RedeGN - Sempre ligado.

Foi encontrado 1 registro para a palavra: Oposição obstrui votações e quer aprovar mais recursos para saúde

Oposição obstrui votações e quer aprovar mais recursos para saúde

A oposição obstruiu ontem as votações no plenário da Câmara. A estratégia do PSDB, do DEM e do PPS é barrar as votações até a aprovação do projeto que regulamenta a Emenda 29. Para o líder tucano na Câmara, deputado João Almeida (BA), a aceitação deste projeto no Congresso será uma resposta a uma das principais reivindicações dos prefeitos que participaram da "Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios", ocorrida na semana passada. “O governo não se movimentou para garantir mais recursos à saúde. As verbas destinadas ao setor estão bem abaixo da necessidade. A matéria teve a votação iniciada na Câmara e o governo, insatisfeito, suspendeu o processo. Queremos que a regulamentação da emenda volte à pauta e o Congresso delibere sobre ela para que os resultados sejam sentidos no orçamento de 2011”, destacou o deputado baiano líder do PSDB na Câmara, na entrevista coletiva onde também estavam os líderes do Democratas, Paulo Bornhausen e  Fernando Coruja (PPS).

A oposição defende o projeto original aprovado no Senado: a União deverá destinar 10% de sua receita corrente bruta (RCB) para a saúde em 2011. Porém, numa manobra polêmica, a base governista na Câmara incluiu na Emenda 29 a criação da Contribuição Social para a Saúde (CSS). O novo imposto, batizado pela oposição de “nova CPMF”, paralisa a votação da emenda desde junho de 2008 no plenário da Casa...