RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 25 registros para a palavra: angary

Rio São Francisco: moradores e pescadores do bairro Angary começam a retornar para as casas depois da "cheia"

Durante este período de cheia das águas do Rio São Francisco, A REDEGN acompanha a saga dos moradores e pescadores do bairro Angari.

Nesta sexta-feira (18), em visita a comunidade, foi constato o retorno de alguns moradores que haviam deixando as moradias. A energia elétrica será religada para que os demais moradores possam retornar a suas casas...

Cheia Rio São Francisco: Parte das casas do bairro Angary teve a energia elétrica cortada para garantir a segurança do local

Parte das casas do bairro Angary teve a energia elétrica cortada para garantir a segurança do local. A cheia do Rio São Francisco provocou a urgente ação com o objetivo de prevenir possíveis acidentes. O desligamento da energia elétrica em pontos já alagados é a medida mais correta.

A reportagem da REDEGN esteve no bairro Angari hoje pela manhã. Postes estão dentro de água e outros pontos como caixas de motores também foram desligados pois já estão submersos. O corte preventivo de energia é “necessário para garantir a segurança dos moradores”. Os orgãos públicos destacam que é necessário que a população redobre os cuidados com a rede elétrica, para evitar acidentes, choques ou perdas de equipamentos...

Juazeiro: Moradores do bairro Angari começam a fazer mudanças para fugir da inundação do Rio São Francisco

O quadro de Situação de Cheias na bacia Hidrográfica do Rio São Francisco foi formalizado no dia 11 passado e os moradores do bairro Angari começaram a saír do local, visto que o setor com construções de casas é reconhecida como zona de atenção prioritária de risco.

A reportagem da REDEGN esteve no local na manhã deste sábado (15) e constatou o aumento das águas. Confira a referência da estátua do Nego d'agua. Com o avanço da cheia as casas já estão a poucos metros em zona de possibilidade de inundação...

Prefeitura de Juazeiro inicia mapeamento de famílias ribeirinhas e reforça assistência para minimizar possíveis impactos com elevação do nível do rio

A Prefeitura de Juazeiro, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES) se reuniu nesta quinta-feira (13) com membros da Polícia Militar, do 9° Grupamento de Bombeiros Militar e da Defesa Civil para discutir maneiras de minimizar possíveis impactos ocasionados com a elevação no volume das águas do Rio São Francisco. Com o aumento da vazão da Barragem de Sobradinho, que deve chegar até 4 mil m³/s até o próximo dia 24 de janeiro, localidades como o bairro Angary e as ilhas do Rodeadouro, Nossa Senhora das Grotas e Culpe o Vento deverão ser atingidas.

Para reforçar a assistência e garantir a segurança dos ribeirinhos, a força-tarefa elaborou um planejamento para chegar a essas localidades e notificar as famílias que deverão sair de suas casas, proteger seus pertences e encaminhá-las às escolas da rede municipal que foram disponibilizadas pela Secretaria de Educação e Juventude (Seduc). ..

Aumento da vazão de Sobradinho preocupa moradores do Angary; prefeitura diz que fará plano de ação

A notícia de que a vazão de Sobradinho deve chegar a 4 mil m³/s até o próximo dia 24 de janeiro, índice jamais visto desde 2009, preocupou os moradores da comunidade ribeirinha do Angary, situada às margens do Rio São Francisco, em Juazeiro. Isso porque os moradores temem situação pior que a enfrentada no final de 2020, quando muitas famílias tiveram que deixar suas casas em virtude do aumento do volume do rio.

Sobradinho, que atualmente tem 60% de seu volume útil, hoje opera com defluência de 816 m³/s, enquanto sua afluência (água que entra) é de 4.700 m³/s. A partir desta quarta-feira, a defluência vai aumentar para 1.300 m³/s. A cada dois dias, a vazão vai aumentando 500 m³/s, chegando, portanto, a 4.000 m³/s no dia 24 de janeiro, conforme comunicado emitido pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) [leia mais abaixo]...

Leitor denuncia descarte irregular de lixo hospitar, na Unidade de Saúde, localizada no Bairro Angary

Leitor denunciou através de envio de fotos e video o descarte irregular de lixo hospitar, na Unidade de Saúde, localizado no Bairro Angary.

De acordo com o leitor, o registro foi feito na manhã desta sexta (25)...

Prefeita Suzana Ramos vai ao Angary para conhecer dificuldades e avaliar soluções para comunidade

Mantendo o compromisso de implementar uma gestão mais próxima da população, a prefeita Suzana Ramos e o vice-prefeito Leonardo Bandeira estiveram nesta sexta-feira (17) no bairro Angary. A visita teve como objetivo conhecer as principais dificuldades dos moradores da localidade e encontrar solução para as demandas verificadas. 

Acompanharam a prefeita e o vice-prefeito, a diretora-presidente do Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE), Josilene Alixandre e o vereador Lourival Quirino, além de lideranças do bairro. ..

Ano novo 2021 e os velhos problemas: poluição do Rio São Francisco na orla do Angary

Ano novo e velhas agressões, problemas que afligem o Rio São Francisco. Nesta segunda-feira (4), a reportagem da RedeGN, flagrou mais uma vez cenas de poluição nas margens do Rio São Francisco, no bairro Angari, local que deveria ser um dos pontos de visitação e exemplo de educação ambiental. 

A poluição fotografada é o resto das "aglomerações" realizada na orla do Angary e do "uso das margens do Rio São Francisco para o lazer"...

Leitor denuncia construções clandestinas no bairro Angary em Juazeiro

A Câmara de Vereadores de Juazeiro debateu amplamente a regularização fundiária do município, mas não houve grandes avanços na mudança da legislação vigente.

Um servidor estadual que pediu para não ser identificado encaminhou denúncia à Rede GN dando conta da construção irregular de residências em área nobre e de proteção ambiental às margens do Rio São Francisco, no bairro Angary...

Rio São Francisco: No mês de abril reportagem da redeGN já mostrava preocupação dos moradores do bairro Angari

Neste início do mês de novembro com a vazão da barragem de Sobradinho em torno de 3.000 metros cúbicos por segundo os moradores e pescadores do bairro Angari, Juazeiro, Bahia, são os que sofrem as consequencias da "enchente" do Rio São Francisco. Esse é o maior volume liberado por Sobradinho em sete anos. Todos os pontos turísticos estão cobertos de água.

No mês de abril deste ano a reportagem da REDEGN mostrou a preocupação dos moradores do bairro Angary. Na época a moradora Edmara Silva, acusava que "as notícias só chegam através do blog e que água poderia subir e causar problemas no local". ..

Meio Ambiente: Poluição agride margens do Rio São Francisco no bairro Angary

Cena de poluição mais uma vez flagrada pela reportagem da redeGN, nas margens do Rio São Francisco, no bairro Angari, local que deveria ser um dos pontos de visitação e exemplo de educação ambiental. O que se assiste nas proximidades da estátua do Nego D'agua é poluição que agride e mata. São garrafas plásticas, embalagens plásticas, vidros, metais, tecidos, materiais de pesca, madeira manufaturada, borrachas, isopor, espumas e papel, entre outras formas de poluição.

Dezenas de pesquisadores alertam que grandiosidade do rio São Francisco sempre despertou no ribeirinho a errônea ideia de que suas águas seriam capazes de absorver tudo o que é descartado em suas águas. Atualmente, o despejo inadequado do resíduo sólido é um dos grandes problemas e mata o Velho Chico. ..

Rio São Francisco: moradores do bairro Angary já observam a baixa vazão do Velho Chico, volume da água já se afasta da casas

No dia 16 de abril, há exatos 30 dias, a Chesf anunciou através de nota, o aumento da vazão na Barragem de Sobadinho para 1.600 m3/s. Este ano a afluência (água que chega) chegou a atingir mais de 3 mil metros cúbicos de água.

Neste sábado 16, a defluência da barragem de Sobradinho é de 1400m3/segundo. A afluência é de 2 mil metros cúbicos por segundo...

Moradores e pescadores do bairro angary já se preocupam com cheia do Rio São Francisco e pedem providências

Com o lago de Sobradinho acima dos 84% da sua capacidade de armazenamento, a Chest anunciou dia 14, através de nota, o aumento da vazão na Barragem de Sobadinho para 1.600 m3/s já a partir desta quarta-feira (15).

Moradores e pescadores do bairro Angari, Juazeiro, Bahia cobram que não há aviso prévio por parte da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (CHESF), orientando sobre o aumento das vazões...

LIXO INCOMODA NO BAIRRO ANGARY EM JUAZEIRO (BA)

Um morador do bairro Angary encaminhou e-mail e fotos relatando uma posição incômoda na referida comunidade. Confira: “Boa noite Geraldo, venho através deste canal solicitar e ao mesmo tempo denunciar que na esquina da Unidade Básica de Saúde - Angary (Posto Central) onde fica a Rua Visconde do Rio Branco, centro, continuam acumulando lixo residencial, fato esse que vem causando desconforto aos moradores, principalmente os que ficam próximos ao "lixão"! Sobre esse assunto, já foi feita denúncia e nenhuma providência foi tomada por parte do SAAE empresa que cobra obrigatoriamente na conta e/ou empresa responsável pela coleta! Creio que quem está jogando esse lixo são os servidores (garis), não sabemos se por orientação dos responsáveis ou por vontade própria, afirmo que os moradores não fazem isso, pois venho observando e sugerindo que os mesmos coloquem em suas portas! A presença de animais é constante tipo gatos, cachorros e até cavalos perfurando os recipientes causando a maior sujeira e com isso mal cheiro, onde vai impossibilitado que os moradores saiam das suas casas devido ao mau cheiro! A comunidade pede encarecidamente providências dos responsáveis! Sugerimos que não seja mais acumulado lixo nesse local, direcionando para outro local mais apropriado! Desde já agradecemos pela atenção”.

Confira Nota SAAE:..

Obra do Parque Fluvial segue em ritmo acelerado e chega ao bairro Angary

A obra do Parque Fluvial na orla de Juazeiro segue em ritmo acelerado dentro do cronograma da intervenção e já chega no trecho do bairro Angary. A obra tem recursos na ordem de R$ 3,5 milhões para urbanização e requalificação da Orla e revitalização do Rio São Francisco, do trecho compreendido entre a Marinha e o Angary.

O engenheiro da SEDUR, Hemerson Cardoso, destaca a retirada da vegetação e da embarcação que prejudica o meio ambiente. “Tivemos que tirar a embarcação porque precisamos dar acesso à população na faixa de cooper e assim ter uma orla mais limpa. A vegetação que estamos tirando são ervas daninhas e árvores exóticas que serão substituídas por arvores nativas no intuito de preservar a margem e a vegetação regional. Tudo isso faz parte da proposta da obra do Parque Fluvial e queremos proporcionar uma orla limpa que  possamos instalar os equipamentos da academia da saúde e brinquedos infantis num ambiente de lazer e esporte aos juazeirenses”, disse.  ..

Obra do Parque Fluvial segue em ritmo acelerado e chega ao bairro Angary

A obra do Parque Fluvial na orla de Juazeiro segue em ritmo acelerado dentro do cronograma da intervenção e já chega no trecho do bairro Angary. A obra tem recursos na ordem de R$ 3,5 milhões para urbanização e requalificação da Orla e revitalização do Rio São Francisco, do trecho compreendido entre a Marinha e o Angary.

O engenheiro da SEDUR, Hemerson Cardoso, destaca a retirada da vegetação e da embarcação que prejudica o meio ambiente. “Tivemos que tirar a embarcação porque precisamos dar acesso à população na faixa de cooper e assim ter uma orla mais limpa. A vegetação que estamos tirando são ervas daninhas e árvores exóticas que serão substituídas por arvores nativas no intuito de preservar a margem e a vegetação regional. Tudo isso faz parte da proposta da obra do Parque Fluvial e queremos proporcionar uma orla limpa que  possamos instalar os equipamentos da academia da saúde e brinquedos infantis num ambiente de lazer e esporte aos juazeirenses”, disse.  ..

GRUPO TÁTICO DE MOTOPATRULHAMENTO CARCARÁ APREENDE DROGA NO BAIRRO ANGARY

Quinta-feira, dia 30, por volta das 17:00h, a equipe CARCARÁ IV realizava rondas no bairro Angary, quando se deparou com três indivíduos em um carro FIAT UNO, de cor prata, PLACA NXZ 7732, em atitude suspeita. Foi dada voz de parada aos ocupantes do veículo, logo após foi realizada busca pessoal juntamente com a busca no interior do veículo, onde foi encontrada uma pochete e nesta continha uma grande porção de erva seca aparentemente maconha embalada num saco plástico. O veículo citado foi liberado no local, pois não apresentava nenhuma irregularidade em relação a documentação ou restrição. O dono da erva foi identificado como Bruno Araújo Roriz. Bruno foi conduzido à delegacia juntamente com o material ilícito para ser apresentado a autoridade policial para as medidas cabíveis. ..

DESPERDÍCIO DE ÁGUA POTÁVEL NO BAIRRO ANGARY, EM JUAZEIRO

O leitor Paulo Viana, popularmente conhecido por Paíco, chamou à atenção da reportagem do Blog Geraldo José para o desperdício de água que está ocorrendo na orla de Juazeiro, mais precisamente no espaço cultural construído no bairro Angary.

Segundo Paíco, o volume de água é grande e o desperdício ocorre em momento de grave crise hídrica na bacia do Rio São Francisco...

Documentário Ser Angary será lançado no dia 7 de abril em Juazeiro

A produção que foi elaborada para a disciplina de Telejornalismo II, do curso de Jornalismo da Uneb-DCH III, é fruto de pesquisas acerca da história e da cultura de um dos bairros mais antigos e importantes de Juazeiro. Desde o século XIX, o Angary, ainda uma vila de pescadores, foi cenário para composições musicais e trabalhos fotográficos, como por exemplo, o trabalho fotográfico de Euvaldo Macedo. Além de impulsionar a economia da cidade através da pesca, o Angary também é famoso pelas práticas da Roda de São Gonçalo, pelos cantos das lavadeiras, pela festa do Bom Jesus dos Navegantes e pelas várias lendas ribeirinhas.

Com a expectativa de dar um retorno à comunidade, o documentário Ser Angary será promovido através de uma exibição pública na Colônia de Pescadores do bairro, no dia 7 de abril (sexta-feira) às 19 horas. O evento visa reunir estudantes, moradores do bairro, professores e interessados na produção...

VAMOS COLORIR O ANGARY!!!

Em 1988, com o Movimento da Juventude por um Juazeiro Novo, realizamos o projeto "vamos limpar e colorir o Angary", limpamos, mas não colorimos, plantamos um pé de Juazeiro lá e ele não cresceu, tivemos o apoio do comandante Esmeraldo da "Franave" e do então prefeito Jorge Khoury.

Às vezes é mesmo assim, sonhamos um tempo e ele acontece muito depois. No Rio de Janeiro estão colorindo comunidades, regularizando ligações de água e energia, fazendo saneamento, iluminando e implantando "UPP`s".  ..