RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 98 registros para a palavra: datafolha

Veja pesquisas Datafolha para presidente em SP, MG, RJ, RS, PR, PE e DF

Patrocínio - Eleições 2014 - Blog do Geraldo José

Pesquisas Datafolha realizadas em São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Pernambuco e Distrito Federal mostram como está a corrida à Presidência da República nas sete unidades da federação (que, juntas, abrigam quase 60% do eleitorado brasileiro). O nível de confiança de todas as pesquisas, realizadas nos dias 25 e 26 de setembro, é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro prevista. As margens de erro variam de pesquisa para pesquisa.

Em São Paulo, a diferença de Marina para os adversários diminuiu, mas a candidata do PSB segue na liderança. Já em Minas Gerais, ela está agora a dez pontos de Aécio (PSDB), que ocupa a segunda colocação, e a 17 de Dilma (PT), em primeiro. No Rio Grande do Sul, Dilma abriu larga vantagem; Marina aparece empatada com Aécio. ..

Diminuiu chance de ter 2º turno, avalia Datafolha

Patrocínio - Eleições 2014 - Blog do Geraldo José

O resultado da pesquisa Datafolha, divulgada nesta sexta-feira (26), pode representar uma mudança nos rumos das eleições de 2014. "O resultado é importante porque indica a diminuição da chance de ter segundo turno", destacou o diretor-geral do Datafolha, Mauro Paulino, em entrevista à TV Folha, após a divulgação dos novos números da pesquisa que indicam que Dilma Rousseff (PT) dobrou a vantagem sobre Marina Silva (PSB). Segundo o diretor, a pesquisa indica também que a disputa pelo segundo lugar, entre Marina Silva e Aécio Neves, tende a se acirrar nesta reta final para a eleição em primeiro turno. "A questão é saber se o tucano terá fôlego para alcançar Marina." Apesar da avaliação, Paulino reiterou que se for mantida a média de votos nulos e brancos das eleições anteriores, de 8% e 9%, e se Dilma alcançar entre 45% a 46% dos votos no primeiro turno (hoje ela tem 40% da intenções de voto), tem grande chance de fechar a eleição no primeiro turno e ser reeleita. "Se Dilma subir mais 5 a 6 pontos, liquida a fatura no primeiro turno", emendou. De acordo com ele, o Nordeste foi a região que deu maior vantagem a Dilma e, consequentemente, a perda de intenção de votos para Marina. "No Nordeste, Marina perdeu 9 pontos e Dilma cresceu 6 pontos, o que simboliza o reflexo da propaganda do medo (da campanha petista) e a preocupação dos eleitores de baixa renda dessa região, que tem mais acesso aos benefícios sociais, perderem tais conquistas caso Dilma não vença essas eleições", avaliou. A pesquisa Datafolha ouviu 11.474 eleitores em 402 municípios do Brasil. A margem de erro máxima é de dois pontos porcentuais e o nível de confiança, de 95%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-00782/2014..

Dilma tem 40%, Marina, 27%, e Aécio, 18%, aponta pesquisa Datafolha

Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (26) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Presidência da República:
- Dilma (PT): 40%
- Marina (PSB): 27%
- Aécio (PSDB): 18%
- Pastor Everaldo (PSC): 1%
- Luciana Genro (PSOL): 1%
- Eduardo Jorge (PV): 1%
- Zé Maria (PSTU): 0%*
- Rui Costa Pimenta (PCO): 0%*
- Eimael (PSDC): 0%*
-LevY Fidelix(PRTB): 0%*
- Mauro Iasi (PCB): 0%*
- Branco/nulo/nenhum: 5%
- Não sabe: 6%

No levantamento anterior do Instituto, divulgado no dia 19, Dilma tinha 37%, Marina, 30%, e Aécio, 17%.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo"...

Dilma e Marina empatam no primeiro turno, mostra Datafolha

Patrocínio - Eleições 2014 - Blog do Geraldo José

Pesquisa Datafolha sobre a corrida presidencial, divulgada nesta sexta-feira (29), indica uma situação de empate entre a presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, e a ex-senadora Marina Silva, candidata do PSB. Cada uma aparece com 34% das intenções de voto. A seguir, vem o senador Aécio Neves (PSDB), com 15%. Na pesquisa anterior do Datafolha, divulgada no último dia 18, Dilma tinha 36%, Marina, 21% e Aécio, 20%...

Dilma tem 36%, Marina, 21%, e Aécio, 20%, diz pesquisa Datafolha

Patrocínio - Eleições 2014 - Blog do Geraldo José

Pesquisa feita pelo Datafolha para o jornal "Folha de S.Paulo" divulgada na edição desta segunda-feira (18) mostra Dilma Rousseff (PT) com 36% das intenções de voto para presidente, seguida de Marina Silva (PSB), com 21%, e Aécio Neves (PSDB), com 20%. ..

DATAFOLHA FARÁ PRIMEIRA PESQUISA ELEITORAL SEM CAMPOS


 
Datafolha registrou sua nova pesquisa eleitoral sobre a disputa pela presidência, que terá resultado divulgado na segunda-feira. Na nova pesquisa, o instituto já questiona aos entrevistados sobre o futuro do PSB com a morte do candidato Eduardo Campos.
 
Entre as 22 perguntas que os 2.884 entrevistados irão responder, está a questão do que o PSB deve fazer: lançar a vice Marina Silva como cabeça de chave, não lançar nenhum candidato e se retirar da eleição ou apoiar algum dos outros presidenciáveis. O partido tem 10 dias para tomar uma decisão.

O instituto está apostando em Marina Silva como candidata. ..

Xingamentos a Dilma na Copa são reprovados por 76% dos brasileiros, aponta Datafolha

Os xingamentos dirigidos à presidente Dilma Rousseff na abertura a Copa do Mundo, no dia 12 de junho, foram reprovados por 76% da população, conforme pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (3). A pesquisa ouviu 2.857 eleitores em 177 municípios entre os dias 1º e 2 de julho e tem margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento também mediu a aprovação dos brasileiros em relação ao Mundial, que subiu de 51% para 63% em um mês. O orgulho com a realização do torneio chegou a 60%. O índice de eleitores que aprovam o governo Dilma foi de 35%. Em junho, a taxa era de 33%. O estudo apurou também a percepção da população sobre a economia do país. Segundo o levantamento, 29% acham que a situação vai piorar nos próximos meses e 30%, que o quadro vai melhorar. A pesquisa apontou ainda que 58% acham que a inflação vai subir. O estudo está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00194/2014. ..

Datafolha mostra Dilma com 38%, Aécio com 20% e Campos com 9%

Pesquisa Datafolha divulgada na noite desta quarta-feira (2) pelo jornal "Folha de S.Paulo" indica que a presidente Dilma Rousseff (PT) tem 38% das intenções de voto. O senador Aécio Neves (PSDB-MG) aparece com 20% das intenções de voto e o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), com 9%. No levantamento anterior do Datafolha, realizado no início de junho, Dilma tinha 34% das intenções de voto, Aécio, 19%, e Campos, 7%.

O percentual de entrevistados que disseram não saber em quem votar ou que não responderam passou de 13% para 11% entre a pesquisa de junho e a deste mês. Brancos e nulos eram 17% e agora são 13%. O quarto colocado, pastor Everaldo (PSC), se manteve com 4% das intenções de voto, mesmo índice da pesquisa de junho...

Lula deveria ser candidato do PT, dizem 58% no Datafolha

Pesquisa Datafolha apontou 58% dos entrevistados indicando que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deveria ser o candidato do PT à Presidência. Apenas 19% disseram que Dilma deveria ser a candidata da legenda, 5% disseram que nenhum dos dois e 18% não responderam. Considerando somente aqueles que declararam preferência pelo partido, o porcentual que acha que Lula deveria ser o candidato sobe para 75% e 23% dizem que a atual presidente deve ser o nome do PT. O desejo do eleitorado por mudanças continuou em alta, chegando a 74% – era de 72% em abril.

O ex-presidente Lula é o que aparece como mais preparado para realizar as mudanças, apontado por 38% dos eleitores consultados. Há um mês, Lula era apontado por 32% do eleitorado como apto para fazer as mudanças. Já Dilma foi citada como preparada para conduzir o processo de mudanças por 15%. Nessa estatística, ela tinha 16% há um mês e 19% em fevereiro. Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) evoluíram na questão. Passaram de fevereiro para cá, respectivamente, de 10% para 19% e de 5% para 10%...

Aécio sobe 4 pontos e chance de Dilma vencer no 1º turno diminui, aponta Datafolha

A chance de a presidente Dilma Rousseff se reeleger em primeiro turno na eleição de outubro diminuiu, aponta pesquisa Datafolha, realizada nos dias 7 e 8 deste mês, em 174 municípios. A petista tem 37% das intenções de voto, enquanto os outros candidatos, juntos, somam 38%. Como a margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais, a situação registrada é de empate técnico. Em segundo lugar, o senador tucano Aécio Neves foi o presidenciável que contabilizou o maior ganho. Está com 20% das intenções de voto. No começo de abril, o percentual registrado foi de 16%. O terceiro colocado é Eduardo Campos (PSB), que apresenta 11% – tinha 10% em abril e 9% em fevereiro. O presidente do PSB é conhecido muito bem ou um pouco por 25% dos eleitores. Essa taxa é de 86% para Dilma e de 42% para Aécio. De acordo com a pesquisa, 16% dos entrevistados disseram que votariam hoje em branco, nulo ou em nenhum dos candidatos. Outros 8% afirmaram que ainda estão indecisos. ..

Aprovação de Dilma cai de 57% para 30% em três semanas, diz Datafolha

A popularidade da presidente Dilma Rousseff sofreu uma queda expressiva nas últimas três semanas, após as manifestações que ocorreram no país, informa uma pesquisa realizada pelo Datafolha e divulgada neste sábado. A pesquisa, publicada no jornal Folha de São Paulo, mostra que 30 por cento dos brasileiros consideram a gestão de Dilma boa ou ótima, contra um percentual de 57 por cento alcançado na sondagem anterior, divulgada na primeira semana de junho.

Em março, melhor momento da presidente, o índice chegava a 65 por cento. Segundo o Datafolha, a perda de popularidade é a maior para um presidente entre uma pesquisa e outra desde o plano econômico do ex-presidente Fernando Collor de Mello, que confiscou a poupança dos brasileiros em 1990. Naquela ocasião, a popularidade caiu de 71 por cento para 36 por cento--35 pontos--entre março e junho. O grupo de brasileiros que avalia a administração de Dilma como ruim ou péssima somou 25 por cento, ante 9 por cento na avaliação anterior do Datafolha...

Haddad festeja números do Datafolha

Os tucano José Serra e o petista Fernando Haddad usaram falas e imagens do debate ocorrido na quinta-feira (18) para compor o programa eleitoral de ontem na TV. O programa do PSDB aproveitou para relembrar a atuação de Serra como governador e o que fez pelo transporte público de SP, focando o metrô como projeto principal. Fora isso, questões muito discutidas ontem no debate também foram novamente exploradas, como o programa Mãe Paulistana e acessibilidade.

O petista Haddad foi à mesma linha. Usou falas e imagens do debate para criar o programa eleitoral desta sexta.  Ele insistiu na questão de que Serra vive num mundo que não existe, pois uma coisa é a retórica e outra, a execução. Usou sua gestão como ministro da Educação para expor as mudanças que fez na área e cobrou o rival de atitudes nesse setor...

Governo Dilma é ótimo ou bom para 62% dos eleitores, diz Datafolha

O governo Dilma é classificado como ótimo ou bom por 62% dos eleitores, de acordo com pesquisa Datafolha feita no dia 9 de agosto. A taxa é dois pontos percentuais menor do que o recorde em abril. A administração de Dilma é regular para 30% dos eleitores e 7% acham ela ruim ou péssima. A pesquisa foi publicada no jornal “Folha de S.Paulo” desta terça-feira. O Datafolha ouviu 2.562 pessoas com 16 anos ou mais em 159 municípios. A margem de erro é de 2 pontos. O instituto perguntou sobre a administração de Dilma para pessoas que dizem conhecer o julgamento do mensalão, no Supremo Tribunal Federal, ou não. Entre os que dizem ter tomado conhecimento do julgamento, o governo é aprovado por 62%. No grupo dos que ignoram o julgamento, a aprovação é quase a mesma, 63%.  ..

DATAFOLHA: DILMA TEM 47% DE APROVAÇÃO

Com o ex-presidente Lula fora da cena política, a sua sucessora, Dilma Rousseff, conseguiu manter bons índices de popularidade na avaliação do Governo. Segundo pesquisa Datafolha divulgada pelo jornal ‘Folha de S.Paulo’, 47% dos brasileiros afirmaram que o governo de Dilma é ótimo ou bom. Dentre os entrevistados, 34% consideram o governo regular. Outros 12% não souberam opinar a respeito da gestão da presidente, e apenas 7% consideram o governo ruim ou péssimo. Foram ouvidas 3.767 pessoas em 179 municípios. No início do seu segundo mandato, Lula teve 48% de avaliação positiva – em 2003, a aprovação do petista era de 43%. Para os entrevistados, os mais favorecidos no governo Dilma são os políticos (23%), seguidos dos trabalhadores (17%), da indústria (14%) e dos bancos (13%). Lula, em 2003, parecia favorecer, na opinião dos entrevistados, os trabalhadores (31%), a agricultura (20%) e os políticos (13%). ..

Eduardo Campos é o governador mais bem avaliado do país, diz Datafolha

De acordo com o instituto, a nota média atribuída a Campos pelos moradores de Pernambuco foi de 8,4. É a maior nota obtida por ele desde novembro de 2007. Na rodada anterior, em julho, ele marcou 7,7. O pernambucano, que também é presidente do PSB, também alcançou a maior taxa de aprovação (ótimo e bom), com 80%. Em julho, esse índice era de 62%. O ranking do Datafolha usa como critério a nota média de cada governador numa escala de zero a dez. O critério de desempate é o índice de popularidade, que avalia percentuais de aprovação e reprovação.

Em segundo lugar na lista aparece outro governador reeleito, no primeiro turno, pelo PSB, o cearense Cid Gomes. Ele conquistou 61,27% dos votos nas eleições. Gomes teve nota média de 7,6 e aprovação de 65%...

Pesquisa do Datafolha aponta Dilma sete pontos acima de Serra

A primeira pesquisa de intenções de voto realizada durante o segundo turno da campanha presidencial mostra a candidata do PT, Dilma Rousseff, com vantagem de sete pontos porcentuais sobre o seu adversário na disputa, José Serra (PSDB). O mais recente levantamento realizado pelo Datafolha, a ser divulgado pelo jornal "Folha de S. Paulo" deste domingo, mostra a petista com 48% das intenções de voto, enquanto o tucano figura com 41%.

A última mostra do instituto, divulgada no dia 2, apontava Dilma com 52% e Serra com 40% em um cenário de segundo turno. A pesquisa foi encomendada pela Rede Globo e pela Folha de S. Paulo. O porcentual de votos brancos e nulos somou 4% e o dos eleitores que não sabem ou não responderam em quem vão votar ficou em 7%. A pesquisa Datafolha foi realizada no dia 8 de outubro e ouviu 3.265 eleitores em 201 cidades. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o protocolo número 35.114/2010...

Jaques Wagner deve se reeleger na Bahia com 58% dos votos válidos, diz Datafolha

O governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), é o favorito para se reeleger hoje, com 58% dos votos válidos. Ele oscilou positivamente um ponto em relação à pesquisa anterior, feita no início da semana. O segundo, o ex-governador Paulo Souto (DEM), manteve os 21% dos votos válidos. Geddel Vieira Lima (PMDB) oscilou negativamente um ponto e ficou com 16% dos válidos.

Bassuma (PV) aparece em quarto lugar, com 3% dos votos válidos, seguido por Marcos Mendes (PSOL) e Professor Carlos (PSTU), com 1% cada um. Sandro Santa Bárbara (PCB) foi citado, mas não alcançou 1%. Na contagem dos votos válidos, brancos e nulos são descartados. O Tribunal Superior Eleitoral divulga os resultados em relação aos votos válidos.

Levando-se em conta o total de votos, sem excluir os brancos e nulos, Wagner lidera com 52% das intenções de voto, seguido de Souto, com 19%, e Geddel, com 14%. Segundo o Datafolha, 4% dos entrevistados disseram que vão votar em branco ou anular o voto, e 7% afirmaram que não sabem em quem vão votar para o governo da Bahia...

Dilma tem 47%, Serra, 28%, e Marina, 14%, aponta Datafolha

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (30) mostra a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, com 47% das intenções de voto. O candidato do PSDB, José Serra, aparece com 28%, e Marina Silva, do PV, tem 14%, segundo o levantamento, encomendado pela TV Globo em parceria com o jornal "Folha de S.Paulo". Em relação à pesquisa anterior, realizada na segunda-feira (27), Dilma oscilou um ponto para cima;  Serra e Marina mantiveram os percentuais registrados anteriormente.

Considerando a margem de erro da pesquisa, de dois pontos percentuais para mais ou para menos, Dilma pode ter de 45% a 49%, Serra, de 26% a 30%, e Marina, de 12% a 16%. De acordo com a pesquisa, brancos e nulos somaram 3%, e indecisos, 6%. Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) obteve 1%. Dentre os outros candidatos – Eymael (PSDC), Ivan Pinheiro (PCB), Levy Fidelix (PRTB), Rui Costa Pimenta ( PCO) e Zé Maria (PSTU) –, nenhum atingiu 1% das intenções de voto, mas juntos eles alcançaram 1%...

DATAFOLHA: AUMENTA A CHANCE DE HAVER 2° TURNO

Nova pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (28), a seis dias da eleição, aponta que a soma dos demais candidatos à Presidência está apenas 2 pontos menor que a intenção de votos obtida pela petista Dilma Rousseff. Desta forma, é grande a chance de haver segundo turno na corrida presidencial. O levantamento, que foi às ruas nesta segunda-feira, aponta que Dilma perde votos em todos os estratos da população. Considerados apenas os votos validos, como calcula o TSE, Dilma perdeu 3% nos últimos cinco dias (54% para 51%). O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, oscilou positivamente, de 31% para 32%. Marina Silva, do PV, também cresceu, para 16%, ante os 14% que tinha na última pesquisa, realizada entre os dias 21 e 22 de setembro. ..

Resultado do Datafolha reflete insatisfação com Wagner

A queda de Jaques Wagner na pesquisa Datafolha foi antecipada para Paulo Souto pela população de Amélia Rodrigues. O candidato ao governo estadual pela coligação “A Bahia Merece Mais” (DEM/PSDB) estava, ontem (23/09), à noite, na cidade, onde eram comuns as queixas de populares insatisfeitos com o atual governador.

“Um governante que cria tantas expectativas no povo e passa todo o mandato sem fazer nada, só propaganda, não pode ter outro destino senão o fracasso eleitoral”, disse Souto, que hoje continua o corpo a corpo pelo interior em Cipó, Ribeira do Pombal, Cícero Dantas, Antas, Jeremoabo e Paulo Afonso.

A revolta com o atual governo é generalizada em Amélia Rodrigues. “Wagner chegou aqui prometendo meio mundo de empregos, mas não trouxe nada para cá. Por que prometer se sabe que não vai fazer? Pra que mentir?”, indagou, lembrando o título de um velho sucesso de Noel Rosa, o amélia-rodriguense Adaílton Santos. “O povo de Amélia Rodrigues não dará mais votos a esse governador mentiroso que é Wagner”, protestou o líder político Marcos Paim. “Ele mentiu para o povo e está condenado”, sentenciou o autônomo Carlos da Costa.

De acordo com o vereador Pneu, o candidato petista à reeleição visitou o município durante a campanha municipal, em 2008, e prometeu gerar três mil empregos na localidade. “Mas, depois da eleição do candidato dele, o atual prefeito Toinho, do PT, Wagner não trouxe sequer um emprego para cá”, afirmou o vereador.

Para Paulo Souto, a população de Amélia Rodrigues é uma prova de que “os baianos estão abrindo os olhos para derrotar um governo incapaz de honrar os compromissos que assumiu com a Bahia”. Souto afirmou que, se eleito, continuará lutando para trazer indústrias para o estado. “Agora está mais fácil para atrair empresas porque o País está crescendo. Se essas empresas não vieram é porque o atual governador não gosta de trabalhar e de gerar emprego e renda para a população da Bahia”.

O ex-prefeito Paulo Falcão acredita em Paulo Souto. “Ele foi um grande governador para Amélia Rodrigues porque não prometeu. Ele fez. Aqui ele construiu mais de 300 casas, trouxe três unidades do Programa Saúde da Família (PSF), asfaltou a estrada de São Bento, trouxe a água da Pedra do Cavalo, que foi o maior investimento que este município já teve de um governador, fez a obra do Areal e Camucurso, construindo 135 casas, 80 sanitários, 46 mil metros de pavimentação, um centro comunitário e uma quadra poliesportiva”...