RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 18 registros para a palavra: STJD

STJD cassa liminar e impede presença da torcida em jogos do Flamengo

O Flamengo não poderá mais contar com a presença da torcida nos próximos jogos, após o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) cassar nesta quinta-feira (16) uma liminar que permitia que o time realizasse partidas no Maracanã com a presença de público.

A decisão foi tomada um dia após o time carioca entrar em campo pela Copa do Brasil, contra o Grêmio, com a presença de mais de 6 mil torcedores no Maracanã. O clube esperava ter torcedores também no jogo do próximo domingo (19), contra o mesmo adversário, pelo Campeonato Brasileiro...

STJD pune Juazeirense e Sport com multas e garante jogo contra o Cruzeiro em Juazeiro

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva julgou neste dia 04 de maio, o processo 192/2021, relativo às denúncias encaminhadas pelo Sport Recife contra a Juazeirense, em partida realizada no dia 10 de março, que resultou na classificação do time baiano para a segunda fase da Copa do Brasil.

A Juazeirense foi inclusa nos artigos 191, II e III (duas vezes), 211 e 258, todos do CBJD”, que somadas totalizaram multas no valor de 16.500,00, sem prejuízo de punições no artigo 258 que prevê penas mais severas: “Por unanimidade de votos, multar em R$ 16.500,00, o Juazeirense, sendo R$ 10.000,00 por infração a 1ª imputação ao Art. 191, II e III e R$ 500,00, por infração a 2ª imputação ao Art. 191, II e III e, mais R$ 6.000,00, por infração ao Art. 211 e, absolve-lo quanto à imputação ao Art. 258, todos do CBJD”;..

STJD suspende sessões de Julgamento até dia 04 de abril, atendendo a decreto da prefeitura do Rio

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva, com sede no Rio de Janeiro, suspendeu todos os julgamentos previstos para o período entre esta sexta-feira (26) e o dia 04 de abril, com possibilidade de prorrogação por mais tempo, em função dos decretos implementados pela Prefeitura do Rio de janeir para contenção da pandemia.

Foi no STJD que o Sport  Recife apelou para tentar anular, sem sucesso, o resultado do jogo em que a Juazeirense venceu por 3 x 2, avançando na Copa do Brasil...

STJD nega pedido do Sport de impugnação do jogo contra Juazeirense pela Copa do Brasil

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD) indeferiu o pedido do Sport de anulação da partida contra a Juazeirense, pela primeira fase da Copa do Brasil.

A decisão foi divulgada na manhã desta terça-feira (16). O presidente Otávio Noronha justificou com o fato da equipe pernambucana ter se recusado a retornar ao campo para jogar os minutos finais restantes do acréscimo da arbitragem. Com isso, a vitória do Cancão de Fogo sobre o Leão por 3 a 2 foi mantida...

Sport aciona STJD e pede exclusão da Juazeirense na Copa do Brasil

O Sport acionou o Superior Tribunal de Justiça Desportiva e pede pela exclusão da Juazeirense da Copa do Brasil. O clube alega irregularidades na partida pela primeira fase da competição, que contou com queda de energia elétrica, sumiço de gandulas e terminou em derrota do Leão por 3 a 2. A informação foi confirmada pelo advogado do clube responsável pelo caso, Osvaldo Sestário.

O confronto contou com uma série de eventos inusitados no Estádio Adauto Moraes. A história começou com o sistema de irrigação acionado (mais de uma vez), mas também teve sumiço dos gandulas, ambulância à beira do gramado e apagões dos refletores - que renderam duas paralisações da partida, uma de 25 minutos e outra de 1h15...

Juazeirense vence o Sport Recife por 3 x 2, mas resultado vai parar no STJD

A Juazeirense estreou na Copa do Brasil 2021 nesta quarta-feira (10), jogando no Adauto Moraes contra o Sport Recife, marcando a terceira participação do time de Juazeiro na Competição.

Depois de perder a invencibilidade no Campeonato Baiano, a Juazeirense veio a campo nesta quarta-feira com o objetivo de avançar na Copa do Brasil, garantindo aporte financeiro e melhor posicionamento no ranking nacional da CBF...

Vasco aciona STJD e pede anulação de partida contra Internacional

O Vasco apresentou nesta terça-feira (16), ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (SJTD), o pedido de anulação da partida contra o Internacional pela 36ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

O clube entende ter sido prejudicado pelo defeito nas linhas de impedimento do equipamento utilizado pela arbitragem de vídeo (VAR), na ocasião do primeiro gol do Colorado na derrota cruzmaltina por 2 a 0, no último domingo (14), no estádio de São Januário...

Fora Bolsonaro: Carol Solberg é advertida pelo STJD do vôlei por manifestação política

Eu estava em Saquarema jogando minha primeira etapa depois de tanto tempo sem jogar por causa da pandemia. Estava jogando terceiro lugar, tinha acabado de ganhar, estava muito, muito feliz de estar retornando ao pódio. Estava muito feliz de ter ganhado o bronze e, na hora de dar minha entrevista, apesar de toda alegria ali, não consegui não pensar em tudo o que está acontecendo no Brasil, todas as queimadas, a Amazônia, o Pantanal, as mortes por Covid e tudo mais, e meio veio um grito totalmente espontâneo de tristeza e indignação por tudo o que está acontecendo, disse Carol em depoimento, afirmando também não ter se arrependido do que fez.

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) do Vôlei julgou nesta terça-feira a atleta Carol Solberg por ter gritado "Fora, Bolsonaro" durante transmissão ao vivo, após conquistar a medalha de bronze na primeira etapa do Circuito Brasileiro de vôlei de praia. Em sessão online, Carol foi advertida com base no artigo 191, que faz alusão ao cumprimento do regulamento da competição: "deixar de cumprir, ou dificultar o cumprimento de regulamento, geral ou especial, de competição"...

Juazerense Petros começará 2018 punido pelo STJD; Entenda:

 (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

Por ter dado um soco na barriga do lateral-esquerdo Juninho Capixaba, do Bahia, o volante Petros, do São Paulo, pegou quatro jogos de suspensão em julgamento realizado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva na última quinta-feira...

STJD suspende jogos entre Vitória e Juazeirense pelo Campeonato Baiano e deixa decisão para TJD

A partida entre Juazeirense e Vitória, marcada inicialmente para domingo, às 18h30 (horário de Brasília), no estádio Adauto Moraes, está suspensa. Nesta quinta-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu acatar o mandado de garantia feito pelo Bahia na última terça-feira acerca da polêmica em torno da escalação do zagueiro Victor Ramos na partida entre Vitória e Flamengo de Guanambi, pelas quartas de final do Campeonato Baiano. A informação foi confirmada pelo diretor jurídico do Tricolor, Vitor Ferraz.

Segundo Ferraz, a partida está suspensa até que haja um julgamento da questão. O STJD deve emitir a denúncia para uma comissão disciplinar, que avaliará o caso, que tramita em regime de urgência. - Suspendeu a partida. Só a do Vitória. Agora tem que distribuir para comissão disciplinar, para colocar na pauta. O prazo depende do critério de distribuição, mas acho que será rápido. O caso está em urgência – disse o diretor do departamento jurídico do Bahia, Victor Ferraz, em conversa com o GloboEsporte.com...

STJD rejeita embargo, e pena de Petros é mantida em três jogos

O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) rejeitou o embargo sugerido pela Procuradoria em relação ao meio-campista Petros, punido com três jogos de suspensão pela trombada com o árbitro Raphael Claus na vitória do Corinthians por 1 a 0 sobre o Santos, no dia 10 de agosto. Relator do voto vencedor no caso, o auditor Décio Neuhaus defendeu que a decisão foi fundamentada e que não há sentido em alterá-la. Dessa maneira, não há mais a possibilidade do jogador alvinegro ter a pena aumentada. 

Julgado no dia 18 de agosto, o jogador foi suspenso por 180 dias, com base no artigo 254-a do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, definido como "agressão”. Os advogados do Corinthians entraram imediatamente com um pedido de recurso. Depois conseguiram um efeito suspensivo para que o atleta continuasse atuando até um novo julgamento, o que aconteceu no último dia 11, quando o Pleno diminuiu a pena para três partidas...

PETROS: STJD não fica satisfeita com redução de pena e entra com embargo

Em uma medida rara, a procuradoria do STJD entrou com embargo de declaração contra a decisão do Pleno do tribunal, que acabou culminando com a redução da pena do meia Petros, do Corinthians, de 180 dias para três jogos de suspensão. A procuradoria entende que o encontrão no árbitro Raphael Claus merece uma sanção maior ao jogador.

- Entendemos que a decisão contém omissões, contradições e obscuridades relevantes afinal o relator chegou a absolver o atleta, mesmo diante da clareza das imagens. E essa decisão inicial acabou provocando uma diminuição final de pena inacreditável de 6 meses para ínfimas 3 partidas. Mesmo que por amor ao debate não se considere um ato próprio de agressão física contra o árbitro, não se pode negar que houve ao menos uma conduta antidesportiva contra ele, o que pela norma internacional (art. 49, item“a" do Código Disciplinar da FIFA) o infrator seria punido com um mínimo de quatro partidas. O mais correto, ao nosso ver, é que o atleta seja apenado no rigor que a lei prevê para a sua conduta - afirmou o procurador-geral, Paulo Schmitt...

URGENTE: Petros está sendo julgado nesse momento pelo STJD

O meio campo juazeirense Petros está nesse momento se defendendo diante do STJD no Rio de Janeiro sobre sua possível agressão ao árbrito Raphael Claus no jogo contra o Santos domingo passado: "Garanto que não o agredi. Se quisesse agredi-lo, por ser destro, jamais tentaria com o braço esquerdo e conseguiria derrubá-lo. Não o agredi. Era muito simples ir com o braço direito, mão fechada e um chute. No momento em que faço o passe, já me desloco para receber a bola. A bola tá sobrando para o Guerreiro um pouco mais acima" se defende o jogador que ainda disse: "O jogador do Santos que estava perto de mim não percebeu nenhum tipo de agressão. Se algum jogador tivesse visto agressão, ele teria falado ao árbitro" finalizou. Petros, nesse momento, aguarda a decisão dos auditores que já já darão à sentença final. Aguarde o resultado aqui no blog. ..

Vai e vem: Justiça do Rio manda CBF cumprir decisão do STJD, que rebaixou Lusa

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro concedeu no início da tarde desta quarta-feira uma liminar determinando que a CBF cumpra a decisão do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), que no final do ano rebaixou a Portuguesa para a Série B. No dia 27, o time do Canindé foi punido no "tapetão" pela escalação do meia-atacante Héverton no jogo contra o Grêmio, válido pela última rodada do Campeonato Brasileiro. No julgamento, a Lusa perdeu quatro pontos e ocupou o lugar do Fluminense na zona de rebaixamento.

Dois dias antes da partida, o jogador havia sido suspenso por dois jogos pela Justiça Desportiva por conta de uma expulsão ele só havia cumprido um jogo de gancho. O clube paulista alega, no entanto, que só tomou ciência da punição no dia seguinte ao jogo, com a publicação da decisão no site da CBF. Além da Portuguesa, o Flamengo também perdeu quatro pontos por escalar de maneira irregular o lateral André Santos contra o Cruzeiro, em jogo válido pela última rodada do campeonato...

Portuguesa cai e Fluminense permanece na Série A em novo julgamento do STJD

Nelson Mandela, Nelson Rodrigues e “Pequeno príncipe” foram personagens do julgamento no Pleno Tribunal do STJD que confirmou o rebaixamento da Portuguesa e a salvação do Fluminense. Por unanimidade, a decisão de primeira instância foi mantida. Foram oito votos pela condenação do time. Por conta da escalação de Heverton, que havia sido suspenso em julgamento dois dias antes, contra o Grêmio, a Lusa perdeu quatro pontos e, com isso, terá de disputar a Série B em 2014. A equipe paulista ficou com 44 pontos, atrás do Fluminense, que terminou a competição com 46. Foi rebaixada ao lado de Vasco, Ponte Preta e Náutico. A Portuguesa mudou o rumo de sua defesa, o advogado João Zanforlin falou muito nos princípios do STJD, mas de nada adiantou num julgamento repleto de citações.

O STJD alterou a ordem dos julgamentos e iniciou a sessão com o caso da Portuguesa. Um dos advogados do clube, Felipe Ezabella, pediu, em sua primeira manifestação, que o procurador geral do tribunal, Paulo Schmitt, fosse afastado do caso. Seu argumento é que Schmitt já havia se pronunciado na imprensa a favor da condenação da Lusa. O pedido foi negado por unanimidade. João Zanforlin, encarregado de defender a equipe paulista, teve a palavra por 15 minutos. Ele contestou a redação do artigo que condenou a Portuguesa em primeira instância, e disse que ele é inconstitucional. Em seguida, usou como argumento o fato de o clube não ter tido má fé nem vantagem técnica ao utilizar Heverton contra o Grêmio. - Ele é um atleta que atuou só em seis jogos, sempre entrando no segundo tempo. Ele é reserva, não tem qualidade técnica para desequilibrar uma partida...

STJD julga casos de Portuguesa, Flamengo, Cruzeiro e Vasco nesta sexta

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) divulgou ontem (25) o edital dos processos que serão julgados a partir de 10h desta sexta-feira (27), no plenário do Rio de Janeiro: Portuguesa, Flamengo, Vasco e Cruzeiro estão na pauta. Os casos de Portuguesa e Flamengo são parecidos, já que ambos os clubes foram punidos no último dia 8 por escalações irregulares e perderam quatro pontos. O Flamengo escalou André Santos, perdeu quatro pontos e caiu para a 16ª posição na tabela. A Portuguesa escalou Héverton, só que a perda dos quatro pontos levou o clube ao rebaixamento e salvou o Fluminense.  

O Cruzeiro, campeão do Campeonato Brasileiro, será julgado por ter relacionado o goleiro Elisson no jogo contra o Vasco, na 36ª rodada. O atleta estaria sem contrato válido com o clube mineiro na época da partida. No caso do Vasco, o STJD julgará o pedido de impugnação do jogo contra o Atlético-PR, que aconteceu em Joinville e foi válido pela última rodada do Campeonato Brasileiro. O clube carioca cariocas se baseia no argumento de que a partida não tinha condições de ser retomada após a briga entre torcedores na arquibancada da Arena Joinville. A defesa do Vasco reforça ainda que o tempo de paralisação excedeu em 12 minutos os 60 minutos previstos no regulamento. O caso já foi rejeitado duas vezes pelo presidente do STJD, Flávio Zveiter...

STJD pune Portuguesa e mantém Fluminense na Série A; ainda cabe recurso

Além da Portuguesa, o Flamengo também foi penalizado com a perda de quatro pontos por unanimidade de votos pela escalação irregular do lateral esquerdo André Santos. O julgamento ocorreu cerca de 30 minutos depois do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) decidir pela mesma punição à Portuguesa. Com a decisão desta segunda-feira, a Lusa foi rebaixada no lugar do Fluminense. O clube rubro-negro escapou da queda para a segunda divisão justamente porque fica à frente dos paulistas.

Assim como no caso da Portuguesa, esta foi apenas a primeira batalha judicial e o Flamengo tem a possibilidade de recorrer da decisão ao Pleno do STJD. O relator Luiz Felipe Bulus pediu a perda de quatro pontos e multa de R$ 1 mil e foi acompanhado pelo restante dos auditores. ..

STJD nega recurso do Vasco e resultado de jogo com Furacão é mantido

O Superior Tribunal de Justiça de Desportiva (STJD) negou o recurso do Vasco pedindo a impugnação da partida do último domingo, contra o Atlético-PR. Com isso, não haverá julgamento e a vitória do Furacão por 5 a 1 é mantida, confirmando o rebaixamento do Vasco. A advogada do Vasco, Luciana Lopes confirmou que o pedido do clube foi negado, mas o clube cruz-maltino ainda pode fazer um pedido de reconsideração do recurso.

O Vasco deu entrada, na última quarta-feira, com recurso pretendendo obter os três pontos da partida na Arena Joinville. O Cruz-Maltino se baseia no artigo 19 do regulamento geral de competições da CBF, que prevê que o jogo só pode ser interrompido por até 60 minutos. Devido a barbárie entre torcedores de Atlético-PR e Vasco, o jogo ficou paralisado por 71 minutos. Com o recurso, o Vasco pretendia obter os três pontos da partida, o que livraria o time do rebaixamento e empurraria o Criciúma para a degola...