RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 99 registros para a palavra: Haddad

Pesquisa Datafolha em São Paulo mostra Alkmin à frente seguido por Haddad

Pesquisa divulgada neste sábado (18) pelo Datafolha coloca o ex-governador Geraldo Alckmin, sem partido, na frente na corrida eleitoral para o governo de São Paulo em 2022, com 28% das intenções de voto.

Fernando Haddad (PT) vem numericamente em segundo, com 19%...

Haddad diz que Bolsonaro é 'instável psicologicamente' e perigoso

Ex-ministro da Educação e candidato derrotado no segundo turno das eleições presidenciais de 2018, Fernando Haddad (PT) inicia, por Minas Gerais, uma série de viagens pelo Brasil. A ideia é apresentar o Plano de Reconstrução Nacional traçado pelo partido e discutir, inclusive com lideranças de outras legendas, a construção de uma alternativa ao governo de Jair Bolsonaro (sem partido).

Em entrevista exclusiva ao Estado de Minas, ele demonstra temor com gestos vindos do presidente. “Ele é uma pessoa muito instável, psicologicamente falando, e perigosa”, diz...

Pandemia - Qual é o papel da Justiça do Trabalho em meio à crise?

Por Dr. Luis Eduardo Haddad Penna Ribeiro*

Respaldo social é um tema frequentemente abordado quando uma crise impacta um país. Uma das áreas quase sempre afetada é a Economia, com reflexo direto na renda e mas relações de trabalho entre empresas e funcionários. E é nesse ambiente que conquistas trabalhistas são alcançadas ou não, e que o Direito do Trabalho atua para equilibrar os dois lados da balança...

Justiça condena Haddad a 4 anos e 6 meses em semiaberto por caixa dois da UTC

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) foi condenado por suposto caixa dois da UTC Engenharia na campanha eleitoral de 2012, quando foi eleito. A pena imposta pelo juiz da 1ª Zona Eleitoral, Francisco Shintate, por falsidade ideológica eleitoral, é de 4 anos e 6 meses, em regime semiaberto. Cabe recurso. O ex-prefeito foi denunciado por suposto caixa dois de R$ 2,6 milhões da UTC Engenharia. O promotor eleitoral Luiz Henrique Dal Poz, afirmou, em acusação, que o ex-prefeito ‘deixou de contabilizar valores, bem como se utilizou de notas inidôneas para justificar despesas’. 

Os valores teriam sido repassados pela empreiteira diretamente às gráficas de Francisco Carlos de Souza, ex-deputado estadual e líder sindical conhecido no PT como ‘Chico Gordo’. Ele confessou que recebeu os pagamentos, mas disse que não eram destinados à campanha do ex-prefeito, e sim a outros candidatos petistas cujos nomes não revelou à PF. A denúncia narra que R$ 3 milhões teriam sido negociados com o empresário Ricardo Pessoa, da UTC Engenharia, e depois repactuados para R$ 2,6 milhões. Além do empreiteiro, que é delator, o doleiro Alberto Youssef também citou as operações em depoimento...

ESPAÇO DO LEITOR: AUTOFAGIA PETISTA - A FÚRIA DE HADDAD COM GLEISI, EM JUAZEIRO NÃO É DIFERENTE.

Fernando Haddad está “enfurecido” com Gleisi Hoffmann, segundo O Globo.

A entrevista da presidente do PT, que candidatou o poste à prefeitura de São Paulo, “foi vista como mais uma tentativa de escantear Haddad do cenário eleitoral nacional”. (Fonte; Jornal O GLOBO)...

Haddad diz que Bolsonaro vive em "mundo paralelo"

O candidato derrotado à Presidência Fernando Haddad (PT) disse que o presidente Jair Bolsonaro "vive num mundo paralelo" e que, além de cortes em setores essenciais como educação e saúde, sua "única medida concreta foi o fim do horário de verão". Nesta sexta-feira, 10, Haddad esteve no Rio de Janeiro, onde à noite participou de um evento em defesa da educação pública, na Cinelândia (região central). "Bolsonaro não toma uma única medida que traga alguma esperança ao povo brasileiro. A única medida concreta que ele anunciou até agora foi o fim do horário de verão. O resto é aumento de diesel, aumento da gasolina, corte da Previdência, corte da educação, corte da saúde", afirmou Haddad.

"O presidente só faz agradar a bandeira e o presidente norte-americano, em vez de prestar contas do que pretende fazer com nosso País", criticou o petista. "Bolsonaro tem problemas graves, e não falo dos problemas pessoais e familiares, falo dos problemas que afetam a vida nacional. Ele tem problemas filosóficos, sociológicos e psicológicos. Ele vive num mundo paralelo. Aquele astrólogo manda mensagens para ele e é de lá que o País está sendo governado", disse, referindo-se a Olavo de Carvalho, que mora nos Estados Unidos...

Fachin multa campanha de Fernando Haddad por notícias contra Bolsonaro

O ministro Edson Fachin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), multou a campanha de Fernando Haddad (PT) à Presidência em R$ 176,5 mil em decorrência de irregularidades na internet. A decisão foi assinada na terça-feira (26/3). Ainda cabe recurso. Segundo a decisão, documentos do Google comprovaram que a campanha de Haddad contratou, por R$ 88,2 mil, o impulsionamento de conteúdo desfavorável ao então adversário Jair Bolsonaro.

De acordo com os autos do processo, o contrato previa o aparecimento, nos primeiros resultados de busca do Google, do site intitulado “A Verdade sobre Bolsonaro”, no qual se veiculava trechos negativos de uma matéria jornalística do jornal norte-americano The New York Times sobre o candidato do PSL...

Venezuela gera discussão entre Gleisi e Haddad em reunião do PT

A ida de Gleisi Hoffmann à posse de Nicolás Maduro, na Venezuela, foi tema de discussão entre a presidente do PT e o candidato derrotado do partido à Presidência, Fernando Haddad, em reunião da Executiva Nacional da legenda neste sábado, em São Paulo. Último a falar, Haddad foi questionado por Valter Pomar, líder da corrente Articulação de Esquerda e aliado de Gleisi, sobre "declarações públicas" a respeito da ida da presidente do partido à posse de Maduro. Ele se referia a uma entrevista de Haddad ao jornal El País, na qual disse que não foi consultado sobre a viagem.

"O Valter Pomar falou sobre críticas públicas e eu perguntei se ele leu o que eu disse", explicou Haddad. "O que eu falei foi que não participei da discussão, depois percebi que ninguém tinha participado e que recebi pela imprensa a informação. Estou falando de um protocolo que precisa ser observado. Nem precisava me ouvir, mas ninguém foi ouvido. O que falei é que teve uma carga simbólica muito forte e sobre o problema de comunicação, sobre a forma como se comunica isso", disse o ex-prefeito de São Paulo depois da reunião...

Juiz torna Haddad réu sob acusação de corrupção passiva e lavagem

O ex-prefeito paulistano e candidato derrotado à Presidência Fernando Haddad (PT) se tornou réu sob acusação de corrupção passiva e lavagem de dinheiro em decorrência da delação premiada do empreiteiro Ricardo Pessoa, da UTC. O juiz Leonardo Barreiros, da 5ª Vara Criminal da Barra Funda, na capital paulista, instaurou uma ação penal ao aceitar denúncia do Ministério Público de suposto pedido de R$ 3 milhões para quitar dívidas de campanha.

Haddad nega irregularidades e diz que acionará a Justiça para se defender. É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal. Ele já responde por ação de improbidade administrativa, por supostas irregularidades na construção de trechos de ciclovias em São Paulo. Haddad foi denunciado em setembro pelo Ministério Público Estadual de São Paulo. A imputação de crime de formação de quadrilha não foi aceita pela Justiça...

BOLETIM DE URNA: Mesmo com pequena extensão territorial, Sobradinho registra abstenção acima dos 20%

Com 17.590 eleitores aptos para votar nas eleições deste ano, o município de Sobradinho-Ba, embora tenha uma extensão territorial considerada pequena, ultrapassou os 20 pontos percentuais de abstenção no último domingo (28). Em termos comparativos, Juazeiro teve uma abstenção de 12,80% e Petrolina 15,44%, mesmo tendo áreas territoriais mais extensas, que poderia resultar em maiores dificuldades para o eleitor chegar às urnas. 13.938 eleitores compareceram às urnas, deixando um saldo de 3.652 ausentes e pouco mais de 800 votos distribuídos entre brancos e nulos.

O candidato Fernando Haddad, no segundo turno, obteve 10.296 votos, contra 2.811 de Jair Bolsonaro (PSL). Em termos percentuais o candidato do PT teve 78,55% dos votos válidos e Bolsonaro 21,45%. Os dois grupos políticos de maior expressão no município assumem a paternidade dos votos de Haddad, já que tanto a situação, como a oposição, estavam no palanque de Rui Costa (PT)...

BOLETIM DE URNA: Petrolina registrou 84,56% de comparecimento e se prepara para eleição com possível 2º turno, em 2020

A cidade de Petrolina, em Pernambuco, foi em massa às urnas no 2º turno das eleições presidenciais e registrou um nível de abstenção abaixo da média nacional, com 15,44% de ausência, no domingo, 28. A média nacional de abstenção ficou na casa dos 21%.

Em relação aos votos nominais o candidato do PT, Fernando Haddad, foi majoritário e alcançou 68,03% dos votos válidos, ou 105.663 sufrágios. O candidato do PSL, Jair Bolsonaro teve 49.661 votos, ou 31,97 em termos percentuais...

Boletim de Urna: Número de abstenção em Uauá superou a marca nacional e dobrou em relação à Juazeiro

O boletim de urna, no segundo turno das eleições presidenciais, em Uauá, no sertão da Bahia, ultrapassou em muito a média nacional, que foi de pouco mais de 21%. Na terra do bode 27,76% deixaram de ir às urnas no último dia 28 de outubro. Num comparativo com Juazeiro, que teve uma abstenção de pouco mais de 12%, a diferença ultrapassou a casa dos 50%, na totalização.

Em Uauá o candidato Haddad teve 12.716 votos, um percentual de 88,14%, contra 1.711 de Bolsonaro, o que corresponde a 11,86% dos votos válidos. Brancos e nulos ficaram abaixo de 6% e 15.212 eleitores compareceram ás urnas, no segundo turno. O percentual de comparecimento e abstenção do primeiro para o segundo turno não teve diferença substancial, mantendo praticamente os mesmos números...

BOLETIM DE URNA: Com 7,41% a mais que no primeiro turno, Haddad venceu com folga em Curaçá. Abstenção ficou acima da média nacional.


Num universo de 25.069 de eleitores cadastrados em Curaçá, 18.712 pessoas compareceram às urnas no segundo turno da eleição presidencial, 281 votantes a menos que no primeiro turno, que teve 18.993 de comparecimento. A abstenção no segundo turno ficou na casa dos 25,36%,.

Em relação aos votos nominais o Candidato Fernando Haddad (PT) obteve no segundo turno 15.160 votos e um percentual de 85,92% dos votos válidos. Em relação ao primeiro turno o crescimento de Haddad foi de 7,41%. ..

Maiores votações: Nova Pádua (RS) deu 92,5% dos votos a Bolsonaro e Guaribas (PI) registrou 97,99% em Haddad

O candidato derrotado Fernando Haddad (PT) foi vitorioso na maioria dos municípios brasileiros, na comparação com o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). De acordo a apuração concluída do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o petista venceu em 2.810 cidades e o pesselista em 2.760 municípios.

Proporcionalmente, a cidade que mais votou no capitão da reserva foi Nova Pádua (RS), onde Bolsonaro venceu com 92,96% dos votos, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Já Haddad teve sua votação mais expressiva em Guaribas (PI) onde registrou 97,99% dos votos válidos. ..

Boletim de Urna: Confira os números da eleição em Juazeiro-Ba, para presidente da República

O segundo turno das eleições 2018, em Juazeiro-Ba, mostrou um quadro muito parecido com o que aconteceu em praticamente todo Nordeste, com larga vantagem para o candidato do PT, Fernando Haddad. O candidato do PT, que liderou também no primeiro turno, alcançou 69,72% dos votos válidos, contra 30,28% de Jair Bolsonaro (PSL). Em números absolutos Haddad teve 79.982 votos e Bolsonaro teve 34.740.

O reforço para a larga margem de diferença entre os candidatos veio do interior do município, onde Haddad alcançou altos índices de votação. Na área urbana, em que pese o candidato do PT ter apresentado bom desempenho, sempre à frente de Bolsonaro, a diferença de votos não teve a mesma proporção. Levando em conta a diminuição do número de candidatos, que passou de 13 para apenas 2, do primeiro para o segundo turno, Haddad cresceu 12% e Bolsonaro pouco mais de 2%...

O discurso de Haddad após derrota nas urnas: ‘Não tenham medo’

Fernando Haddad (PT) falou pela primeira vez na noite deste domingo (28) após a derrota nas urnas para Jair Bolsonaro (PSL), que foi eleito o novo presidente da República. Ao lado da esposa Estela Haddad e da aliada Manuela D’Ávila (PC do B), que foi sua vice na chapa “O Brasil Feliz de Novo”, o petista discursou em um hotel na cidade de São Paulo e pediu para que os eleitores que votaram nele “não tenham medo”.

"Em primeiro lugar, gostaria de agradecer meus antepassados. Aprendi com eles o valor da coragem para defender a justiça a qualquer preço. Vivemos um período em que as instituições são colocadas à prova a todo instante. A começar por 2016, quando tivemos o afastamento da presidente Dilma. Depois, a prisão injusta do presidente Lula. Mas nós seguimos", começou o ex-presidente de São Paulo...

Reeleito, Rui vota na Liberdade e reafirma confiança em virada de Fernando Haddad

"Eu tenho certeza que nós vamos vencer. Hoje é o dia da virada. Como eu sempre digo na vida: com emoção é muito melhor e será a maior virada do período democrático desse país". Foi com esse clima que Rui Costa saiu da cabine de votação na manhã deste domingo (28). Governador reeleito ainda no primeiro turno, Rui chegou ao Colégio Estadual Duque de Caxias, no bairro da Liberdade, por volta das 10h24, recebeu manifestações de apoio de eleitores presentes e levou cerca de dez minutos até o momento do voto, sem enfrentar filas. 

O governador, que participou ativamente da campanha de Fernando Haddad neste segundo turno, ressaltou ainda a força do povo baiano, que deve se expressar nas urnas. "O povo da Bahia quer paz, o baiano quer democracia, quer políticas de inclusão social e não vai abrir mão em hipótese nenhuma de ter um país democrático", disse o governador ao lembrar a caminhada que aconteceu na última sexta, com a presença de Haddad, e reuniu mais de 100 mil pessoas entre Ondina e a Barra.

Rui foi votar acompanhando da Primeira-Dama do Estado, Aline Peixoto, e de deputados estaduais e federais eleitos que compõe a base. Após o voto, que durou menos de um minuto, o governador concedeu entrevista coletiva e deixou a escola às 11h05. Ele deve acompanhar a apuração no Palácio de Ondina...

Ex-prefeito Isaac Carvalho votou nesta tarde no Projeto Mandacaru, em Juazeiro-Ba

O ex-prefeito de Juazeiro e candidato a deputado federal no primeiro turno das eleições 2018, Isaac Carvalho (PCdoB) votou na tarde deste domingo 28), numa seção localizada no Projeto Mandacaru, em Juazeiro-BA. O candidato, que teve expressiva votação, mas ainda aguarda decisão na justiça para validação dos seus votos, estava acompanhado de familiares quando chegou à seção de votação. ..

Deputado reeleito Roberto Carlos (PDT) votou por volta do meio dia, em Juazeiro

O deputado estadual Roberto Carlos, reeleito, votou por volta do meio dia deste domingo, no Colégio Estadual Hildete Lomanto, em Juazeiro-Ba. O deputado chegou à seção acompanhado da filha Raquel Leal e militantes. O parlamentar já havia garantido sua reeleição no primeiro turno, com aproximadamente 70 mil votos. Com adesivos de Haddad no peito o deputado não fez questão de esconder sua preferencia e declarou voto no candidato do PT. ..

Deputado Zó, reeleito, votou pela manhã na UNIVASF

O deputado estadual, pelo PCdoB, votou no segundo turno, na manhã deste domingo (28) na seção 99, que funciona na Universidade Federal do Vale do São Francisco. O candidato foi eleito para um novo mandato no primeiro turno da eleição e defende voto para Haddad, que tem uma companheira comunista, Manuella D' Ávila, como vice. ..