RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 7 registros para a palavra: cheias

Após invasão de pessoas para tirar fotos das cheias na Usina Hidrelétrica de Sobradinho, Chesf anuncia reforço na fiscalização

Para impedir o acesso às suas áreas de segurança, a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) reforçou o efetivo de fiscalização e vigilância em todas as suas usinas hidrelétricas. Esta semana, foram feitos aditivos em contratos para evitar que pessoas invadam áreas restritas.

Por conta da cheia no Rio São Francisco, algumas pessoas invadiram áreas com risco de morte, para tirar fotos na Usina Hidrelétrica de Sobradinho (BA). Antes desse acontecimento, a Diretoria da Chesf já havia decidido pelo reforço na fiscalização, inclusive com uso de helicóptero, em Paulo Afonso (BA), e parceria com forças de segurança...

CBHSF coloca em funcionamento Sala de Monitoramento de Cheias do Rio São Francisco

Diante da condição de cheia na Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, foi aberta essa semana a operação da Sala de Monitoramento de Cheias do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CHSF), na cidade de Petrolina (PE).

O objetivo é monitorar o processo de cheias na bacia, com foco na região fisiográfica do Submédio e alertar o poder público dos municípios e população ribeirinha sobre os possíveis impactos...

Cenário da Ilha do Rodeadouro muda com cheia do Rio São Francisco. Água avança com aumento da vazão da barragem Sobradinho

A ilha do Rodeadouro continua dando sinais da cheia do Rio São Francisco.  Nesta sexta-feira (14), A REDEGN acompanha a evolução da cheia. A água sobe a cada minuto tornando o cenário do local completamente diferente. Várias barracas que estão instaladas na calha do rio agora tem o espaço ocupadas pelas águas que aumentam. 

A Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) anunciou o aumento da vazão da água da barragem do Sobradinho desde a última quarta-feira (12). O objetivo é liberar mais água por causa das cheias no rio São Francisco e isto vem provocando mudanças na vida e também no cotidiano dos comerciantes, a exemplo da Ilha do Rodeadouro que sobrevivem do turismo local...

Agência Nacional de Águas faz esclarecimentos sobre a operação dos reservatórios do São Francisco para Controle de Cheias em 2022

Em função das precipitações elevadas observadas desde o início de 2022 e principalmente das altas vazões naturais afluentes ao reservatório de Três Marias, a bacia do rio São Francisco se encontra em condição de cheia, com seus reservatórios operando para controle de cheias.

Nesta circunstância, as condições de operação estabelecidas pela Resolução ANA n° 2.081/2017 e pela Resolução ANA n° 111/2021 ficam suspensas, conforme estabelecido respectivamente pelos seus artigos 19 e 12, devendo ser seguidas as Regras de Controle de Cheias – Bacia do Rio São Francisco, estabelecidas pelo ONS...

Principais barragens da Bahia recuperam volume útil

As chuvas ocorridas nos últimos meses na Bahia promoveram a recarga de reservatórios importantes para a garantia da segurança hídrica da população baiana.

Os principais reservatórios do estado estão operando com volume útil em condições satisfatórias para alimentar os mais diversos sistemas de abastecimento de água operados pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) e pela Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb), empresas vinculadas à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS)...

Sol e Chuva: Quase metade dos municípios decretou emergência ou calamidade de 2003 a 2016

Entre os anos de 2003 e 2016, praticamente metade dos 5.570 municípios do país foi obrigada a decretar, pelo menos uma vez em sete anos diferentes, situação de emergência ou estado de calamidade pública em virtude de secas e estiagens. De acordo com o relatório pleno de Conjuntura dos Recursos Hídricos no Brasil 2017, divulgado nesta segunda (4) pela Agência Nacional de Águas (ANA), do total de cidades afetadas por longos períodos sem chuva, 1.794 são da Região Nordeste.

No mesmo período, de acordo com o relatório, 48 milhões de pessoas foram afetadas por secas (duradoura) ou estiagens (passageiras) no Brasil. Ao todo, foram registrados 4.824 eventos de seca com danos humanos. Somente no ano passado, 18 milhões de habitantes do país foram afetados por fenômenos climáticos que provocaram escassez hídrica. Desse total, 84% viviam na Região Nordeste. Ainda conforme o relatório, o Nordeste registrou 83% dos 5.154 eventos de secas registrados no país entre os anos de 2003 e 2016, que prejudicam a oferta de água para abastecimento público, geração hidrelétrica, irrigação, produção industrial e navegação...

Petrolina: Defesa Civil alerta para período de cheias no Rio

Com o objetivo de minimizar os impactos naturais e de garantir a integridade e a segurança dos cidadãos de Petrolina, Juazeiro e demais localidades do Vale do São Francisco, o Comitê Gestor de Defesa Civil Petrolinense informa que poderá ocorrer aumento da vazão proveniente da barragem de Sobradinho/Ba, em vários trechos que são banhados por esta hidrelétrica.
Segundo o secretário de Defesa Civil, Cel. Daniel Ferreira, a iniciativa é da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), e visa garantir os níveis de segurança das barragens, em função do acréscimo pluviométrico característico do período de chuvas que se inicia.

De acordo com a Superintendência de Operação e Contrato de Transmissão de Energia (SOC), durante o último período chuvoso ocorreram vazões que permitiram o armazenamento máximo nos reservatórios de Três Marias, Sobradinho e Itaparica, nos números de 77,5%, 78,8% e 97,6%, respectivamente. Em conseqüência disso, a prática de abertura das comportas das barragens, em consonância com o período úmido, que se inicia em dezembro e vai até abril do próximo ano, torna indispensável o cuidado de todos os moradores para com os possíveis impactos da elevação de vazões.

Para o Cel. Daniel, o procedimento adotado pela CHESF de apenas praticar aumento de valores de descargas de modo gradual, a partir de regras operativas pré-estabelecidas, contribui para que a elaboração de medidas preventivas seja mais eficiente. “É importante tomarmos conhecimento prévio para melhor agirmos, mas, de toda forma, o controle de cheias, exercido pelos reservatórios, é limitado, por conseqüência disso, deve ser evitada a ocupação de áreas situadas nas planícies de inundação”, orienta. ..