RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 71 registros para a palavra: cesta basica

Pesquisa aponta aumento no custo da cesta básica em Petrolina/PE e Juazeiro/BA

A Faculdade de Petrolina - Facape divulgou o boletim da cesta básica do mês de abril em comparação com o mês de março. A pesquisa do Colegiado de Economia da Facape aponta que houve aumento no preço da cesta básica na região, em Juazeiro o aumento foi de 3,26% e de 2,52%, em Petrolina.

O trabalhador do Vale do Francisco que recebeu um salário mínimo, gastou 42,6% da renda com a compra de produtos da cesta básica...

Pesquisa da Facape aponta aumento do preço da cesta básica em Juazeiro, e redução em Petrolina

A Faculdade de Petrolina (Facape) divulgou o boletim da cesta básica do mês de março. A pesquisa do Colegiado de Economia da Facape aponta redução de preço em comparado ao mês de fevereiro. O valor da cesta na cidade pernambucana é de R$ 498,72. Já em Juazeiro, é de R$ 504,97.

Em relação ao mês anterior, houve inflação de 2,95% do preço em Juazeiro e queda de 0,53% em Petrolina. Segundo o coordenador da pesquisa, professor doutor João Ricardo Lima, o aumento da concorrência e a oferta provocada pelas lojas de atacarejo, contribuem para a mudança nos preços. Na cidade baiana, os preços dos alimentos acumulam alta de 22,38%, já na pernambucana, o acumulado é de 15,03%...

Pesquisa da Facape aponta que alimentos estão mais caros em Juazeiro do que em Petrolina

Pesquisa do custo da cesta básica realizado pelo colegiado de Economia da Faculdade de Petrolina (Facape), aponta que índice mais caro na cidade baiana de Juazeiro, que no município pernambucano. O levantamento foi divulgado nesta segunda-feira (7).

O custo da cesta básica em Juazeiro foi de R$ 498,40, enquanto em Petrolina foi de R$ 497,45. A pesquisa comparou os dados dos últimos  12 meses e constatou que alimentos acumulam alta de 21,17% em Juazeiro. No mesmo período, o percentual foi  de 12,95% em Petrolina. O boletim observou ainda que o aumento de preços em Juazeiro chegou a 7,29% comparando ao mês de dezembro de 2021. Em Petrolina o aumente foi menor, 2,40%...

Facape aponta redução de preços do arroz e da banana na região

O boletim da cesta básica do mês de dezembro aponta que o valor em Petrolina persiste sendo maior, comparado Juazeiro. De acordo com a pesquisa da Faculdade de Petrolina (Facape), realizada pelo Colegiado de Economia, o custo foi de R$ 464,52 na cidade baiana, e de R$ 485,77 no município pernambucano.

Em relação ao mês anterior, houve um aumento de 0,89% no preço em Juazeiro, e de 0,76% em Petrolina. Considerando as informações das duas cidades agregadas, a inflação no período foi de 0,82%, sendo observado os últimos 12 meses que os alimentos acumularam alta de 12,33% na cidade baiana, e de 10,64% na pernambucana, consistindo o fim do ano de 2021 com alta dos alimentos na casa de 2 dígitos...

Pesquisa destaca aumento de mais de 2% no custo da cesta básica em Petrolina, e de quase 4% em Juazeiro

O boletim da cesta básica do mês de novembro do Colegiado de Economia da Faculdade de Petrolina (Facape), divulgado hoje (8), mostra que o custo da cesta básica em Juazeiro de foi de R$ 460,41 e de R$ R$ 482,11 em Petrolina. Portanto, a cidade pernambucana ainda registra o maior custo para alimentos que são de uso básico na mesa do consumidor brasileiro.

Apesar disso, em comparação com o mês de outubro o aumento foi de 3,69% em Juazeiro, enquanto que em Petrolina o aumento foi de 2,01%. Considerando as informações das duas cidades agregadas, a inflação no período foi de 2,82%...

Puxados por frango e ovo, preços de produtos da ceia de Natal sobem até 27%

A ceia de Natal deste ano terá um peso maior no bolso do consumidor. Isso porque os alimentos que compõem a cesta natalina estão mais caros em relação ao ano passado.

O frango inteiro, um dos alimentos mais procurados nesta época do ano, foi o que mais subiu e teve alta de 27,34% no preço. Em seguida aparece o ovo, normalmente usado nas saladas, que aumentou 20%...

Cesta Básica: café foi o principal vilão nos preços dos alimentos em 2021, diz pesquisa

A pesquisa mensal do custo da cesta básica realizada pela Faculdade de Petrolina (Facape), através do Colegiado de Economia, constatou que o café acumula a maior alta entre todos os produtos. A pesquisa também indica aumento de 5,41% no custo da cesta em Juazeiro-BA e de 1,68% em Petrolina-PE.

"Isso se deu devido a baixa oferta do produto por causa da geada que ocorreu no final de julho, somado com a crise hídrica que causou problemas na oferta nacional e como os preços internacionais estão elevados, os preços acabaram subindo bastante", explicou o coordenador da pesquisa, João Ricardo Lima, sobre o a alta no café...

Carne, óleo, leite e açúcar foram os vilões da cesta básica em agosto; em Petrolina, alimentos acumulam alta de quase 30%

A Faculdade de Petrolina divulgou o boletim da cesta básica do mês de agosto. A pesquisa do Colegiado de Economia da FACAPE, aponta um custo maior em Petrolina, comparado a Juazeiro. Enquando a cesta básica está custando R$ 476,32 na cidade pernambucana, no lado baiano, o valor é de R$ 412,50.

Segundo a pesquisa, Juazeiro também foi a cidade que mais reduziu os preços em relação ao mês de julho, com uma baixa de -3,08%, enquanto em Petrolina essa queda foi de -0,4%, gerando a deflação no período de -1,47%...

Pesquisa Facape: variação de preços da cesta básica pode chegar a 200% entre Petrolina e Juazeiro

A Faculdade de Petrolina - Facape, divulgou pesquisa do custo da cesta básica referente ao mês de julho. Segundo pesquisa realizada pelo Colegiado de economia, o custo da cesta básica em Juazeiro/BA foi de R$ 425,60 e, em Petrolina/PE foi de R$ 476,49. Sobre o comportamento em relação ao mês anterior, na cidade baiana houve redução de preços de 0,63% e na cidade vizinha o aumento foi de 2,12%. Considerando as informações das duas cidades a inflação no período foi de 0,80%.

Nos últimos 11 meses os alimentos acumulam alta de 16,85% em Juazeiro e 29,91% em Petrolina. Nas duas cidades praticamente todos os itens que compõe a cesta básica tem valores acumulados positivo, ou seja, apresentam aumento de preços durante esses meses com destaque para carne, arroz, farinha, banana, óleo de soja, feijão, leite e açúcar...

Facape aponta queda no preço da cesta básica no Vale do São Francisco em junho

O colegiado de Economia da Faculdade de Petrolina - FACAPE, através da pesquisa mensal do Custo da Cesta Básica,  comparou os valores da alimentação familiar durante os meses de maio e junho de 2021.

Foi observada uma deflação, como é chamada a queda da inflação nos produtos, de -1,21% no Vale do São Francisco. Sendo que desse total, a redução foi de -0,18% em Petrolina-PE e de -2,31% em Juazeiro-BA...

Facape  aponta aumento de 4,62% na cesta básica em Petrolina no mês de maio

No mês de maio os alimentos que compõem a cesta básica, ficaram 4,62% mais caros, de acordo com a pesquisa da Faculdade de Petrolina – Facape.

Segundo o Colegiado de Economia, o valor chegou a R$ 467,42 em maio em Petrolina-PE. O aumento foi maior que na cidade vizinha, Juazeiro-BA, onde a inflação ficou de 4,21% e a cesta básica custando R$ 438,46...

Custo da cesta básica apresentou inflação de 4,62% no mês de maio em Petrolina

O custo da cesta básica apresentou inflação de 4,62% no mês de maio em comparação ao mês de abril em Petrolina. Foi o que apontou a pesquisa realizada pelo Colegiado de Economia da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape).

O estudo indicou também que nos últimos 9 meses do ano, os alimentos acumulam alta de 27,97%. O preço estimado da cesta básica ficou em R$ 467,42 no mês passado. De acordo com a pesquisa, os itens que demonstraram maior aumento foram o tomate (29,50% ), margarina (4,98%) e carne (4,37%)...

Cesta básica mais cara em Petrolina: Médica dá dicas de como substituir o arroz e o feijão por alimentos com mesmo valor nutricional

Uma pesquisa feita pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), calculou o aumento dos 10 principais alimentos que compõem o famoso "prato feito" brasileiro em 12 meses.

O resultado da pesquisa não poderia ser diferente do que a gente vem observando todas as vezes que vamos ao mercado: alimentos como arroz, feijão, carne estão em média 23% mais caros se comparados com o ano passado. A pesquisa considera as variações até março de 2021...

Cesta básica custa cerca 40% de um salário mínimo segundo pesquisa da Facape

A Faculdade de Petrolina-Facape, fechou a pesquisa do custo da cesta básica comparando os preços do mês abril de 2021 com o de março do mesmo ano. Neste boletim os resultados mostram que o custo da cesta básica instituída foi de R$420,73 em Juazeiro e de R$ 446,78 em Petrolina/PE.

Sobre o comportamento em relação a março o custo na cidade pernambucana é maior com 3,81% em relação a cidade vizinha com 3,42%. O colegiado de economia da Facape que coordena a pesquisa, observou que nos últimos 8 meses do ano, os alimentos acumularam alta de 15,58% em Juazeiro/BA e 23,25% em Petrolina/PE...

Boletim do Custo da Cesta Básica de Abril de 2021, realizado pelo Colegiado de Economia da FACAPE

Os resultados mostram que o custo da Cesta Básica em Juazeiro/BA foi de R$ 420,73 e, em Petrolina/PE, foi de R$ 446,78. Assim, o custo na cidade pernambucana é maior do que na baiana.

Sobre o comportamento em relação à março, este foi de aumento de preços nas duas cidades, sendo 3,42% em Juazeiro/BA e de 3,81% em Petrolina/PE. Observando os últimos 8 meses do ano, em Juazeiro/BA os alimentos acumulam alta de 15,58%...

Carne, arroz, farinha, banana, óleo de soja, feijão, leite e açúcar são destaques no aumento do preço da cesta básica, aponta pesquisa da Facape

A pesquisa sobre o valor da cesta básica, realizada pelo Colegiado de Economia da Faculdade de Petrolina – Facape, comparou o mês de março de 2021 e fevereiro de 2021.

Os resultados mostram que o custo da cesta básica em Juazeiro – BA foi de R$ 406,81 (quatrocentos e seis reais e oitenta e um centavos), já em Petrolina – PE foi de R$ 430,40 (quatrocentos e trinta reais e quarenta centavos), sendo assim, o custo no município pernambucano é maior do que no baiano...

"Em Juazeiro e Petrolina itens que compõem o custo da cesta básica apresentam aumento de preços nos últimos 6 meses", segundo pesquisa da Facape

A Faculdade de Petrolina – Facape, fechou a pesquisa do  custo da Cesta Básica a comparando os preços nos meses de Fevereiro e Janeiro de 2021.

 A pesquisa foi retomada no mês de agosto do ano passado e, neste boletim, a comparação ocorre entre o mês de Fevereiro com Janeiro de 2021. Os resultados mostram que o custo da Cesta Básica em Juazeiro  foi de R$ 417,72 e em Petrolina  foi de R$ 444,09...

Carne, Arroz, Banana, Óleo de Soja, feijão, Leite e Açúcar provocam aumento no preço da cesta básica

O boletim do custo da cesta básica, realizado pelo Colegiado de Economia da Facape comparou o mês de janeiro de 2021 e dezembro de 2020, apontando nos resultados, que o custo da cesta básica em Juazeiro, na Bahia foi de R$ 406,46 e, em Petrolina, na cidade de Pernambuco foi de R$ 438,53.

Assim, o custo na cidade pernambucana é maior do que na baiana. Quando comparado ao mês de janeiro de 2021, o mês de dezembro de 2020 obteve uma deflação de -1,55% na cidade de Juazeiro-Ba e aumento de 0,08% em Petrolina-PE...

Bancários da Caixa reagem indignados a possível auxílio de R$ 200: "Menos de um terço da cesta básica"

O auxílio emergencial — que em 2020 foi pago a 67,9 milhões de brasileiros no valor de R$ 600 aprovado pelo Congresso Nacional — poderá ser reduzido, este ano, para R$ 200, em apenas três parcelas e só a 30 milhões de pessoas.

Responsáveis pelo pagamento do benefício, de abril até o mês passado, os bancários da Caixa Econômica Federal reagiram com indignação a este novo plano do governo, que resiste ao restabelecimento do auxílio no valor inicial, apesar da crise econômica e das indicações de recrudescimento da pandemia...

Pesquisa da Facape aponta que cesta básica aumentou 28,6% em um mês

O colegiado de economia da Facape divulgou nessa terça-feira (12) o custo da cesta básica em dezembro de 2020. Os resultados apontam que a valor da cesta básica em Petrolina foi de R$ 438,16 (quatrocentos e trinta e oito reais e dezesseis centavos) e em Juazeiro foi de R$ 412,86 (quatrocentos e doze reais e oitenta e seis centavos), sendo assim o preço da cesta básica pesa mais no bolso do consumidor pernambucano.

Em Petrolina, os alimentos que mais sofreram com aumento de preços foram a banana, farinha, óleo de soja, açúcar e a carne, que sofreu aumento pelo segundo mês consecutivo. Já em Juazeiro, o tomate é que sofreu alta...