RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 98 registros para a palavra: datafolha

DATAFOLHA PERNAMBUCO: GOVERNADOR TEM 72%

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), está com toda a pompa no seu estado, segundo a pesquisa do Datafolha. A diferença que já era elástica em relação aos adversários ficou ainda maior. O candidato à reeleição  passou de 67% para 72% das intenções de votos. Enquanto isso, Jarbas Vasconcelos (PMDB) caiu de 20% para 15%. O resultado é mais do que suficiente para que o atual gestor garanta a vitória no primeiro turno. ..

DATAFOLHA: WAGNER CAI PARA 48 % E CÉSAR E LÍDICE EMPATADOS NA FRENTE

Segundo a pesquisa de intenção de votos do Datafolha, o percentual do governador Jaques Wagner  (PT) caiu para 48% das preferências. O petista tinha 53% no levantamento aterior.  O postulante do DEM, Paulo Souto, apresentou uma alta de cinco pontos e chegou aos 21%. Geddel Vieira Lima (PMDB) também oscilou positivamente. O peemedebista tinha 11% e agora tem 12%. Mesmo com a queda do petista, a eleição seria definida em primeiro turno com vitória de JW. Luiz Bassuma (PV) tem 2%,  Marcos Mendes (PSOL) aparece com 1%. Sandro Santa Barbara (PCB) e Professor Carlos (PSTU) não atingiram 1%. Pelo menos 11% dos eleitores estão indecisos.

..

Marina sobe e Dilma cai, segundo pesquisa do Datafolha

“Começou a derrota da arrogância de quem achava que o jogo já estava ganho antes mesmo de terminar”, afiirmou o deputado federal e líder da bancada do Partido Verde na Câmara, Edson Duarte,  comentando sobre a última pesquisa do Instituto Datafolha, divulgada nesta quarta-feira (22) pelo Jornal Nacional, da Rede Globo.

A enquete aponta queda nos índices da candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, que viu sua vantagem para o rival do PSDB, José Serra, cair de 24 para 21 pontos. Já a candidata do Partido Verde na disputa, Marina Silva, subiu de 11% para 13%. Uma mudança de 5 pontos percentuais em uma semana...

Datafolha: ACM Neto lidera intenção de votos para Câmara

O instituto Datafolha fez um levantamento sobre a intenção de votos para a Câmara dos Deputados. Lidera o ranking da Bahia o deputado federal ACM Neto (DEM), que aparece com 2% das intenções de voto. Em segundo, está o deputado Mário Negromonte (PP) com 1% e, em terceiro, o deputado José Rocha (PR) também com 1%. ..

DATAFOLHA: TIRIRICA SERÁ O MAIS VOTADO DO PAÍS

Segundo uma pesquisa do instituto Datafolha, o palhaço Tiririca (PR) seria o deputado federal mais votado de todo o país. A análise mostra que ele é o preferido de 3% dos eleitores em São Paulo, o que significa 900 mil votos. O humorista venceria políticos tradicionais como Paulo Maluf (PP), que na eleição passada foi mais votado do país com 739 mil. Em termos absolutos, em toda a história só perderia para Enéas Carneiro, morto em 2007, que nas eleições de 2002 foi anotado na urna por 1,5 milhão de eleitores. A votação de Lula em 1986 também será superada – 650 mil. ..

Disputa pelo Senado na Bahia tem três candidatos empatados no Datafolha

A menos de 15 dias das eleições, a disputa por duas vagas baianas no Senado está indefinida e ainda mais acirrada, mostra o Datafolha. Segundo pesquisa realizada nos dias 13 e 14, Cesar Borges (PR), com 29%, Lídice da Mata (PSB), com 28%, e Walter Pinheiro (PT), com 27%, estão tecnicamente empatados em primeiro lugar. Na pesquisa anterior, de 9 de setembro, os índices eram 31%, 28% e 26%, respectivamente, já caracterizando o empate técnico.

A margem de erro do levantamento é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. José Ronaldo (DEM) oscilou um ponto para cima e agora tem 11%. Edvaldo Brito (PTB) tem seu índice inalterado em 9%, e Joé Carlos Aleluia (DEM), que tinha chegado a 11% na pesquisa anterior, volta a 7%. Entre os eleitores baianos, 15% afirmam votar em branco para uma das vagas, e 10% para as duas. Estão indecisos quanto a um voto 34%, e 24% ainda não decidiriam nenhum dos votos para o Senado...

Wagner seria reeleito no primeiro turno, diz Datafolha

Jaques Wagner, candidato do PT para o segundo mandato no governo da Bahia, seria reeleito no primeiro turno, diz pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta, 17. O candidato passou de 48% para 53% no percentual de intenções de voto. Paulo Souto (DEM), o segundo colocado e principal adversário de Wagner nestas eleições, oscilou de 18% para 16%. Geddel Vieira Lima (PMDB), o terceiro nas pesquisas, variou de 14% para 11%. A pesquisa Datafolha foi realizada nos dias 13 e 14 de setembro  e foi publicada na edição de hoje da "Folha de São Paulo". ..

Datafolha: Vantagem de Wagner sobre Paulo Souto vai a 30 pontos

O governador da Bahia Jaques Wagner (PT) abre 30 pontos de vantagem sobre Paulo Souto (DEM) e, se as eleições fossem hoje, estaria reeleito no primeiro turno. Segundo pesquisa Datafolha realizada nos dias 8 e 9, Wagner oscilou de 47% para 48% das intenções de voto, enquanto Souto caiu de 23% para 18%.

A maior queda de Souto ocorreu entre os que têm de 45 a 59 anos, passando de 34% para 20%. Em terceiro lugar aparece o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB), que oscilou positivamente três pontos e chegou a 14%. Brancos e nulos somam 5%, e 13% dos entrevistados ainda não decidiram em quem votar...

DATAFOLHA: DILMA TEM 50% E SERRA 28%

A Pesquisa Datafolha realizada nestas sexta e quinta-feira (2 e 3) em todo o país confirma a pesquisa realizada pelo instituto Ibope, divulgada nesta sexta. No levantamento publicado neste sábado, a variação em relação ao outro instituto de pesquisa é dentro da margem de erro, demonstrando estabilidade no quadro eleitoral. Na Datafolha, Dilma Rousseff (PT) oscilou de 49% para 50% em uma semana, e José Serra, que estava com 29%, tem 28%. Marina Silva (PV) está com 10%, contra 9% da semana anterior. Na Ibope, Dilma tem 51% e Serra 27%. Os que pretendem votar em branco, nulo ou nenhum são 4%. E 7% estão indecisos. Candidatos de partidos pequenos não chegam a 1%. Se a eleição fosse hoje, pelo Datafolha, a candidata do PT venceria no primeiro turno. Teria mais de 50% dos votos válidos - 56%, contra 32% de Serra. Marina vai a 11%. Os percentuais são semelhantes aos da semana passada: 55%, 33% e 10%. ..

Datafolha: Wagner consolida vantagem e venceria no primeiro turno

Pesquisa Datafolha, divulgada nesta sexta-feira (27), aponta que o governador da Bahia e candidato à reeleição, Jaques Wagner (PT), ampliou a vantagem na disputa pelo governo do estado e a chance de vencer ainda no primeiro turno. Wagner cresceu dois pontos percentuais e aparece com 47% das intenções de votos. O segundo colocado, Paulo Souto (DEM), manteve o índice de 23% e Geddel (PMDB) aparece no terceiro lugar com 11%.

Os candidatos Sandro Santa Bárbara (PCB), Bassuma (PV) e Professor Carlos (PSTU), pontuaram em 1% cada. Marcos Mendes (PSOL) foi citado na pesquisa, mas não alcançou 1% das intenções de votos. Os votos brancos somam 5%, e 12% dos entrevistados afirmaram não saber em qual candidato votar.

Realizada nos dias 23 e 24 de agosto, em 42 cidades da Bahia, a pesquisa entrevistou 1.088 eleitores. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. Contratada pela Folha, a pesquisa está registrada no TSE com o número 25.403/2010. ..

DATAFOLHA: DILMA ABRE 20 PONTOS DE SERRA

A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, registrou 49% das intenções de voto em nova pesquisa do Instituto Datafolha, divulgada nesta quinta-feira (26) – ela possuía 47% na pesquisa do dia 20. Seu principal adversário, José Serra (PSDB), ficou com apenas 29%, 20 pontos atrás da petista (teve 30% no último levantamento). Marina Silva (PV) manteve-se em 9%. Há 4% que dizem votar em branco, nulo ou em nenhum. E 8% estão indecisos. Os demais candidatos não pontuaram. Considerando apenas os votos válidos, ou seja, descontando brancos e nulos, a pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta (26) afirma que Dilma alcança 55%, o que seria suficiente para elegê-la já no primeiro turno. Serra fica com 33%, e Marina, com 10%. Na pesquisa anterior, a taxas de Dilma, Serra e Marina eram de 54%, 34% e 10%, respectivamente. ..

DATAFOLHA: DILMA ABRE VANTAGEM DE 17 PONTOS

Se a eleição fosse neste sábado (21), a candidata à Presidência da República do PT, Dilma Rousseff, seria eleita já no primeiro turno. Não bastasse os números lhe favorecendo nas últimas pesquisas, desta vez ela dobrou a vantagem sobre o seu principal opositor, o candidato do PSDB, José Serra. De acordo com a pesquisa Datafolha realizada nesta sexta-feira (20), com 2.727 entrevistados, Dilma tem 47%, contra 30% de Serra. No levantamento anterior, feito entre os dias 9 e 12, a petista estava com 41% contra 33% do tucano. A diferença de 8 pontos subiu para 17 pontos. Marina Silva (PV) oscilou negativamente um ponto e está com 9%. Os outros candidatos não pontuaram. Os que votam em branco, nulo ou nenhum são 4% e os indecisos, 8%. Nos votos válidos (em que são distribuídos proporcionalmente os dos indecisos entre os candidatos e desconsiderados brancos e nulos), Dilma vai a 54%. Ou seja, teria acima de 50% e ganharia a disputa em 3 de outubro. Os que viram o horário eleitoral alguma vez desde que começou, na terça-feira, são 34%. Entre os que assistiram a propaganda, Dilma tem 53% e Serra, 29%. A margem de erro é de dois pontos porcentuais.Com informações da Folha Online. ..

DATAFOLHA: WAGNER CONTINUA NA DIANTEIRA

Na mais recente pesquisa Datafolha divulgada, realizada de 9 a 12 e agosto, o governador Jaques Wagner (PT) confirma a liderança, com 45% das intenções de voto, frente ao concorrente Paulo Souto (DEM), que figura com 23%. O índice de Wagner é maior do que a soma de seus adversários, já que Geddel Vieira Lima (PMDB) vem em terceiro, com 10%, Bassuma (PV) tem 1%, e os demais candidatos não atingiram 1% cada. Na pesquisa anterior, Wagner tinha 44%, Paulo Souto, 23%, e Geddel, 13% Brancos e nulos somam 5%, e 14% dos entrevistados estão indecisos. A margem de erro é de três pontos percentuais. ..

Datafolha: Dilma abre 8% de vantagem sobre Serra

O Jornal Nacional divulgou nesta sexta-feira (13) a mais recente pesquisa realizada pelo Datafolha sobre a sucessão presidencial. Segundo o instituto, a candidata do PT, Dilma Rousseff, abriu 8% de vantagem sobre o candidato do PSDB José Serra, atingindo 41% contra 33% do tucano. Marina Silva (PV) aparece com 10%. Os demais candidatos a presidente não pontuaram. O Datafolha ouviu 10.856 eleitores em 382 municípios, entre os dias 9 e 12 de agosto. A margem de erro é de 2%. Dilma estaria a 3% de uma vitória no 1° turno. Em um eventual segundo turno, Dilma teria 49% contra 41% de Serra. ..

Dados do site oficial do Datafolha folha divergem do publicado por jornais baianos

A primeira pesquisa eleitoral realizada pelo Datafolha após a oficialização das candidaturas ao senado em 2010 revela que César Borges (PR) lidera a disputa com 34% das intenções de voto. Lídice (PSB), com 22% e Walter Pinheiro (PT) com 18% estão tecnicamente empatados na disputa a vaga. José Ronaldo (DEM), tem 9% das intenções de voto, Edvaldo Brito (PTB), 7%, Aleluia (DEM), 6%, Edson Duarte (PV), 4%, Carlos Sampaio (PCB), 3% e Zilmar e França, ambos do PSOL com 2% cada. Albione (PSTU) atingiu 1% das intenções de voto.

A maioria (65%) ainda não sabe em quem votar para o senado, e 28% votariam em branco ou anulariam o voto se a eleição fosse hoje. Foram ouvidos 1086 eleitores na Bahia em 51 municípios, e a margem de erro máxima para esta amostra é de 3,0 pontos percentuais para mais ou para menos.

César Borges é preferencialmente escolhido entre os eleitores de José Serra (43%), entre os simpatizantes do PSDB (49%) e entre os eleitores com nível de escolaridade médio (40%). Já Lídice tem melhor desempenho na capital (40%) e entre os que ganham mais do que cinco salários-mínimos (37%). Walter Pinheiro se destaca na capital (25%), entre os mais escolarizados (35%) e entre os simpatizantes do PSDB (31%). ..

DATAFOLHA: WAGNER 44%, GANHARIA NO 1° TURNO

Se a eleição fosse hoje, o governador Jaques Wagner (PT) seria reeleito no primeiro turno, segundo os números da pesquisa Datafolha. Wagner lidera a disputa pelo governo do estado com 44% das intenções de voto, enquanto que somados, os seus adversários alcançam 37%. De acordo com a pesquisa, o petista tem 21 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, Paulo Souto (DEM), que tem 23%. Em terceiro lugar aparece Geddel Vieira Lima (PMDB), com 12%. Os candidatos Luiz Bassuma (PV) e professor Carlos (PSTU) têm 1% cada. Marcos Mendes (PSOL) e Sandra Santa Bárbara (PCB) não pontuaram. Não opinaram 13% dos eleitores, e outros 6% disseram que votarão nulo ou em branco. Na pesquisa espontânea, na qual o entrevistador não mostra a lista de candidatos, o governador tem vantagem ainda maior sobre os oponentes. Wagner é citado por 26% dos entrevistados. Souto tem 7%, e Geddel 4%. O levantamento é o primeiro realizado pelo Datafolha depois da oficialização das candidaturas. Foi feito de terça-feira (20) a sexta (23), com 1.086 entrevistas. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com o número 51.059/2010 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 20.164/2010. ..

DATAFOLHA: SERRA VOLTA A EMPATAR COM DILMA

O candidato do PSDB, José Serra, reagiu rápido e, segundo o DataFolha divulgado nesta sexta (2), aparece em empate técnico com Dilma Rousseff, embora com um ponto à frente. Ele tem, agora, 39% das intenções de votos contra  38% da candidata petista. A pesquisa foi realizada na quinta (1) e divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo. Diz o jornal: “Depois das convenções que oficializaram suas candidaturas à Presidência e às vésperas do início oficial da campanha eleitoral, José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) estão tecnicamente empatados, segundo pesquisa Datafolha realizada ontem (1) e anteontem (30) em todo o país. O tucano tem agora 39%, contra 38% de Dilma. Marina Silva (PV) aparece com 10%. Entre os 2.658 entrevistados, 5% responderam que pretendem votar em branco ou nulo. Outros 9% disseram não saber. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O quadro mostra pouca variação em relação a 20 e 21 de maio, quando Serra e Dilma tinham 37% e Marina, 12%. Em junho, Serra concentrou aparições em programas de TV de 10 minutos do PSDB, do PTB e do PPS, partidos que o apoiam. Também teve alta exposição em propagandas curtas de rádio e TV dessas legendas. Em maio, o levantamento foi produzido após Dilma Rousseff também estrelar propagandas do PT. Em maio, 29% diziam ter visto algum comercial do tucano nos 30 dias anteriores. Agora, 50% responderam "sim" à mesma pergunta. Já em relação a Dilma, em maio 37% diziam ter lembrança de comerciais da petista nos 30 dias anteriores à pesquisa. Agora, o percentual é próximo: 34%. O PT usou vários horários regionais de sua propaganda partidária para manter Dilma em evidência em junho.Um resultado da maior exposição de Serra em junho fica evidente no levantamento espontâneo, quando os entrevistados dizem em quem pretendem votar sem ver uma lista de nomes.”

(Samuel Celestino)..

SERRA EVITA COMENTAR RESULTADO DO DATAFOLHA

Depois de divulgado o resultado da pesquisa Datafolha, que revela empate entre ele e a pré-candidata petista à Presidência da República, Dilma Rousseff, José Serra (PSDB) evitou fazer comentários. Acompanhado do pré-candidato da legenda ao governo paulista, Geraldo Alckmin, em visita ao Vale do Paraíba, no Estado de São Paulo, neste sábado (22), Serra não surpreendeu. "Não vou comentar os números", resumiu-se a dizer. Alckmin, mais acessível, comentou apenas sobre a sua campanha. Até o momento, ele lidera a preferência do eleitorado, à frente do petista Aloísio Mercadante. O candidato ao governo de São Paulo também não quis falar do resultado de Serra na pesquisa.

A pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, atingiu sua melhor marca até hoje numa pesquisa Datafolha e está empatada com José Serra (PSDB). Ambos estão com 37%. O levantamento foi realizado ontem e anteontem com 2.660 entrevistas. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Marina Silva (PV) aparece com 12%. Os que votam em branco, nulo ou em nenhum somam 5%. Indecisos são 9%. Na comparação com a última pesquisa Datafolha, realizada em 15 e 16 de abril, Dilma teve uma alta de sete pontos percentuais --de 30% para 37%. Já Serra caiu cinco pontos, saindo de 42% para os mesmos 37%. Essa é a primeira vez que ambos aparecem empatados no Datafolha, que traz outros números positivos para a petista. ..