RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 320 registros para a palavra: dengue

População deve redobrar cuidados com a dengue no verão

Com o início do período chuvoso e com a chegada do verão no dia 21 de dezembro, a Secretaria de Saúde de Petrolina está alertando e procurando conscientizar a população sobre os perigos da proliferação da dengue durante esta época do ano. Com um trabalho efetivo durante o ano de 2010, que levou o município a alcançar baixo índice para proliferação da doença no último Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes Aegypti (LIRAa), a Gerência de Endemias vem intensificando os trabalhos, principalmente naquelas regiões onde a problemática é identificada com mais freqüência.

Apesar de constante durante todo o ano, as ações de combate ao mosquito transmissor da dengue foram redobradas no mês de dezembro. A diretora de vigilância em saúde, Kátia Coutinho, explica que no inicio da temporada da chuva o trabalho de prevenção deve ser maior, pois nesta época do ano a situação climática fica mais agradável para a proliferação do Aedes aegypti. “Esse é um período que ocorre chuvas e com o verão a temperatura fica mais elevada, tornando um ambiente favorável para o desenvolvimento do mosquito, por isso precisamos realizar um trabalho mais incisivo e precisamos contar com o apoio da população”, enfatizou.

Segundo o gerente de endemias, Jailson Araújo, estão sendo realizadas diversas intervenções na cidade, principalmente nos bairros que apresentaram resultados mais elevados no último LIRAa. “Em geral, grande parte dos focos de dengue estão concentrados nas residências, principalmente naqueles bairros que sofrem com falta de água e precisam armazenar água e terminam não fazendo isso da forma correta. Então nosso trabalho terá como foco estas comunidades porque precisamos que a população fique em alerta”, ressaltou. ..

Salvador sob ameaça de surto de dengue

A capital baiana registrou 2.682 casos de dengue em 2010, segundo balanço divulgado ontem pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS). Quatro pessoas morreram vítimas da doença este ano. Com o aparecimento de um tipo diferente de vírus causador da doença na cidade, a secretaria alerta para a possibilidade de um surto da doença no próximo ano. O número total de casos aumentou 29,75%, se comparado como índice registrado no ano passado. Em 2009, foram confirmados 2.067 casos e cinco mortes. A dengue hemorrágica, tipo mais grave da doença, também avançou: foram 72 casos em 2010 contra 52 em 2009. Segundo a coordenadora do Programa Municipal de Combate à Dengue, Eliaci Costa, o avanço da doença na cidade deve-se à introdução de um tipo diferente de vírus, que não era registrado em Salvador desde 1996. ..

Saúde reforça combate à dengue em Juazeiro

Em continuação ao trabalho de controle da dengue, principalmente devido às chuvas de verão que estão acontecendo nos últimos dias, a Secretaria de Saúde de Juazeiro aumenta o trabalho de planejamento para eliminação do Aedes aegypti, reforça a ação educativa e o controle químico feito pelos agentes de endemias no município. Durante esta semana muitos eventos serão promovidos.

Nesta terça-feira (14), acontece reunião entre a equipe do Núcleo de Educação e Comunicação em Saúde (Necom) e estudantes da Univasf (PET/SAÚDE) para discussão de novas estratégias de eliminação do mosquito da dengue, no Centro de Saúde III, Angari, às 9h. No mesmo dia, às 14h, a equipe do Necom estará apresentando para os pais e filhos da comunidade do Itaberaba a peça teatral “Valores para a Vida”, com atenção voltada ao controle da dengue, na Creche Ana Maria Morgado.

Aproveitando as festividades de final de ano, os educadores do Necom apresentam novamente a peça “Valores para a Vida”, no próximo sábado (18), às 8h, na Unidade de Saúde da Família (USF) da Vila Jacaré, onde estará acontecendo o “Natal das crianças” com distribuição de presentes e animação do papai Noel. ..

FINALISTAS DO CAMPEONATO DE SR. DO BONFIM FARÃO CAMPANHA CONTRA DENGUE

No próximo domingo, na partida decisiva do Campeonato Bonfinense de Futebol, a equipe do Cascavel Futebol Clube promete entrar em campo carregando uma faixa de apoio ao Movimento de Combate e Controle da Dengue. O jogo entre Cascavel Futebol Clube e Sisal Andorinhense será iniciado às 16 horas no estádio Pedro Amorim.

A final de uma disputa de título é sempre bem concorrida e atrai grande público. A Secretaria de Saúde, que está em plena campanha de combate à dengue, resolveu aproveitar o bom ambiente. Do outro lado, dirigentes do Cascavel acharam interessante associar o nome do clube a uma campanha pela saúde pública de interesse dos bonfinenses – e já está tudo acertado.

Os agentes de endemias do município distribuirão panfletos no Estádio Pedro Amorim. O público ficará sabendo os principais cuidados e formas de identificar e acabar com possíveis focos do mosquito da dengue. Os atletas do Cascavel darão uma volta em campo exibido apoio à campanha. O Cascavel promete também arrastar para o estádio a grande torcida de moradores do Itamaraty (Lagoa Salgada), onde está a sua sede...

SMS leva informações sobre natureza e dengue com gincana educativa no Mancadaru

Muitos estudantes jovens e adultos de escolas das redes municipal e estadual do projeto Mandacaru participaram no último final de semana da gincana “A Saúde no Meio Ambiente nosso de Cada Dia”, com atividades voltadas para a prevenção da dengue e de conscientização para o uso da reciclagem e proteção da natureza, em mais uma ação conjunta das Secretarias de Saúde e Educação. O Clube Social do Mandacaru e a quadra poliesportiva, locais onde aconteceram as disputas, atraíram uma multidão de alunos, que envolvidos com o jogo educativo levaram a criatividade, montaram stands diferentes e apresentações divertidas sobre os temas.

A abertura da gincana aconteceu com a exibição dos stands pelas equipes das escolas municipais Piloto e Bolívar Santana, esta última com a participação dos alunos do ensino de Educação de Jovens e Adultos – EJA, além das presenças dos profissionais do Núcleo de Educação e Comunicação em Saúde (Necom) e da Atenção Básica, que animaram as atividades e avaliaram as apresentações dos estudantes. A disputa prosseguiu com o envolvimento dos alunos da Escola Estadual Cecílio Matos...

SURTO DE DENGUE AMEAÇA QUATRO CIDADES NA BAHIA

Das 24 cidades brasileiras com risco de surto de dengue, de acordo com um levantamento do Ministério da Saúde, quatro estão na Bahia. Além da capital Salvador, Simões Filhos, na região metropolitana, Itabuna e Ilhéus, no sul baiano, estão em estado de alerta. A situação é mais grave nos municípios do sul do estado. De acordo com a atualização do Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) estão entre as cinco cidades brasileiras com maior índice de infestação. Dentre as 14 capitais em estado de alerta, Salvador é a que tem maior índice de infestação do mosquito causador da dengue. Nesta segunda-feira (6), o presidente Lula fez um alerta aos governadores e prefeitos sobre a necessidade de os gestores levarem em conta os resultados do LIRAa e desenvolverem ações imediatas de combate ao mosquito e, dessa forma, evitar o aumento do número de doentes e vítimas fatais. O alerta foi feito durante evento de anúncio das obras do PAC II, no Palácio do Planalto, a pedido do ministro da Saúde, José Gomes Temporão. ..

Para reforçar os trabalhos de combate à dengue, Casa Nova realiza campanha educativa "Dia D"

Com o objetivo de acabar com as ameaças do mosquito da dengue, a Prefeitura de Casa Nova, através da Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Secretaria de Educação participou ativamente, na manhã de hoje (29), no Centro Social, da campanha Educativa: “Dia D de Combate à Dengue” orientando sobre as medidas que têm de ser adotadas para evitar a proliferação do mosquito transmissor da doença, o Aedes aegypti.

Através de mensagens educativas, peça teatral e distribuição de folhetos e cartazes a equipe de Vigilância Epidemiológica e Endemias, proporcional para os jovens uma manhã de lazer e orientações. Em todos os discursos, o apelo: nada de água parada nas casas, construções e  terrenos baldios. Nada de lixo que possa oferecer abrigo ao mosquito. Nada de  copos descartáveis, pneus a céu aberto, plantinhas em pratos com água e reservatórios de água sem tampa.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica do Município, Maria do Livramento Figueiredo, disse que todos os jovens são responsáveis pelo combate a dengue. “Combater a dengue é um dever de todos. Vamos acabar com essa epidemia”, ressalta. Com 31 agentes epidemiológicos, realizando cerca de 9 mil visitas ao mês, Casa Nova, registrou, esse ano, 68 casos de dengue. De acordo com a supervisora de endemias, Maria de Lourdes Santos, os agentes epidemiológicos realizam vistorias de forma rotineira e mutirões com retirada de materiais que podem servir de criadouros para o mosquito, como cemitérios e borracharias, além de palestras educativas nas escolas do Município.

Durante o evento as crianças tiveram acesso ao material utilizado pelos agentes, para que pudessem perceber de forma mais próxima como funciona o trabalho epidemiológico, e assim colaborar para o seu desenvolvimento. Os alunos também assistiram à peça teatral “Chapeuzinho Vermelho contra a dengue”, do grupo de teatro da Secretaria de Saúde de Juazeiro. As crianças receberam a equipe com muita alegria.  “Já sei como me prevenir contra a dengue, vou tomar todos os cuidados para não ficar doente, vou informar aos meus amigos, irmãos e vizinhos esses cuidados, pois é importante a participação de todos os moradores, que devem servir como aliados”, disse a estudante da do Centro Educacional João Honorato, Elisabeth Maria dos Santos, 11 anos. ..

Prefeitura de Juazeiro mobiliza estudantes do interior para ação contra a dengue

Durante esta semana as Secretarias de Saúde (Sesau) e Educação (Seduc) estarão com as atenções voltadas para a comunidade do projeto Mandacaru, onde haverá atividades de conscientização com a realização de uma gincana educativa de tema “A Saúde no Meio Ambiente nosso de Cada Dia” para os alunos da rede municipal e estadual da localidade. A gincana vai promover, ainda, atividades sobre a dengue, ressaltando os problemas e as maneiras de prevenir a doença. 
 
Nesta terça-feira (30) e no dia 02 de dezembro o trabalho será dirigido para o público infantil, que participará de gincana mirim, das 8 às 12h e das 14h às 16h, no Clube Social do Mandacaru I. As atividades da gincana prosseguem para os jovens e adultos no dia 03 de dezembro, das 19h às 23h, no Clube Social de Mandacaru I e no dia 04/12, das 8h às 12h, na quadra poliesportiva da localidade. ..

Itaberaba recebe mutirão de combate à dengue

“Dengue: se você agir, podemos evitar”. Foi com este tema que 77 agentes de endemias acompanhados pelos agentes educadores do Núcleo de Educação e Comunicação em Saúde (Necom) realizaram no último sábado (20), um mutirão com atividades educativas e de eliminação do foco do Aedes aegypti no bairro Itaberaba. A ação, além de marcar o Dia Nacional de Combate à Dengue (20/11), é uma continuidade do trabalho que a Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Saúde, vem fazendo para reduzir o número de casos da doença no município.
 
A residência de Cícera Gesiane da Silva, 26 anos, recebeu a visita da equipe de endemias e do Necom. A dona de casa aprovou a mobilização. “A dengue mata e precisamos unir esforços e controlar esse mal. Eu estou fazendo minha parte, mantendo os reservatórios fechados e renovando a água constantemente. A prefeitura também está fortalecendo o trabalho, como prova disso, está a redução no número de doentes na cidade”, frisou.
 
O bairro possui 3 mil casas e das 1,4 mil visitadas na última pesquisa, 67 possuem as larvas do mosquito. De acordo com informações do coordenador de Endemias, Edésio dos Santos, o bairro Itaberaba é o único que ainda tem alto índice de infestação do mosquito. “A situação é preocupante e por este motivo a prefeitura organizou este trabalho para chamar a atenção dos moradores. O índice de infestação predial do bairro é de 4,8%, quando o Ministério preconiza até 1% e 93% dos mosquitos que voam no Itaberaba são transmissores da doença”, informou. ..

Dia Nacional de Combate à Dengue será marcado em Juazeiro com mutirão

Para fortalecer o controle da dengue em Juazeiro, a Secretaria de Saúde promove neste sábado (20), Dia Nacional de Combate à Dengue, um grande mutirão com atividades educativas e de eliminação do foco do Aedes aegypti no Itaberaba, único bairro na cidade que ainda tem alto índice de infestação do mosquito. A ação será conjunta e promovida pela equipe do Núcleo de Educação e Comunicação em Saúde (Necom), alunos da escola José Pereira e do Pró-Jovem, que estarão visitando todas as residências para realização de trabalho educativo. Acompanhando o mutirão, 76 agentes de endemias farão o tratamento químico para eliminação do foco do Aedes aegypti e a equipe da Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos (Seihasp) promoverá a limpeza pública do bairro.
 
O mutirão sairá da Unidade de Saúde da Família (USF), às 8h e percorrerá as ruas até o meio-dia. O movimento está sendo feito no município em alusão ao Dia Nacional de Combate à Dengue (20/11). Segundo informações do educador em Saúde, Francisco de Assis, 93% dos mosquitos que voam no Itaberaba são transmissores da doença. “Por isso esta atenção especial no bairro, pois está sendo um local de risco. A prefeitura visa mudar está situação, mas precisamos também da contribuição da comunidade e da participação de todos, como forma de envolver a sociedade no combate ao vetor da doença”, lembrou.  ..

Secretaria de Saúde lança plano de mobilização contra a dengue

Educar e conscientizar a população, para facilitar o combate à dengue realizado em todos os meses de janeiro, quando tem-se um aumento da transmissão da doença. Esse é o objetivo do Plano de Mobilização Social Contra a Dengue, lançado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) nesta quinta-feira (11).

Em 2010 foram notificados 51.629 casos de dengue, um aumento de 600% em relação à 2009, quando foram notificados 7.369 casos. Segundo o secretário da saúde do Estado, Frederico Amancio, o Plano de Mobilização é "uma grande preparação para o verão de 2011, para termos uma diminuição nos casos de dengue".

Durante os meses de novembro e dezembro a SES vai promover uma mobilização da sociedade, através de três principais medidas: campanhas nas escolas; trabalho porta a porta, nos lugares mais afetados; e distribuição de 100 mil capas de vedação para que a população cubra caixas d'água e reservatórios. Ao todo serão investidos R$ 2,8 milhões.

170 instrutores, que vão atuar em todo o Estado, foram capacitados pela Secretaria de Saúde. Também foram confeccionadas cartilhas, bottons e panfletos.

De acordo com Frederico Amancio, um dos principais focos da campanha são os municípios da Zona da Mata Sul do Estado, que foram afetados pelas enchentes do mês de junho. Além de nove municípios nos quais foi decretado estado de calamidade pública por causa das chuvas, o programa abrange outras 38 cidades definidas pela Ministério da Saúde, atingindo quase toda a Região Metropolitana do Recife, além de Caruaru e Petrolina.

Segundo o Ministério da Saúde, Pernambuco é um dos Estados com risco muito alto de ter um grande número de casos da doença em 2011.

..

Petrolina apresenta baixo risco para ocorrência da dengue

Com o propósito de identificar as áreas de risco para a ocorrência da dengue no município de Petrolina, a Gerência de Endemias, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realizou entre os dias 1 e 5 de novembro o 6º Levantamento de Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa). Com o resultado, o Programa Municipal de Controle da Dengue começou a intensificar e redirecionar, nesta segunda-feira (8), as medidas para prevenir ocorrências de epidemias da doença na região.

De acordo com os dados estatísticos do município, o índice geral de infestação para o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, foi de 0,9%, o que para o Ministério da Saúde (MS) representa baixo risco para ocorrência da dengue. Os parâmetros utilizados pelo MS consideram de 0 a 0, 99% como baixo risco, de 1 a 3,9% de médio e acima de 4%, alto risco.

Entre os bairros com maiores índices, ficando em 3%, estavam o Quati, Cosme e Damião, João de Deus, Jardim São Paulo, Ipsep, Jardim Imperial, Portal da Cidade e Alto da Boa Vista. “Nesses bairros nós iremos redobrar a atenção, com visitas mais freqüentes, orientando a população e fazendo o tratamento químico e mecânico”, ressaltou a diretora de vigilância em saúde, Kátia Coutinho. Os bairros que apresentaram 0% de infestação foram Pedro Raimundo, Jardim Brasília, Jardim Amazonas, Cohab IV, Alto do Cocar, Parque Massangano, Rio Claro e Cohab V. ..

Juazeiro intensifica ação contra a dengue em praça pública

Para continuar intensificando as ações educativas de enfrentamento da dengue e manter o clima de tranqüilidade na cidade, ontem (05), a Secretaria de Saúde de Juazeiro realizou uma prévia do Dia Nacional de Combate à doença (20 de novembro), promovendo mais uma atividade de conscientização, levando explicações preventivas em pleno espaço público, na praça da Misericórdia, no Centro da cidade. Muitos curiosos se aproximaram do estande montado pela Prefeitura para conhecer de perto a larva do mosquito Aedes Aegypti, através de laboratório de pesquisa exposto durante o evento.
 
O comerciante, Adolfo Osmundo Miranda Filho, 57 anos, parabenizou a iniciativa. “A saúde deve ser observada em primeiro lugar e a dengue é um problema grave e que mata muitas pessoas, mas pode ser evitada se o cidadão se conscientizar e manter os cuidados devidos para enfrentar o mosquito. Cada um deve saber que a dengue é um mal e que todos devem contribuir para acabar com as epidemias. A prefeitura tem feito um trabalho bonito nos bairros, educando a comunidade no combate a dengue e já podemos ver os excelentes resultados. Espero que continue assim”, pontuou.
 
“O controle da dengue na Bahia ainda preocupa, mas em Juazeiro a situação está tranqüila. Nos últimos dois anos, diferente do vivido em 2008, a cidade não teve nenhuma epidemia. Este evento é a continuação de um trabalho que vem sendo priorizado pela prefeitura desde 2009, para que a dengue não se agrave em Juazeiro. Aproveitamos para mostrar através do laboratório o ciclo evolutivo do mosquito, desde o ovo, seguindo para larva até a fase adulta. Devemos impedir que este ciclo entre em nossas casas e a comunidade deve se conscientizar que a doença mata e o problema pode ser evitado se cada um fizer sua parte”, explicou o coordenador em Educação da Saúde, Francisco de Assis.
 
Para o coordenador, o índice da dengue reduziu, também, devido à participação social. “O trabalho de controle químico dos agentes de endemias vem sendo feito regularmente. Somado a esta ação, a Secretaria de Saúde, através da equipe do Núcleo de Comunicação e Educação em Saúde (Necom) ainda aumenta a mobilização com ações educativas nas escolas, postos de saúde e nas ruas da cidade. Já observamos que o índice de infestação predial diminuiu. Agradecemos também a população, que está participando mais do controle da doença. Se alguém encontrar em sua casa um reservatório da larva, deve derramar a água na terra e lavar bem com água e sabão as paredes do depósito”, acrescentou Francisco.
 
No dia “D”, penúltimo sábado deste mês (20/11), ainda em alusão ao Dia Nacional de Combate à Dengue, a Secretaria realizará uma mobilização na cidade como forma de envolver a sociedade no combate ao vetor da doença. De acordo com dados do setor de Agravos e Vigilância Epidemiológica de Juazeiro, neste ano (2010), de janeiro até dia 05 de novembro foram notificados 239 casos da dengue e 121 confirmados. ..

Juazeiro fortalece trabalho contra a dengue no Dia Nacional de Combate à doença

Em alusão ao Dia Nacional de Combate a Dengue, próximo dia 20 de novembro, a Secretaria de Saúde de Juazeiro, através da equipe do Núcleo de Educação e Comunicação em Saúde (Necom) e os agentes de endemias estarão promovendo antecipadamente nesta sexta-feira (05), ações educativas e interativas com a comunidade sobre o enfrentamento da doença. O evento vai acontecer na Praça da Misericórdia, das 9h às 13h, com a exibição de um laboratório da dengue com a mostra das larvas, palestras e atividades lúdicas com os bonecos do mosquito Aedes aegypti. No dia “D”, penúltimo sábado do mês de novembro (20/11), a Secretaria realizará mobilização na cidade como forma de envolver a sociedade no combate ao vetor da doença. ..

Encontro estadual sobre dengue será realizado em Juazeiro

Nesta sexta-feira (05), das 8h30 às 12h, será realizado no auditório da 6ª superintendência regional da Codevasf em Juazeiro (BA), um encontro sobre o Controle Genético do mosquito transmissor da dengue, o Aedes Aegypti. O evento contará com a presença de especialistas renomados e de autoridades do governo federal, que discutirão uma nova tecnologia de combate ao mosquito transmissor da doença.

A Dengue é um dos principais problemas de saúde pública no mundo, especialmente em países tropicais como o Brasil, e as estratégias usadas no controle do mosquito transmissor do vírus que causa a doença, resumem-se em atividades preventivas, como a eliminação de criadouros, adoção de medidas comunitárias de conscientização e, principalmente, aplicação estratégica ou emergencial de inseticidas químicos.

Para combater essa doença, pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e da empresa Oxitec (U.K.), em parceria com a Moscamed, estão desenvolvendo em laboratório Organismos Geneticamente Modificados (OGM) capazes de suprimir populações naturais do mosquito transmissor da dengue. Esse Workshop será realizado com o objetivo de discutir essa nova tecnologia que ainda está em fase de pesquisa, e apresentar o Programa à profissionais do  setor e ao poder público...

Juazeiro é parceiro de pesquisa sobre a dengue no Brasil e apóia Workshop nesta sexta

Através de uma parceria entre a Moscamed, Ministério da Saúde, Estado e Prefeitura de Juazeiro, estará acontecendo nesta sexta-feira, dia 05 de novembro, o “Workshop: Programa de Controle Genético do Aedes aegypti”, das 8h30 às 12h, no auditório da Codevasf, situado na Avenida Comissão do Vale, S/N , no bairro Piranga. Segundo o diretor de Promoção e Vigilância à Saúde, Mário Machado, Juazeiro foi o município escolhido como prioridade para implantação da pesquisa sobre a doença no Brasil, que está sendo realizada pela Moscamed e parceiros.
 
O evento contará com a presença de especialistas renomados e de autoridades do governo federal, que discutirão a nova tecnologia de combate ao mosquito transmissor da dengue, ainda em fase de pesquisa. O evento será ainda oportunidade para discussão dos aspectos científicos, técnicos e sociais do uso do mosquito transgênico no controle populacional do Aedes Aegypti.
 
Segundo o diretor de Promoção e Vigilância à Saúde, Mário Machado, a Secretaria de Saúde, através dos agentes de endemias, apóiam a pesquisa com o desenvolvimento da análise em campo e coleta de material no bairro Itaberaba, em Mandacaru, Maniçoba, Campos do Cavalo e Carnaíba do Sertão. Para combater essa doença, pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e da empresa Oxitec (U.K), em parceria com a Moscamed, também estão desenvolvendo em laboratório Organismos Geneticamente Modificados (OGM) capazes de suprimir populações naturais do mosquito transmissor da dengue.
 
Também participarão do encontro, representantes de diversos órgãos, como a Superintendente de Vigilância e Proteção à Saúde da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), Lorene Pinto; da pesquisadora do Instituto de Ciências Biológicas (ICB/USP), Margareth Capurro; e do Gerente Técnico de Desenvolvimento da Oxitec (U.K), Andrew McKemey.
 
PROGRAMAÇÃO:
 
8h30 - Abertura -  MOSCAMED e PARCEIROS
8h45 - Controle de Aedes aegypti - MINISTÉRIO DA SAÚDE
9h15 - O Programa de Controle de Aedes aegypti  no Estado da Bahia: Dra. Lorene Pinto, Secretaria da Saúde do Estado da Bahia - SESAB
9h45 - O Uso de Mosquitos Transgênicos no Controle Populacional: Dra. Margareth Capurro, Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de São Paulo - ICB/USP
10h15 - Coffee Break
10h30 - Resultados da Malásia e Ilhas Caiman: Dr. Andrew McKemey/OXITEC, Grã-Bretanha
11h - O Projeto de Controle de Aedes aegypti no Vale do São Francisco: Dra. Margareth Capurro, ICB/USP; Dr. Jair Virginio, MOSCAMED
11h30 - Considerações finais
12h  - Encerramento ..

Juazeiro recebe evento que discutirá o combate do mosquito da dengue

A Dengue é um dos principais problemas de saúde pública do mundo, especialmente em países tropicais como o Brasil. E as estratégias usadas no controle do mosquito Aedes aegypti, transmissor do vírus que causa a doença, resumem-se em atividades preventivas, como a eliminação de criadouros, adoção de medidas comunitárias de conscientização e, principalmente, aplicação estratégica ou emergencial de inseticidas químicos.

Para combater essa doença, pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e da empresa Oxitec (U.K), em parceria com a Moscamed, estão desenvolvendo em laboratório Organismos Geneticamente Modificados (OGM) capazes de suprimir populações naturais do mosquito transmissor da dengue. Para discutir essa nova tecnologia que ainda está em fase de pesquisa, e apresentar o Programa à profissionais do setor e ao poder público, acontecerá (05/11), no auditório da Codevasf, em Juazeiro (BA), o “Workshop: Programa de Controle Genético do Mosquito Aedes aegypti”.

O evento contará com a participação de especialistas renomados e autoridades do Ministério da Saúde, com representantes de diversos órgãos; da Superintendente de Vigilância e Proteção à Saúde da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB), Lorene Pinto; da pesquisadora do Instituto de Ciências Biológicas (ICB/USP), Margareth Capurro; e do Gerente Técnico de Desenvolvimento da Oxitec (U.K), Andrew McKemey. O Workshop discutirá aspectos científicos, técnicos e sociais do uso do mosquito transgênico no controle populacional do Aedes aegypti. 

Serviço: O “Workshop: Programa de Controle Genético do Aedes aegypti” será realizado no dia 05 de novembro, e contará com a presença de especialistas renomados e de autoridades do governo federal, das 8h30 as 12h00, no auditório da Codevasf (Av. Comissão do Vale, S/N Piranga, Juazeiro, BA). Mais informações (74) 3612-5399. Veja abaixo a programação do evento.

8h30 - Abertura -  MOSCAMED e PARCEIROS
8h45 - Controle de Aedes aegypti - MINISTÉRIO DA SAÚDE
9h15 - O Programa de Controle de Aedes aegypti  no Estado da Bahia: Dra. Lorene Pinto, Secretaria da Saúde do Estado da Bahia - SESAB
9h45 - O Uso de Mosquitos Transgênicos no Controle Populacional: Dra. Margareth Capurro, Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de São Paulo - ICB/USP
10h15 - Coffee Break
10h30 - Resultados da Malásia e Ilhas Caiman: Dr. Andrew McKemey/OXITEC, Grã-Bretanha
11h - O Projeto de Controle de Aedes aegypti no Vale do São Francisco: Dra. Margareth Capurro, ICB/USP; Dr. Jair Virginio, MOSCAMED
11h30 - Considerações finais
12h  - Encerramento
..

Juazeiro fortalece trabalho de enfrentamento da dengue no interior

  A caçada contra a dengue continua em Juazeiro. A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde, continua se dedicando com ações educativas e informativas para combater a doença. Nesta quarta-feira (27), a equipe do Núcleo de Comunicação e Educação em Saúde (Necom) esteve presente mais uma vez no interior da cidade, desta vez em Porto da Pedra, no projeto Mandacaru. Os profissionais apresentaram a peça teatral “Chapeuzinho Vermelho contra a dengue” para estudantes de 3 a 11 anos de idade da Escola Municipal Manoel Gomes e da Creche Natália Rodrigues.

O objetivo do encontro foi informar o público estudantil sobre o trabalho de prevenção da doença e intensificar as ações de combate à larva do mosquito Aedes Aegypti. Na opinião do coordenador de educação em saúde, Francisco de Assis, o enfrentamento à dengue necessita de um trabalho de parceria entre a comunidade e a prefeitura...

Prefeitura intensifica ação de combate a dengue no interior

A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Saúde, aumenta as atividades educativas contra a dengue. Nesta quarta-feira (27), a equipe do Núcleo de Educação e Comunicação em Saúde (Necom) vai apresentar mais uma vez a peça teatral “Chapeuzinho Vermelho contra a dengue”, para estudantes de 1º a 4º séries, da Escola Municipal Manoel Gomes, no projeto Mandacaru, às 8h30. A peça será direcionada também para crianças e adolescentes da Creche Natália Rodrigues, convidados para fazer parte do evento. Na próxima sexta (29), a equipe estará na Escola Municipal Judite Leal Costa, no bairro Coréia, durante a manhã, às 9h e a tarde, às 15h, apresentando a peça “Valores para a Vida”. ..

Prefeitura de Juazeiro fortalece ações contra a dengue

Em continuação ao trabalho de enfrentamento da dengue em Juazeiro, a Secretaria de Saúde através da equipe do Núcleo de Educação e Comunicação em Saúde (Necom), promove na próxima semana várias atividades educativas tanto na sede como no interior da cidade. No dia 25 de outubro, de forma animada, os profissionais apresentarão a peça teatral “Chapeuzinho Vermelho contra a dengue”, na Creche Sementes do Amanhã, no povoado de Barrinha do Cambão, situado no projeto Mandacaru, às 8h30, para um público infantil com idade entre 4 e 10 anos.
 
A ação prossegue no dia 27 de outubro, na Escola Municipal Manoel Gomes, localizada também no projeto Mandacaru, às 8h30. A peça vai ser direcionada ainda para crianças e adolescentes da Creche Natália Rodrigues, convidados para fazer parte do evento. Na próxima sexta (29), a equipe estará na Escola Municipal Judite Leal Costa, no bairro Coréia, durante a manhã, às 9h e a tarde, às 15h, apresentando a peça “Valores para a Vida”. ..