes livres de focos de dengue, que geralmente são encontrados dentro das residências da população. Com a chegada do feriado, a Secretaria de Saúde orienta que os moradores façam uma vistoria nos quintais para eliminar qualquer recipiente que possa se tornar um criadouro para o mosquito.

As medidas para o controle do mosquito transmissor das doenças devem ser permanentes. Entre elas estão: manter recipientes fechados com tampas; as garrafas devem ser armazenadas com a boca para baixo; pneus e caixas d'água devem ser mantidos sempre cobertos; evitar o acúmulo de lixo; e trocar a água dos vasos de planta. Além disso, também é necessário ter atenção aos ralos domésticos, ambientes com água limpa e propícias para reprodução do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, Zika e Chikungunya...

Pesquisa: 31% dos brasileiros acham que a dengue acabou na pandemia

Uma pesquisa divulgada pela Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) e pela biofarmacêutica Takeda revelou que 31% dos brasileiros acreditam que a dengue deixou de existir durante a pandemia de Covid-19).

Essa percepção, no entanto, contrasta com os dados do Ministério da Saúde, que apontou crescimento de 43,5% no número de casos de dengue, considerando-se as seis primeiras semanas deste ano em comparação ao mesmo período do ano passado...

Leitor faz alerta sobre risco de dengue em praça do centro de Juazeiro (BA)

A tradicional praça Coronel Aprígio Duarte, popularmente conhecida como Praça do Jacaré, foi reinaugurada em 06 de janeiro deste ano pela atual administração, mas já está precisando de manutenção.

Na reforma, a praça recebeu piso em intertravado, bicicletário, iluminação, reativação da fonte e implantação de um novo espaço reservado para os mototaxistas...

Alerta: Bahia registra 9 óbitos por dengue em 2022; em Juazeiro um caso passa por análise da Câmara Técnica Estadual

A Bahia registrou 9 óbitos por dengue entre 2 de janeiro e o dia 19 de fevereiro de 2022. As informações foram confirmadas pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab).

A dengue é uma doença infecciosa febril aguda transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, que pode se apresentar de forma benigna ou grave...

Secretaria de Saúde de Petrolina orienta população a procurar as UBS em caso de suspeita de dengue

O primeiro Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) de 2022, apontou médio risco para surto de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti. Por isso, a Prefeitura de Petrolina está orientando a população que apresentar sinais e sintomas ou indicar suspeita de dengue, que procure as Unidades Básicas de Saúde para a notificação e fechamento do diagnóstico.

A secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro, explica a importância dessa notificação. "Muitas pessoas contraem a doença e não vão até a UBS, já que os sintomas da doença são clássicos. Mas a notificação é essencial para ações do bloqueio de transmissão e prevenção de novos casos da doença. Sem a notificação a Secretaria de Saúde não tem como saber quantos casos temos na cidade e quais são os bairros com maior incidência da doença, a partir disso podemos fazer uma programação das ações de bloqueio", explica...

Resultado de levantamento mostra médio risco de infestação para o Aedes aegypti em Petrolina

O primeiro Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) de 2022, realizado pela Secretaria de Saúde de Petrolina neste mês de Janeiro, apontou nível de infestação do mosquito de 2,3%.

Isso significa que o município apresenta médio risco para surto de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti, de acordo com as diretrizes do Ministério da Saúde...

Método Wolbachia: Contra a dengue, segunda fase de implantação dos wolbitos começa em Petrolina

Uma nova fase do projeto de implantação dos Dispositivos de Liberação de Ovos (DLOs) do Método Wolbachia teve início em Petrolina. Nessa terça-feira (11), contando com a presença do líder da World Mosquito Program no Brasil, Luciano Moreira, novos bairros receberam os dispositivos contendo cápsulas com ovos dos wolbitos. No fim do dia, um documentário sobre o método e as cidades que já passaram pela implantação foi apresentado no auditório do Transforma Petrolina, no parque Josepha Coelho.

Nesta segunda etapa, nove bairros estão sendo contemplados com a implantação das DLOs,  são eles: Cohab Massangano, Cohab São Francisco, Distrito Industrial, Gercino Coelho, Jardim Amazonas, Jardim Maravilha, Ouro Preto, Palhinhas e Pedro Raimundo. Os mosquitos Aedes aegypti com a bactéria Wolbachia não transmitem dengue, febre amarela, Zika e nem chikugunya. Em contato com os mosquitos locais eles repassam a Wolbachia, diminuindo ainda mais os índices de transmissão dessas doenças. ..

Prefeitura reforça combate à dengue em quatro localidades de Petrolina

A Prefeitura de Petrolina continua intensificando ações contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. Nesta segunda-feira (27), os agentes de endemias estão no bairro Santa Luzia realizando ações de controle ao aedes. Vale ressaltar que, durante a semana mais três bairros serão visitados.

Na terça-feira (28) os agentes estarão no bairro Terra do Sul, já na quarta (29) será a vez do São Joaquim, e na quinta (30) e sexta-feira (31) o Dom Avelar será contemplado. Esses locais registraram os maiores índices de infestação pelo mosquito, de acordo com o Levantamento do Índice Rápido do Aedes (LirAa)...

Prefeitura de Petrolina orienta sobre cuidados com os Dispositivos de Liberação de Ovos do Método Wolbachia

O Dispositivo de Liberação de Ovos (DLO), conhecido como Casa do Wolbito, é o método que está sendo utilizado em Petrolina para liberar os mosquitos com Wolbachia, que vão conter a proliferação de doenças como dengue, Zika e chikungunya. Nos DLO's, são colocadas 400 ml de água, duas cápsulas com ovos e alimentação para as larvas. Esses recipientes são instalados em árvores nos espaços públicos e todo o procedimento é realizado pelos Agentes de Combate a Endemias.

A Secretaria de Saúde de Petrolina reporta os cuidados que se deve ter em relação a estes recipientes que, em alguns bairros, foram extraviados. O pedido é para que a população não mexa nos dispositivos e, em caso de poda das árvores, pode entrar em contato pelo WhatsApp através do número (21) 99593-0135, para que o DLO seja realocado e não perca seu objetivo de ajudar no combate às doenças...

Petrolina é a primeira cidade do Nordeste a receber biofábrica do método Wolbachia

Na manhã desta segunda-feira (19), foi inaugurada em Petrolina-PE, a biofábrica do Método Wolbachia. A unidade é a primeira implantada no Nordeste e tem como objetivo viabilizar a liberação de mosquitos Aedes aegypti com a bactéria Wolbachia, que, uma vez presente no mosquito, contribui para a redução da dengue, Zika e chikungunya. A liberação dos Wolbitos faz parte da estratégia do Método Wolbachia, iniciativa do World Mosquito Program (WMP), conduzida no país pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com apoio financeiro do Ministério da Saúde, e que utiliza a bactéria Wolbachia para o controle de arboviroses, doenças que são transmitidas por mosquitos.

A Wolbachia é um microrganismo intracelular presente em 60% dos insetos da natureza, mas que não estava presente no Aedes aegypti e foi introduzida por pesquisadores do WMP, iniciativa global sem fins lucrativos que trabalha para proteger a comunidade global das doenças transmitidas por mosquitos. O método tem eficácia comprovada e não utiliza mosquitos transgênicos. ..

Ações da prefeitura nos canais podem reduzir os casos de dengue, zika e chikungunya em Juazeiro

A Secretaria de Saúde de Juazeiro avalia regularmente o boletim epidemiológico para acompanhar casos de doenças no município como dengue, zika e chikungunya, ambas transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

De janeiro a junho de 2021, foram confirmados 07 casos de chikungunya. Dos 97 casos notificados de dengue, 4 foram confirmados. De janeiro a junho, apenas um caso de zika foi notificado, mas não foi confirmado...

Petrolina: Escolas da Rede Municipal participam de projeto pioneiro sobre método de controle da dengue

Um encontro realizado nesta quinta-feira (1), no auditório da Secretaria de Educação de Petrolina, foi palco para a apresentação das ações da primeira fase do projeto Wolbito na Escola.

A atividade foi desenvolvida durante todo o mês de junho, de forma virtual, com mais de 10 mil alunos do Ensino Fundamental, EJA, Nova Semente e CMEIS que funcionam em 15 bairros do município.  ..

Petrolina tem redução de 96,6% nos casos de dengue, mas cuidados devem ser mantidos

Nos primeiros quatro meses deste ano, Petrolina teve uma redução de 96,6%, quando comparado com o mesmo período do ano passado, no número de casos de dengue, uma das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. O município registrou apenas 15 casos de dengue em 2021. De janeiro a abril do ano anterior foram 380 confirmações.

A Secretaria de Saúde atribui a redução às ações que vêm sendo desenvolvidas no município, ressaltando a importância da população no combate ao mosquito.  Entre as recomendações estão: manter fechadas caixas d'água, tonéis e tanques. As garrafas e recipientes devem ser armazenados de cabeça para baixo e os pneus mantidos sempre cobertos...

Equipes da Prefeitura e da Fiocruz fazem reconhecimento de rotas para liberação de mosquitos que combatem a dengue

A partir desta terça-feira (04), as equipes da Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria Municipal de Saúde, e do Método Wolbachia, iniciativa do WMP Brasil/Fiocruz, irão realizar o reconhecimento das rotas para liberação dos Wolbitos, os mosquitos Aedes aegypti com Wolbachia, que atuam no combate a dengue, Zika e chikungunya. A previsão é que a liberação desses mosquitos comece no início do segundo semestre de 2021.

A liberação vai ocorrer a partir da instalação de dispositivos em áreas públicas, onde serão colocados ovos dos Wolbitos, que vão nascer nestes recipientes e depois voar em busca de alimento. Ao se acasalarem com os mosquitos que já estão no território, vão passar a Wolbachia - bactéria que não causa mal a humanos e animais - para as novas gerações, e que ajudará a impedir a transmissão das doenças transmitidas pelo Aedes...

Juazeiro apresenta baixo risco para dengue, Zika e Chikungunya no 1º LIRAa do ano

O município de Juazeiro apresentou baixo risco para infestação de Aedes aegypti, segundo o resultado do primeiro Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti (LIRAa). A pesquisa foi realizada pela Secretaria de Saúde (SESAU), através da equipe da Vigilância Epidemiológica.

O primeiro LIRAa, que é realizado a cada três meses, foi feito entre os dias 12 e 16 de abril. O Índice de Infestação Predial ficou em 0,7. Juazeiro possui 123 mil imóveis. ..

Coronavírus 'matou o mosquito da dengue', ironiza Bolsonaro

Ao colocar novamente em dúvida os números de óbitos causados pelo novo coronavírus no País, o presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira, 16, que o vírus "matou o mosquito da dengue", sem apresentar provas. O chefe do Executivo afirmou que existem "certas doenças que não morrem mais ninguém" (sic).

Segundo ele, é preciso saber o "número concreto" de mortes pela COVID-19. Para apoiadores nesta manhã, Bolsonaro citou ter pedido ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que apresente os dados de mortos por outras doenças nos últimos cinco anos no Brasil...

Petrolina: começam obras para instalação de biofábrica que vai auxiliar no combate a dengue

A partir desta semana, começam as obras para instalação da biofábrica do Método Wolbachia em Petrolina. A estrutura vai viabilizar a preparação dos ovos de Wolbitos (o Aedes aegypti com Wolbachia), para que sejam liberados no ambiente e, ao nascerem e se reproduzirem com os Aedes locais, deixem de transmitir doenças como dengue, Zika e chikungunya.

A equipe que atuará no local será mantida pela Prefeitura de Petrolina e pelo Estado de Pernambuco que também cedeu à área em que está sendo construído o equipamento. O local será equipado com recursos do Ministério da Saúde, repassados ao WMP Brasil/Fiocruz e a previsão é que a estrutura entre em funcionamento a partir de junho...

Prefeitura de Petrolina alerta para cuidados redobrados com a dengue após as chuvas

As chuvas recentes que estão ocorrendo no município de Petrolina trazem alívio e esperança para população depois do forte calor das últimas semanas. Contudo, esse é o ambiente propício para a reprodução do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Para evitar essa situação, é preciso adotar medidas permanentes para o controle do mosquito transmissor das doenças. A população pode realizar ações preventivas de eliminação de focos, como manter recipientes fechados com tampas, garrafas armazenadas de cabeça para baixo, pneus e caixas d'água mantidos sempre cobertos, evitar o acúmulo de lixo e trocar a água dos vasos de planta...

Juazeiro inicia primeiro ciclo de combate à dengue

A Prefeitura de Juazeiro começou o primeiro ciclo de combate à dengue, que consiste em visitar os imóveis da cidade, orientar a população sobre prevenção, eliminar larvas do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença e controlar os índices de infestação. Para isso, 73 agentes de endemias já estão nas ruas da cidade.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, o programa de combate à dengue tem seis ciclos por ano, realizados a cada dois meses. Isso significa que os 123 mil imóveis serão visitados a cada dois meses, e os agentes de endemias farão combate com larvicidas e orientações à população...