RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 132 registros para a palavra: demissao

Ford anuncia plano de demissão de funcionários na fábrica de Camaçari

Após encerrar as atividades na fábrica de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, e, com isso, interromper a atuação no ramo de caminhões, em fevereiro deste ano, a Ford Brasil anunciou, nesta segunda-feira (8), a abertura do Plano de Demissão Voluntária (PDV) para funcionários da fábrica de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador.

Segundo comunicado da empresa, a proposta tem validade para funcionários operacionais da fábrica, entre 8 e 26 de abril, com o intuito de “adequar o excedente da força de trabalho à atual demanda de mercado”. A unidade de Camaçari é a responsável, atualmente, pela produção dos modelos Ka e EcoSport, levando ao mercado 250 mil unidades por ano...

Em meio a boatos, Onyx nega demissão de Vélez: 'Presidente confia nele'

A dança das cadeiras no Ministério da Educação já resultou em 13 mudanças em cargos do alto escalão da pasta nos últimos oito dias. Entre os exonerados, estão dois ex-auxiliares do ministro Ricardo Vélez Rodríguez, cujas saídas foram impostas pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) após atritos com o escritor Olavo de Carvalho e discípulos.

O objetivo inicial de Vélez Rodríguez era reformular a cúpula do MEC para destravar ações e reduzir o peso da vigilância ideológica, o que atingiu seguidores de Olavo. As demissões desencadearam uma crise que fragilizou a própria permanência do ministro no cargo. Nesta sexta-feira (15), Vélez foi chamado mais uma vez ao Palácio do Planalto. Já é a terceira vez na semana...

Para conter crise, Bolsonaro esperava que Bebianno pedisse demissão

O ministro Onyx Lorenzoni, chefe da Casa Civil, atribuiu ao pouco tempo de governo a nova crise aberta pelas denúncias contra o ministro Gustavo Bebianno (Secretaria-Geral) e a reação do filho do presidente, Carlos Bolsonaro, nas redes sociais nesta quarta-feira (13). Carlos escreveu que Bebianno mentiu ao dizer que falou três vezes com o presidente, Jair Bolsonaro, na terça-feira (12), expondo o desgaste do auxiliar presidencial com a família Bolsonaro.

Bebianno está no centro de uma crise envolvendo suspeitas de corrupção no partido do presidente, do PSL. Reportagens da Folha de S.Paulo mostraram que o PSL repassou valores relevantes a candidatos laranjas nos últimos dias de campanha. Bebianno teria ordenado os repasses, inclusive para uma ex-assessora, que recebeu R$ 250 mil...

Sindicato da Policia Civil de Pernambuco realizará ato contra demissão de Áureo Cisneiros, entidade denuncia perseguição

Num ato contra a demissão do policial civil de Pernambuco, Áureo Cisneiros, são esperados mais de 200 policiais civis de todo o Brasil protestando no Recife, segundo informações do Sindicato dos Policiais Civis, o qual Áureo é presidente. O ato acontecerá na quinta-feira (7), no Centro da capital pernambucana. Segundo o Sinpol-PE, o protesto é contra a demissão do seu presidente e contra "as perseguições políticas" sofridas por Áureo e demais diretores da entidade.

O sindicato ressalta que Cisneiros está enfrentando ameaça de demissão "simplesmente por exercer suas atividades sindicais, denunciando que a falta de condições de trabalho a que os policiais civis de Pernambuco estavam submetidos redundaria em uma grave crise da segurança pública do Estado". Desde o ano passado que o Sinpol e o seu presidente fazem atos contra a possível demissão de Áureo Cisneiros, já tendo realizado caminhadas e assembleias. Até abril de 2018, Cisneiros acumulava 12 Processos Administrativos Disciplinares (PADs), além de um criminal...

Demissão: Padre Antônio acusa forma desumana e anticristã usada pelo Bispo de Petrolina

O padre Antonio Moreno, agora na condição de ex-diretor do Colégio Dom Bosco de Petrolina, demitido do cargo por determinação do atual Bispo Diocesano, Francisco Canindé Palhano através de uma carta, lamentou "a forma desumana, anticristã de como foi produzido o processo da saída da direção do Colégio que possui 95 anos de fundação". 

"Intempestiva e em um periodo de conclusão  do ano letivo. Sair assim de forma intempestiva foge aos critérios e práticas evangélicas. Repudiamos veementemente essa falta de respeito humano e fraterno, sem nenhuma conversa ou entendimento prévio, quase às 18 horas, sem tempo para dizer sequer um muito obrigado aos colaboradores", acusou Padre Antonio...

Ato contra demissão por participar de ato contra privatização da Chesf

Nesta segunda-feira (17), servidores da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) fazem um de protesto contra a demissão de um dirigente do Sindicato dos Urbanitários de Pernambuco (Sindurb-PE) pela participação em um ato contra a privatização da estatal. A demissão ocorreu na na última quarta-feira (12). 

Segundo informações do Sindurb, Gerson Francisco dos Santos Junior foi desligado após a instauração de um Processo de Sindicância para apurar sua conduta. Segundo a direção da empresa, ele protestou contra o processo de venda do setor elétrico, ao lado de vários outros funcionários, na festa de aniversário da Chesf, o que teria ferido as normas internas da companhia. ..

Eletrobrás vai reabrir plano de demissão de funcionários

A Eletrobras vai reabrir o Plano de Demissão Consensual (PDC) neste segundo semestre. O presidente da companhia, Wilson Ferreira Júnior, disse que na primeira etapa houve a adesão de 736 empregados, avaliada por ele como baixa diante da expectativa de alcançar entre 2500 a 3000 profissionais do quadro da empresa.

Segundo o presidente, esse efetivo é para fazer frente a uma saída de pessoas da área administrativa, resultado de programas desenvolvidos para organização interna, incluindo a redução de cargos que tinham funções semelhantes. “Isso explica um pouco porque foi menos. Um motivador das pessoas sair é não ter o que fazer, hoje elas têm o que fazer, na medida em que se for implantando [os programas] vai ficando mais claro para as pessoas e se faz a opção. Por isso, estamos esperando uma segunda janela neste segundo semestre”, disse...

Pressionado pelo alto preço dos combustíveis Pedro Parente pede demissão da Petrobras

Pedro Parente pediu demissão da presidência da Petrobras nesta sexta-feira. O pedido foi formalizado hoje, de acordo com a empresa. Ao longo do dia, o conselho de administração da petrolífera controlada pelo governo brasileiro vai analisar a possibilidade de nomear um presidente interino. Parente tinha contrato com a Petrobras até março de 2019. 

Em dois anos à frente da Petrobras, Parente liderou uma reestruturação da companhia que incluiu a renegociação da sua dívida e uma nova política de preços, com ajustes até diários da gasolina e do diesel, acompanhando a flutuação do petróleo no mercado exterior. Essa estratégia foi bastante criticada durante a greve dos caminhoneiros na semana passada, que levou o governo Michel Temer (PMDB) a suspender os reajustes do diesel por 60 dias, com compensação para a petroleira...

Presidente da Juazeirense comunica demissão do técnico Zaluar

Presidente da Juazeirense, o Deputado Estadual Roberto Carlos comunicou o desligamento do técnico Zaluar e do preparador físico Carlo Flávio.  A decisão foi tomada na tarde desta quinta-feira (19) após uma reunião com o próprio treinador em Juazeiro. Auxiliar técnico fixo do clube, Alcir Silva assume interinamente a equipe para a partida deste domingo diante do ABC, em Natal, pela segunda rodada da Série C.

Roberto Carlos aproveita para agradecer o trabalho de Zaluar, que comandou a equipe em 13 partidas, sendo 11 pelo campeonato Baiano, uma pela Série C e a última delas ontem, no empate em  1x1 com o Salgueiro, pela partida de ida da pré-Copa do Nordeste 2019. “Foi um treinador que ajudou muito a Juazeirense neste período, mas entendemos que era momento de estabelecer uma mudança na equipe. Agradecemos pelo profissionalismo e toda a ajuda que Zaluar nos deu neste período. Vamos buscar um novo treinador e queremos anunciar o mais rápido possível”, destaca o presidente Roberto Carlos...

Eletrobras lança Plano de Demissão Consensual e quer desligar 3 mil funcionários, medida atinge Chesf

A Eletrobras lançou hoje (26) seu Plano de Demissão Consensual (PDC) , que tem como meta o desligamento de três mil funcionários em todas as empresas da holding e economia anual de R$ 890 milhões. Uma das iniciativas previstas no plano diretor de negócios da estatal para o período 2018 a 2022, o Plano de Demissão Consensual será implantado simultaneamente na holding e nas empresas Centro de Pesquisas de Energia Elétrica (Cepel), Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (CGTEE), Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), Eletronuclear, Eletronorte, Amazonas GT, Eletrosul e Furnas.

O plano teve aprovação da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest) e a adesão dos empregados ocorrerá até o dia 27 de abril, com oito turmas de desligamentos, no período de 30 de maio a 14 de dezembro deste ano. Segundo comunicado da Eletrobras, são elegíveis ao PDC empregados que tenham, no mínimo, 10 anos de vínculo empregatício com a empresa, no momento do desligamento, considerando o limite de 14/12/2018; ou anistiados e reintegrados à empresa por meio da Comissão Especial Interministerial de Anistia – Lei nº 8.878/1994 (neste caso não há exigência de tempo mínimo de empresa)...

Delegados querem demissão de Segovia do comando da PF

Após as declarações do diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, sobre a tendêncio aa arquivamento do inquérito contra presidente Michel Temer, no processo sobre os portos, delegados da Polícia Federal pressionam a associação nacional da categoria a pedir em público o afastamento de Segovia. De acordo com os delegados, pela segunda vez, Segovia apontou fragilidades num inquérito sobre o presidente Michel Temer.

Em novembro, quando assumiu a função, Segovia disse que a mala de dinheiro entregue por um diretor da JBS ao ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor de Temer, era insuficiente como prova de corrupção...

Ministro do Trabalho pede demissão ao presidente Michel Temer

O Diário Oficial da União deverá publicar na próxima sexta-feira (29) a demissão do ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira (PTB-RS), que deixa o cargo para tentar reeleição como deputado federal. A saída da pasta, segundo o jornal O Estado de S. Paulo, foi pedida pelo parlamentar ao presidente Michel Temer nesta quarta-feira (27). No lugar dele, Temer vai nomear o deputado Pedro Fernandes (PTB-MA), que não participará dos pleitos do ano que vem. ..

Eletrobras espera adesão de 3 mil servidores a plano de demissão voluntária

Cotada para ser privatizada pelo governo de Michel Temer, a Eletrobras vai investir R$ 20 bilhões até 2022 e espera economizar quase R$ 1 bilhão na folha de pagamento se 3 mil funcionários aderirem ao plano de demissão. As informações estão no Plano Diretor de Negócios e Gestão (PDNG) para os próximos cinco anos, que foi divulgado nesta segunda-feira (18/10), em fato relevante ao mercado e aos acionistas.

No documento, a companhia afirmou que prevê investimentos nos segmentos de geração, transmissão, distribuição, infraestrutura e sociedades de propósito específico (SPEs), que somam R$ 19,75 bilhões. Só os investimentos em negócios da própria Eletrobras devem chegar a R$ 14,2 bilhões. Com geração de energia, o plano prevê R$ 5,1 bilhões; e com transmissão, R$ 7,2 bilhões. Para investimentos em SPEs, a projeção é investir R$ 5,5 bilhões...

Misael Neto foi exonerado da 6ª Superintendência da Codevasf

O Superintendente da 6ª Superintendência Regional da CODEVASF, Misael Neto já foi exonerado do cargo e a publicação foi veiculada na página oficial da entidade.

Na publicação, datada de ontem (19), o presidente da CODEVASF, Antonio Avelino Rocha de Neiva, “no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 30 do Estatuto da Empresa, aprovado pela Assembleia Geral Extraordinária, de 8 de agosto de 2017, decide: Exonerar, a partir de 20 de dezembro de 2017, Misael Aguilar Silva Neto, do cargo em comissão”, publicou...

Carlos Neiva pede desligamento da Prefeitura de Juazeiro e diz: Sempre acreditei que há o tempo certo para tudo na vida

" Tudo tem a sua ocasião própria, e há tempo para todo propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou..." Eclesiastes 3:1-8.

Na vida temos que cumprir ciclos, viver buscando fazer o melhor por onde passarmos e sair da melhor forma possível levando consigo só as boas lembranças, as amizades construídas e a certeza do dever cumprido...

Demissão: professores de Petrolina ameaçam novo protesto na sexta-feira (15)

Em contato com este Blog, os professores contratados que atuam nas escolas municipais de Petrolina , informaram que vão protestar mais uma vez e será amanhã sexta-feira (15), em frente ao prédio da prefeitura. A hora não foi informada. O objetivo do protesto, segundo os manifestantes, é "alertar o Prefeito de Petrolina para os prejuízos das demissões que devem ocorrer até o final desde ano e início de 2018".

No início deste mês os professores realizaram uma paralisação e a vereadora Cristina Costa (PT), recebeu cópias de contratos dos servidores, além de um áudio que alardeia sobre a demissão dos professores, que seria provocada pelo prefeito Miguel Coelho até janeiro de 2018. ..

Antônio Imbassahy pede demissão e abre espaço para reforma ministerial

O ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, Antônio Imbassahy, pediu demissão nesta sexta-feira (8). A carta foi entregue por ele mesmo a Michel Temer por volta das 16h (horário de Brasília), em São Paulo, e o pedido foi aceito. O nome do substituto de Imbassahy ainda não foi divulgado.

"Fazer parte do seu governo foi, para mim, uma honra. Atuar na articulação política em um período de radicalização pós-impeachment, com uma grande fragmentação partidária, em meio a enormes dificuldades econômicas e fiscais, representou um grande desafio", escreveu ele na carta...

Professores contratados protestam em Petrolina motivados pela demissão em massa a partir de 2018

Mais uma vez professores da Rede Municipal de Educação, protestaram em frente ao Centro Administrativo de Petrolina. A informação de uma poosível  “demissão em massa” dos servidores contratos temporariamente, a partir deste mês de dezembro foi o motivo do protesto. ..

Ministro Bruno Araújo, do PSDB, entrega carta de demissão a Temer

Programada para ocorrer até o próximo dia 9 de dezembro, data de início da convenção do PSDB, o desembarque tucano do governo teve início nesta segunda-feira (13). Segundo a jornalista Cristina Lôbo, do Grupo Globo, o ministro das Cidades, Bruno Araújo, acaba de enviar carta de demissão a Michel Temer.
 
A expectativa é que os outros três ministros tucanos do governo façam o mesmo nos próximos dias. São eles: Antonio Imbassaby (Secretaria de Governo), Aloysio Nunes Ferreira (Relações Exteriores) e Luislinda Valois (Direitos Humanos). Com a saída dos tucanos e diante da demanda de sua base, o presidente deve anunciar uma reforma ministerial também nos próximos dias. ..

Prefeitura Petrolina envia nota esclarecendo sobre protesto contra demissão dos professores

Os professores que prestam serviços para a prefeitura de Petrolina, realizaram na sexta-feira (13), um protesto para que os contratos sejam renovados. o protesto foi realizado em frente a Prefeitura.  Os professores justificaram a manifestação dizendo que "existe uma ameaça de demissão e por isto eles resolveram antecicpar o problema para que o prefeito tome uma providência".

A prefeitura enviou uma resposta sobre contrato temporário de professores da rede municipal. Reproduzimos na integra: ..