RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 553 registros para a palavra: comunidades

Prefeito de Petrolina visita comunidades beneficiadas com a regularização fundiária

Nesta quinta-feira (05), o Prefeito de Petrolina, Julio Lossio, realizou uma visita nas comunidades Santa Luzia, São Joaquim, São Jorge e Terras do Sul, acompanhado por lideranças comunitárias e pelo secretariado municipal. O prefeito foi até as comunidades para conversar com os moradores que lutavam há mais de 15 anos pela regularização dos terrenos.

Nas comunidades, as pessoas interromperam suas atividades para agradecer ao prefeito, que tem trabalhado pela regularização fundiária no município, e decretou a área habitada por eles como uma área de interesse social, através de uma ação de desapropriação ingressada pelo município de Petrolina, cuja decisão judicial saiu na última segunda-feira (02), concedendo a emissão de posse em favor do município. Essa ação foi possível uma vez que o município fez o depósito prévio do valor para garantir a posse dos terrenos e, assim, manter todas as famílias no local. ..

Integração Nacional constrói mapas sociais em comunidades reassentadas pelo Projeto São Francisco

Técnicos do Projeto de Integração do Rio São Francisco com Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional realizaram nesta quarta-feira (27/04), uma oficina de construção de Mapas Sociais com os moradores da Vila Produtiva Rural Captação, localizada em Cabrobó. Facilitada pela equipe de Educação Ambiental do Projeto São Francisco, a construção do mapa tem como objetivo realizar o arranjo social das comunidades, privilegiando seus conhecimentos tradicionais e a diversidade de suas expressões culturais visando eliminar conflitos de convivência.

Este tipo de atividade, além de respeitar as particularidades de cada comunidade, faz com que as mesmas repensem desde a sua organização social, até as formas de ocupação da terra e os modos de produção, levando à busca de alternativas viáveis para a sua sustentabilidade e capacidade de autogerenciamento. “O Mapa Social impulsiona a criação de políticas públicas coerentes com as necessidades das comunidades, as quais, a partir do reconhecimento de seu próprio território, poderão evidenciar os pontos fortes e minimizar as suas fraquezas por meio da criação de modelos apropriados de gestão coletiva”, explica Juliete Oliveira, técnica do Programa de Educação Ambiental do Projeto São Francisco. As Vilas Pilões e Negreiros, do município de Salgueiro, receberão a oficina nos dias 11 e 24 de maio, respectivamente. Baixio dos Grandes, em Cabrobó, e Uri, em Salgueiro, já realizaram a atividade.

MÉTODOS E TÉCNICAS - As famílias reassentadas recebem apoio antes, durante e após as transferências para as Vilas Produtivas Rurais. Na etapa de transferência, são realizadas atividades de sensibilização junto aos novos moradores, ajudando-os a adotar ou aperfeiçoar as boas práticas intradomiciliares, a exemplo da separação do lixo, o uso racional da água e energia elétrica. Após as transferências, além de capacitações, as famílias têm a oportunidade de participar da construção dos Mapas Sociais, O processo leva em consideração, sobretudo, a valorização e resgate de sua história, de forma a apontar e conceber soluções coletivas para uma vida mais sustentável, dessa vez nas Vilas Produtivas Rurais...

Deputado Gonzaga Patriota visita comunidades do interior de Lagoa Grande e Parabeniza Prefeita Rose Garziera

No último sábado (23) o deputado Gonzaga Patriota visitou as comunidades de São Mateus e Salinas no município de Lagoa Grande. O parlamentar estava acompanhado pela prefeita Rose Garziera e sua equipe.

Em reunião realizada na residência do produtor Dogito, a prefeita aproveitou a oportunidade para entregar ao deputado, um abaixo assinado com mais de duas mil assinaturas organizada pela comunidade de Jutaí e região, onde os moradores reivindicam a instalação de uma torre da operadora TIM, para solucionar o problema da falta de comunicação nas comunidades rurais onde segundo os próprios moradores, tem causado muitos transtornos à população...

Comunidades terapêuticas que tratam viciados em drogas reagem a restrições governamentais

As restrições governamentais estabelecidas à atuação das comunidades terapêuticas, especialmente ao viés religioso inserido em suas ações, foram criticadas, ontem (20), em audiência pública da Subcomissão Temporária de Políticas Sociais sobre Dependentes Químicos de Álcool, "Crack" e Outras Drogas. Os protestos foram puxados pelo frei Hans Heinrich Stapel, fundador da Fazenda da Esperança, sediada em Guaratinguetá (SP), que contestou a suposta tentativa do governo de transformar essas unidades de tratamento em "hospitais". 

- É um absurdo a exigência de termos a assistência de um médico a cada dez dias. Eu acho que só devemos chamá-lo quando houver alguém doente. Mais de 20 mil pessoas já passaram pela Fazenda da Esperança. Eu quero ser respeitado com tudo o que nós fazemos. É preciso trabalhar juntos [governo e comunidades], e não estar um contra o outro - declarou...

Cultivo do maracacujá da caatinga apresenta vantagens para comunidades extrativistas

O maracujá da caatinga, também conhecido como maracujá-do-mato, é uma fruta nativa das áreas secas do Semiárido. De sabor agradável e resistente a longos períodos de estiagem, tem sido indicada por pesquisadores como uma opção de cultivo para desenvolvimento de uma fruticultura de sequeiro na região. O pesquisador da Embrapa, José Egídio Flori, afirma que a cultura não exige agrotóxicos, é resistente a muitas doenças que atacam o maracujá amarelo (tradicional), e é muito rica em vitamina C e potássio. Na sua avaliação, o mercado já está pagando um bom preço pelo maracujá-do-mato, principalmente quando se considera que não é preciso muito investimento para sua produção.  

Na comunidade de Serra Grande, interior de Curaçá – BA, 15 famílias acompanhadas pela Cooperativa Agropecuária Familiar dos municípios de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc) já estão cultivando maracujá da caatinga. O plantio ocorre nas mesmas áreas onde as famílias mantem as roças de feijão, milho e mandioca. Esse trabalho teve inicio quando o Irpaa iniciou nessa região, as primeiras discussões sobre as alternativas de geração de renda familiar a partir das frutas da caatinga. A experiência dessas famílias que, além do plantio, beneficiam e exportam o maracujá da caatinga, agregando mais valor ao produto e gerando alternativa de renda, confirma a previsão da Embrapa que acredita na potencialidade do cultivo desta variedade do maracujá nas áreas de sequeiro, algo que já ocorre com mais força com relação ao umbu, por exemplo.  ..

Comunidades de Sento Sé cultivam e aproveitam plantas forrageiras para alimentação dos caprinos

A partir das atividades que o Projeto Recaatingamento vem realizando na comunidade de Fartura, zona rural de Sento Sé, muitas famílias caprinocultoras agora conhecem melhor o potencial das plantas da caatinga e algumas espécies exóticas que podem ser usadas para alimentação do rebanho.

Com as primeiras chuvas nos meses de dezembro e janeiro, os produtores deram início ao plantio de sementes distribuídas pelo projeto, como o sorgo, leucena e gliricídia. Estas plantas, além de ricas em proteínas para os animais, algumas se destacam como fonte de nitrogênio para o solo, a exemplo da gliricídia.

O criador José Rodrigues, por exemplo, é um dos moradores da comunidade que tem participado ativamente das ações do Projeto Recaatingamento – desenvolvido pelo Irpaa com o patrocínio da Petrobras – e com isso passou a utilizar melhor sua propriedade, apostando no plantio do sorgo que, em breve, estará fornecendo grãos e palhas (folhas) para alimentação animal. O sorgo é uma planta que tem boa resistência à estiagem e na propriedade de S. José tem sido plantada consorciada com outras culturas...

Prefeito Isaac Carvalho entrega iluminação pública a comunidades de Sanharol e Manoel Joaquim

O prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho, participou no último domingo (27), juntamente com o secretário de Serviços Públicos, Aurélio Cavalcante, da solenidade de instalação de 26 braços de Iluminação Pública e energia elétrica, nas comunidades de Sanharol e Manoel Joaquim, dentro do Programa Luz Para Todos, do Governo Federal. As comunidades pertencem ao Distrito de Abóbora. 

Com a presença do representante do comitê gestor do Luz Para Todos, Marcelo Barreto, a solenidade foi seguida de muita comemoração pela comunidade. Há cerca de 12 anos a comunidade solicita a instalação de energia elétrica e iluminação pública. “Agora ta bom demais. Nós vamos poder ter uma geladeira, uma televisão. Mais conforto. Além disso, a gente ainda pode ter uma forrageira elétrica e colocar até mesmo um comércio”, declara um emocionado José Francisco Sousa Filho, ou simplesmente Seu Miúdo, morador da comunidade do Sanharol...

Vídeo mostra comunidades que serão submergidas por barragem no Vale

 

Depois de viajar quase dois mil quilômetros, filmando as comunidades que serão atingidas pela barragem de Riacho Seco, que será construída no Vale do São Francisco, os jornalistas Ricardo Alves e Wllyssys Wolfgang, apresentam o resultado das gravações no próximo sábado (12), às 18h30, no anfiteatro “Canto de Tudo” da Universidade do Estado da Bahia (Uneb). A exibição é aberta a toda a comunidade.

O vídeo, intitulado “No Caminho das Águas: uma viagem às comunidades que serão atingidas pela Barragem de Riacho Seco,” tem cerca de 30 minutos de duração e é o resultado do trabalho de conclusão de curso dos jornalistas, orientado pela professora mestre Macelle Khouri e apresentado no formato de grande reportagem de TV. O nome faz alusão às comunidades que serão submergidas e ao percurso feito pela equipe durante as filmagens...

Codevasf atende comunidades rurais na Bahia

O Catavento está mudando a paisagem e a vida de comunidades rurais localizadas em dez municípios na região norte da Bahia. Em 2008, depois de um trabalho de cadastramento de poços tubulares já perfurados, e que não eram aproveitados pela população local, a Codevasf iniciou um processo para montagem de sistemas simplificados de abastecimento de água para beneficiar as comunidades rurais de dez municípios da área de abrangência da 6ª superintendência regional, sediada em Juazeiro (BA).

Ao todo serão instaladas 107 estações de bombeamento. Os municípios beneficiados são Abaré, Casa Nova, Chorrochó, Curaçá, Glória, Juazeiro, Paulo Afonso, Rodelas, Sento Sé e Sobradinho. As estações vão atender em média oito famílias por poço, dependendo da localidade. Em Curaçá foram instaladas 27 estações simplificadas, que vão levar água para 270 famílias. Em Juazeiro 12 estações já foram concluídas. Em Sento Sé 16 estão sendo executadas e 4 já foram concluídas. Em Sobradinho os trabalhos já foram encerrados, e as benfeitorias entregues à população...

Novas comunidades de Petrolina recebem coleta domiciliar

Atendendo às necessidades dos moradores da cidade, mais comunidades, receberão o serviço de coleta domiciliar do lixo. Dessa vez, receberão os benefícios, o Sítio São João e o Loteamento Vale Dourado. Aprovado pela Secretaria de Infraestrutura do município, a atividade beneficiará centenas de pessoas nas duas comunidades que ainda se estruturam devido ao pouco tempo de existência.

“Como são comunidades novas, estamos preocupados em oferecer boa estrutura e qualidade de vida às famílias desses locais. Por isso, atendendo à determinação do prefeito Julio Lossio, indiquei uma visita das nossas equipes ao Sítio São João e ao Loteamento Vale Dourado, solicitando a atuação da empresa prestadora do serviço nos locais. Agora, essas famílias também terão acesso à qualidade de vida”, reforçou o Secretário de Infraestrutura, Ricardo Rocha. No Sítio São João, a coleta beneficiará 30 famílias, que recebem a equipe todas as quartas-feiras. No Loteamento Vale Dourado, todas as cinco ruas serão atendidas às terças, quintas e sábados. ..

Comunidades da zona rural adiam protesto contra fechamento de escolas em Petrolina

Inconformadas com o fechamento das escolas José Fernandes Coelho e Prof. Ricardo Rodrigues de Miranda na zona rural de Petrolina, as comunidades da Vila Roçado, Caatinguinha e adjacências tinham anunciado mobilização para esta quinta-feira (03), em frente à Escola José Fernandes Coelho, na estrada da Tapera para reivindicar a administração municipal, a reabertura das mesmas, que juntas atendiam mais de 500 alunos da educação infantil ao ensino fundamental.

A Secretária de Educação de Petrolina, Célia Regina Carvalho esteve na comunidade rural da Vila Roçado, em Petrolina, no final da tarde desta quarta-feira (02), na tentativa de justificar o fechamento das escolas que juntas atendiam mais de 500 alunos. Reunida com docentes, pais de alunos e a comunidade em geral, a secretária agendou uma reunião com o prefeito Julio Lóssio, para próxima segunda, dia 07. A comunidade resolveu aguardar o encontro e suspendeu temporariamente a manifestação prevista para esta quinta-feira, dia 03 de fevereiro..

A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Petrolina está acompanhando a indignação  e mobilizações de docentes, alunos e pais das escolas da zona rural e garante que vai lutar para que todas elas continuem com suas atividades. “Estamos recebendo várias denúncias de fechamentos de escolas na zona rural do município e vamos fazer um levantamento para verificar essa situação. O acesso à educação deve ser prioridade em qualquer gestão e vamos lutar para garantir esse direito, que deve ser ampliado e não reduzido”, declarou o presidente do STR Petrolina, José Tenório dos Santos...

Comunidades envolvidas em projetos do Irpaa conhecem práticas de Convivência com o Semiárido em Uauá

Comunidades envolvidas em projetos do Irpaa conhecem práticas de Convivência com o Semiárido em Uauá

Conhecer a experiência com beneficiamento de frutas e leite realizada há seis anos pela Cooperativa de Agricultores Familiares de Canudos, Uauá e Curaçá – COOPERCUC foi o principal objetivo do Seminário sobre Cooperativismo, Autogestão e Sustentabilidade realizado em Uauá com a participação de 45 agricultores e agricultoras, dentre estes alguns jovens, de sete municípios do Território Sertão do São Francisco.

A atividade aconteceu nos dias 25 e 26 e é resultado de uma parceria entre os projeto ATER – Assessoria Técnica e Extensão Rural e Projeto Recaatingamento, ambos desenvolvidos pelo Irpaa em comunidades rurais dos municípios de Juazeiro, Sobradinho, Sento Sé, Casa Nova, Curaçá, Canudos e Uauá.
 
A programação teve início com visita a Unidade de Beneficiamento da comunidade de Serra Grande que fica na divisa dos municípios de Curaçá e Uauá. O grupo conheceu também a minifábrica de laticínio situada no povoado de Testa Branca, a 18 Km da sede de Uauá. O histórico da cooperativa, as principais dificuldades, as conquistas e as expectativas para os próximos anos foram os principais destaques nas falas das/os cooperados que receberam o grupo nas unidades de beneficiamento. Além disso, uma palestra sobre administração e auto-gestão encerrou a atividade.
 
A COOPERCUC hoje é um exemplo de que o extrativismo sustentável dos produtos da caatinga é uma importante forma de garantir uma complementação na renda familiar e assim viabilizar a permanência das famílias em suas comunidades. Hoje a cooperativa exporta seus produtos para países como Itália, França e Áustria, além da comercialização no mercado nacional, sendo que 50% da produção é vendida para a Companhia Nacional de Abastecimento – CONAB e Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE.
 
Das mini-fábricas saem doces, sucos, compotas e geleias de umbu, maracujá amarelo e maracuja da caatinga, manga, goiaba e banana, sendo o umbu responsável por 60% das frutas orgânicas processadas. Atualmente a compota de picles do xilopódio do umbuzeiro (raiz ou batata do Umbuzeiro), usado como aperitivo, é o mais novo derivado do umbu produzido pela cooperativa e que tem tido uma boa aceitação no mercado. A calda para cobertura de sorvete, feita a partir do suco concentrado e do doce cremoso do umbu, também está sendo experimentada está sendo consumido e avaliado em um impório em São Paulo e, de acordo com o atual presidente da cooperativa, Adilson Ribeiro, em breve estará sendo produzido em maior quantidade para comercialização.
 
A COOPERCUC foi escolhida na primeira etapa de seleção para fornecimento de alimentos para a Copa de 2014, aguardando apenas uma segunda etapa que, para o ex-presidente Jussemar Cordeiro, certamente será aprovada.
..

Equipes do Programa Tudo Limpo continuam serviços nas comunidades de Petrolina

A Secretaria de Infraestrutura continua com as equipes do Programa Tudo Limpo nas ruas de Petrolina, trabalhando na manutenção da limpeza dos canais. No entanto, na quarta-feira (26), após as chuvas da última madrugada, o problema de acúmulo de lixo repetiu a cena de alagamento nas bordas do canal no bairro Pedro Raimundo. 

O Secretário de Infraestrutura, Ricardo Rocha, esteve no local verificando a situação e já providenciou uma pá mecânica para auxiliar os trabalhadores na desobstrução da área coberta. A equipe está no bairro desde o inicio da semana, atuando na limpeza do canal. “Um grande problema que enfrentamos é que, diariamente, as equipes estão nas comunidades para assegurar a limpeza pública e dos canais, mas, ao mesmo tempo, muito lixo é jogado nesses locais”, reforçou o Secretário.  ..

“COMUNIDADES VIRTUAIS” CRITICAM GOVERNO ISAAC CARVALHO PELA NÃO REALIZAÇÃO DO CARNAVAL ESTE ANO

Assim que o blog postou a matéria do prefeito Isaac Carvalho (PCdoB) anunciando na tarde de terça-feira (25) a não realização do carnaval de Juazeiro este ano, choveu de comentários, a grande maioria protestando contra a decisão que considera unilateral, ou seja, sem ouvir a sociedade. A postagem continua “bombando”. Veja o print:

A informação rapidamente ganhou reações diversas na internet e até comunidades, (geralmente constituídas por jovens), foram criadas condenando a decisão do prefeito municipal...

Projeto Recaatingamento incentiva produção agroextrativista e cooperativismo nas comunidades rurais do Território Sertão do São Francisco

Começou ontem e prossegue até esta quarta-feira (26) o seminário “Cooperativismo, Autogestão e Sustentabilidade”, promovido pelo Irpaa, através do projeto Recaatingamento, patrocinado pela Petrobras. O Seminário teve início com a recepção dos participantes no Centro de Treinamento Vargem da Cruz, em Juazeiro, na segunda-feira. Hoje, acompanhado da equipe do Irpaa, o grupo seguiu para Uauá, onde aconteceu o seminário e visitas às Unidades de Beneficiamento no município. As visitas tem por objetivo mostrar as experiências de produção e processamento de frutas e leite nas minifábricas da COOPERCUC – Cooperativa de Pequenos Produtores Rurais de Curaçá, Uauá e Canudos. 

O público do evento constitui-se de agricultores e agricultoras de sete comunidades dos municípios de Juazeiro, Sobradinho, Casa Nova, Sento Sé, Curaçá, Canudos e Uauá, todos no Território Sertão do São Francisco, onde o Recaatingamento atua. Haverá participação em maior quantidade de moradores do povoado de Curral Novo, distrito de Massaroca, em Juazeiro, onde será iniciada no mês de fevereiro a construção de uma minifábrica de beneficiamento através do Projeto. ..

PERFURAÇÃO E INSTALAÇÃO DE POÇOS PARA AS COMUNIDADES RURAIS DE UAUÁ

As comunidades rurais de Queimadas dos Padeiros, Poço do Vieira, Sítio dos Loiolas Caldeirãozinho, Beldroega e Poronhêm estão recebendo sete poços tubulares instalados, que servirão à toda população. Os moradores dessas localidades receberam as aguadas com muita alegria, tudo porque s obras eram um antigo sonho de cada comunidade. Há de se ressaltar a luta de cada associação e o empenho dos seus legítimos representantes.

A conquista das ações é resultados também da luta do prefeito Jorge Lôbo, que por mediação do deputado José Carlos Aleluia, conseguiu junto a CODEVASF a perfuração desses poços para as comunidades rurais de Uauá...

Campeonato de Futebol Copa Sertão Petrolina promete integrar comunidades rurais

Integrar as comunidades rurais e estimular a prática de esportes no  interior do município. Com este objetivo será oficialmente aberta a 2ª edição do Campeonato de futebol de Copa Sertão Petrolina, neste domingo, dia 19, a partir da 9 horas da manhã, na Comunidade de Cruz de Salinas, onde serão realizadas todas as partidas até fevereiro de 2011.

O campeonato reúne as equipes de Atalho, Cruz de Salinas, Uruás, Boa Vista (Emparedados), Salinas II, Assentamento Lindolpho Silva, Milênio Transportes e a campeã do ano passado, Bom Jardim. A primeira rodada será composta por quatro jogos: os times de Salinas II X Os meninos do Lindolpho e Atalho X Bom Jardim se enfrentam pelo grupo A. Pelo grupo B, a disputa será entre as equipes de Uruás X Emparedados e Cruz de Salinas X Milênio Transportes.

No ano passado o evento foi realizado com êxito total. As rodadas movimentaram a comunidade rural e reunia cerca de 300 pessoas por partida. Nesta edição serão premiadas as equipes da 1ª a 4ª colocação. O 2º Campeonato de Futebol Copa Sertão Petrolina é uma realização de Josenildo Alencar (Nildinho)...

Construções e limpezas de aguadas movimentam comunidades de Uauá e Sobradinho

Atividades de construção e limpeza de aguadas, a maioria tipo “Caxios”, uma espécie de tanque estreito e profundo mobilizam comunidades rurais do interior de Uauá e Sobradinho. Trabalhando em mutirão as comunidades estão empenhadas na garantia dessas fontes de água para os animais e para cultivos de hortas e fruteiras nativas. As ações fazem parte do projeto “Aguadas” que na região, é gerenciado pelo Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada – IRPAA, e atende também os municípios de Juazeiro, Sento-Sé, Curaçá e Jaguarari e Uauá, beneficiando mais de 400 famílias rurais.

O projeto, financiado através do Instituto de Gestão das Águas e Clima, do Governo do Estado da Bahia, pretende contribuir para melhoria da qualidade de vida nas comunidades retomando e aperfeiçoando tecnologias de captação e retenção das águas das chuvas.

Em Uauá, 25 construções de barreiros e limpezas de aguadas já contemplaram comunidades como: Boa Vista, Quixaba, Caldeirão da Serra, Caldeirãozinho, Várzea da Água. O mesmo ocorre em Sobradinho, onde a construção de 14 barreiros e a realização de 11 limpezas animam as comunidades do Tatauí, Santa Tereza, São João, Santa Maria, Canaã, Campo Alegre e Serra Verde...

Projeto Aguadas prepara comunidades rurais para a convivência com a seca

Cerca de 170 comunidades da região de Vitória da Conquista estão recebendo equipamentos para captação e armazenamento de água de chuva com o propósito de garantir água para dessedentação animal e produção de hortas e alimentos nas próximas estiagens. A implantação de tecnologias simples e de baixo custo vem sendo realizada desde março deste ano pelo Cedasb – Centro de Convivência Agroecológico do Sudoeste da Bahia em parceria com o Ingá – Instituto de Gestão das Águas e Clima (autarquia da Sema – Secretaria de Meio Ambiente), através do projeto Aguadas. 

Construções de barreiros-trincheira e bombas d´água populares são soluções que estão sendo encontradas através do diálogo entre o Estado e a sociedade para tornar possível a convivência da população com a seca. Segundo o Plano de Ação Nacional de Combate à Desertificação e Mitigação dos Efeitos da Seca, cerca de 86,8% do território baiano (490 mil km2) se encontra em área suscetível à desertificação.

Experiência-piloto, o projeto Aguadas está acontecendo simultaneamente em 69 municípios de 16 Territórios de Identidade, cobrindo toda a extensão do Semiárido. O projeto faz parte das ações do Plano Estadual de Combate à Desertificação (PAE-BA), que tem sido construído com a participação direta da sociedade. Em 2010, aconteceram oficinas em Guanambi, Irecê, Paulo Afonso e Juazeiro, regiões que reúnem os 52 municípios mais vulneráveis ao processo de desertificação na Bahia, segundo estudos realizados pela UEFS – Universidade Estadual de Feira de Santana, com o apoio do Ingá...

Comunidades bonfinenses recebem “orelhões”

Por determinação da Agência Nacional de Telecomunicações – ANATEL, quatro localidades da zona rural de Senhor do Bonfim acabam de ser contempladas com telefones de uso público – TUP ou “orelhões” como são popularmente conhecidos: Cazumba I, Lagoa do Peixe, Quebra Facão, assim como o PSF do distrito de Missão do Sahy. Nas três primeiras, os equipamentos já se encontram em pleno funcionamento; na última, aguarda-se ainda a instalação do aparelho, o que deverá ocorrer nos próximos dias.

A ação da ANATEL atende a um pleito do prefeito Paulo Machado, apresentado em agosto de 2009, em que o Chefe do Executivo Municipal propunha a implantação de telefones públicos em diversas localidades do município bonfinense.

Quanto às localidades que não foram atendidas, por falta de enquadramento no atual perfil exigido pelo órgão de comunicação, a Agência informou, através da gerente Irani Cardoso da Silva, que se encontra em fase de análise, um plano de meta de universalização para atendimento a localidades com menos de cem habitantes, o que abre possibilidades para que num futuro próximo muitas comunidades do nosso município possam ser servidas com sistema de telefonia pública. ..