RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 446 registros para a palavra: ECONOMIA

Feira de Economia Solidária chega à cidade de Juazeiro-BA e fortalece iniciativas de empreendimentos locais

Juazeiro recebe a 37° edição da Feira de Economia Solidária que tem como propósito fortalecer as iniciativas de pequenos empreendimentos solidários de todo estado da Bahia.

A comercialização acontecerá nos dias 03 e 04 de junho, a partir das 16h, no estacionamento da Orla II e contará com apresentações artísticas do evento Bule Cultural.  ..

Inflação desacelera a 1,06% em abril, maior variação para o mês desde 1996, diz IBGE

O IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) —que mede a inflação oficial do país–, desacelerou para 1,06% em abril na comparação com o mês anterior, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (11). Esse foi o maior resultado para o mês de abril desde 1996 (1,26%). Em março, o índice havia ficado em 1,62%.

Segundo o instituto, no ano, o indicador acumula alta de 4,29% e, nos últimos 12 meses, de 12,13%, acima dos 11,30% observados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em abril de 2021, a variação havia sido de 0,31%...

Ministro da Economia defende taxar super-ricos e desonerar empresas

Para destravar a reforma tributária no Senado, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta segunda-feira (9) que o governo pode apresentar uma versão “mais enxuta” do projeto com a proposta de aumento do imposto de renda sobre os super-ricos e redução dos impostos cobrados sobre as empresas.

“A hora é agora. Já aprovamos essa reforma na Câmara [dos Deputados], ela está travada no Senado. Podemos fazer uma versão mais enxuta, tributando os super-ricos e reduzindo o imposto sobre as empresas”, disse Guedes durante a apresentação de uma nova ferramenta para monitorar os investimentos no país...

Mães e filhos da Economia Solidária geram possibilidades de renda com a produção de alimentos

A goiabada cascão é um doce que reúne sabor e muito afeto, preparado pelas mãos habilidosas de mães da Economia Solidária. O produto é desenvolvido pela Associação de Moradores e Produtores de Baixa Grande e Região (AMPROBE) de Casa Nova, empreendimento que recebe assistência técnica para comercialização do Centro Público de Economia Solidária Sertão do São Francisco (CESOL-SSF), projeto vinculado a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Estado da Bahia (SETRE).

O trabalho também é realizado por mãe e filha. Maria Inês da Silva Braga e Leidilaura da Silva Braga atuam juntas na produção do doce cascão em barra e cremoso, assim como todas as atividades que realizam do dia a dia. Leidilaura é uma das sete filhas de Maria Inês, trabalhadora rural que sempre atuou na lida com a roça. Ela nasceu na comunidade de Atoleiro, no município de Casa Nova, tem cinco filhos e sua principal renda vem da produção do doce cascão.  ..

Quarta (27) acontece a inauguração do Armazém da Agricultura Familiar e Economia Solidária em Juazeiro (BA)

Está programada para a próxima quarta-feira, dia 27, às 15e30h, a solenidade de inauguração do Armazém da Agricultura Familiar e Economia Solidária de Juazeiro (BA).

O Armazém da Agricultura Familiar localizado na Orla Nova da cidade reúne cooperativas da agricultura familiar e economia solidária de todos os territórios de identidade da Bahia, para apresentar e comercializar os produtos das cooperativas de todos os territórios de identidade da Bahia e demais organizações para consumidores/as em geral, sobretudo aqueles que buscam alimentação saudável e com apelo agroecológico e orgânico...

Senado premiará iniciativas de economia solidária com o Diploma Paul Singer

Até cinco pessoas serão homenageadas anualmente pelo Senado com base em ações, projetos e outras iniciativas no campo da economia solidária. Aprovada  pelo Plenário do Senado, a homenagem será prestada com a entrega do Diploma Paul Singer, previsto no (PRS 49/2019), de iniciativa do senador Jaques Wagner (PT-BA). O parecer do senador Mecias de Jesus (Republicanos-RR) foi pela aprovação da matéria, que agora segue para promulgação.

A economia solidária tem como princípios e como práticas a colaboração, a auto-gestão, a solidariedade e o bem-estar de uma coletividade por meio de empreendimentos movidos por relações mais justas do ponto de vista social e sustentáveis econômica e ambientalmente. As estratégias da economia solidária precisam necessariamente induzir os integrantes da parceria e o público em torno dela à redução das desigualdades, ao aumento do capital econômico das pessoas pobres, com perspectivas de ganhos futuros e diminuição das disparidades de renda...

Em 2 anos de pandemia, supermercado subiu 31%, conta de luz 33% e gasolina, 44%

Desde março de 2020, primeiro mês completo da pandemia de coronavírus no país, até fevereiro deste ano, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumula alta de 16,3%, de acordo com levantamento feito pelo CNN Brasil Business.

Dados de março foram divulgados na sexta-feira (8) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Embutidos no aumento de dois dígitos estão centenas de produtos e serviços que deixaram a vida muito mais cara, e em um intervalo de tempo bem curto...

Ministério da Economia destaca a UPB como entidade municipalista que mais capacita e qualifica técnicos no Brasil

Em seu relatório anual de avaliação dos cursos e treinamentos realizados em 2021 para capacitar técnicos municipais dos 5.570 municípios brasileiros, através das entidades municipalistas, o Ministério da Economia (ME) destaca a atuação da União dos Municípios da Bahia (UPB), que qualificou quase 3 mil técnicos nas plataformas +Brasil e Gestão.Gov, gerando mais de R$ 3 milhões de economia para as prefeituras baianas.  

Somente em relação às capacitações da Plataforma +Brasil, dos 3.784 participantes entre todos os estados, a UPB capacitou 2.424 técnicos, o que representa 64% do total, gerando economia de R$ 2,9 milhões, valores que seriam gastos em deslocamentos, hospedagens e alimentação desses técnicos caso eles fossem enviados a Brasília para participar do treinamento presencial...

Brasil volta a ter mais de 65 milhões de inadimplentes

O Brasil registrou 65,2 milhões de consumidores inadimplentes em fevereiro, divulgou hoje (5) a Serasa. Essa marca não era atingida desde maio de 2020, no início da pandemia da covid-19. Esses cidadãos têm R$ 263,4 bilhões em dívidas negativadas (em atraso).

Apenas em fevereiro, o número de inadimplentes subiu 0,54%. Cada brasileiro deve, em média, R$ 4.042,08. A estatística se baseia no fato de que cada número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) tem, em média, 3,4 dívidas ativas...

Artigo - Como a guerra afeta a economia

A invasão da Ucrânia pela Rússia tem comovido a todos pelas cenas tristes protagonizadas pelos milhões de refugiados, a grande maioria mulheres e crianças, e os bombardeios às cidades ucranianas. Mas, além das consequências humanitárias, o conflito tem várias consequências econômicas com impacto mundial.

"Vivemos num mundo globalizado, com intensas trocas comerciais entre os países, ninguém está imune ao que acontece do outro lado do planeta", diz José Maurício Caldeira, sócio acionista da Asperbras...

PIB de janeiro é de 769,38 bilhões, segundo FGV

O Produto Interno Bruto (PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos no país) brasileiro teve queda de 1,4% em janeiro em relação a dezembro, de acordo com o Monitor do PIB, divulgado hoje (21) pela Fundação Getulio Vargas. No trimestre móvel encerrado em janeiro, houve crescimento de 1%, em comparação com o trimestre móvel encerrado em outubro. Na comparação com janeiro de 2021, a economia cresceu 1,2%, em janeiro deste ano. Em termos monetários, o estudo estima que o PIB, em valores correntes, totalizou R$ 769,384 bilhões, em janeiro de 2022.

O coordenador do Monitor do PIB-FGV, Claudio Considera, informou que a economia nacional cresceu trimestralmente, em média, 1,1% entre janeiro de 2019 a fevereiro de 2020, antes do início da pandemia da covid-19. De março de 2020 até janeiro de 2022, o crescimento médio foi de 0,4%. Nesses mesmos intervalos, a agropecuária evoluiu 0,6% e 0,7%, respectivamente; a indústria caiu 0,7% e cresceu 0,7; os serviços tiveram expansão de 1,4% e 0,2%. Pelo lado da demanda, o consumo das famílias cresceu 2,3% e caiu 1%; o consumo do governo reduziu 0,5% e 1%...

BC: economia recua quase 1% em janeiro

O Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) caiu quase 1% em janeiro, na comparação com dezembro do ano passado. De acordo com o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br), divulgado hoje (17) pelo Banco Central (BC), a queda foi de 0,99%, considerando o percentual já dessazonalizado para compensar eventuais diferenças entre os períodos, como o número maior de feriados ou fins de semana. Com a variação, o indicador fechou o mês em 138,48 pontos.

O IBC-Br incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: a indústria, o comércio e os serviços e a agropecuária, além do volume de impostos...

Loja de Economia Solidária de Juazeiro-BA valoriza a comercialização de pequenos empreendedores e empreendedoras do território

Com o propósito de fortalecer o comércio de pequenos empreendedores e empreendedoras locais, atendidos pelo Centro Público de Economia Solidária Sertão do São Francisco (CESOL-SSF), a loja Empório Meu Sertão dispõe de uma variedade de produtos oriundos de grupos familiares, associações e cooperativas, despertando nos clientes o interesse em consumir gêneros alimentícios e artesanatos locais.

Doces, geleias, geleiadas, artesanatos, licores, cervejas artesanais, queijos, artesanatos estão entre os produtos encontrados no local. Para chegar às prateleiras, os produtos passam pelo processo de melhorias, a partir da assistência prestada pelos técnicos do Cesol-SSF, realizada por uma equipe multidisciplinar...

Deputado Zó articula reunião do Coletivo Vivas y Unidas de Juazeiro com o Governo da Bahia para fortalecer Economia Solidária e luta das mulheres 

Na tarde desta segunda-feira, 21, em Salvador, o deputado estadual Zó, acompanhado do Coletivo Vivas y Unidas, se reuniu com a secretária de Política Para as Mulheres, Julieta Palmeira, e representantes da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte(SETRE), para  tratar da realização de uma feira de artesanato e cursos de qualificação para o público feminino de Juazeiro, bem como o fortalecimento da luta das mulheres.

O Coletivo foi representado por Nina Dantas, Priscila Roberta e Raphaella Marçal...

Embrapa prevê atingir, em até 12 anos, uma economia de mais de R$ 320 milhões por ano com o Transforma Embrapa

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), estatal com papel preponderante no desenvolvimento do agronegócio brasileiro, prepara uma grande reestruturação que deve mudar sua face nos próximos anos.

O projeto envolve corte de custos e redução de despesa com pessoal. Paralelamente, entrará em vigor um novo modelo de parceria com o setor privado que pretende tornar a empresa autossustentável, para não ter mais de depender dos recursos do Orçamento federal – sempre submetidos ao humor do governo e do Congresso – para sobreviver...

'Os dados revelam o progresso ao longo do ano', diz Leão dobre crescimento de 9,8% do volume de serviços em 2021

O volume de serviços na Bahia registrou expansão de 9,8% em 2021, na comparação com o ano de 2020. O vice-governador João Leão, secretário do Planejamento, comentou o resultado e enfatizou o crescimento alcançado. "Os dados tem revelado nosso progresso ao longo do último ano. Por mais que ainda não estejamos no patamar compatível com o potencial do estado, existe a certeza da efetividade das ações do governo e que, com o trabalho realizado, sem dúvida, dentro de algum tempo, a Bahia estará onde merece estar". 

Quatro das cinco atividades puxaram o volume de serviços para cima, com destaque para a atividade de serviços prestados às famílias (49,6%), que apontou a mais expressiva variação positiva, seguida por transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (10,4%), depois serviços profissionais, administrativos e complementares (5,9%) e serviços de informação e comunicação (0,1%). Apenas, outros serviços (-8,6%) contabilizou queda.  ..

Copom eleva Selic para 10,75%; juro básico da economia volta a dois dígitos após quatro anos

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu nesta quarta-feira (2), por unanimidade, elevar a taxa Selic de 9,25% ao ano para 10,75% ao ano – alta de 1,5 ponto percentual.

É o oitavo aumento consecutivo na taxa. Com isso, a Selic voltou ao patamar de dois dígitos pela primeira vez em quatro anos e meio – a última vez em que ela esteve neste patamar foi em julho de 2017, quando era de 10,25% ao ano...

Ministro da Economia, Paulo Guedes, critica o movimento dos servidores por recomposição salarial

O ministro da Economia, Paulo Guedes, criticou o movimento dos servidores por recomposição salarial. Segundo ele, aumentos de salários durante a pandemia não fazem "o menor sentido".

"Não deve haver reajuste de salários para cidades, estados e governo federal durante a pandemia. Qual o sentido de pedir reajuste, agora, quando temos essa crise ainda conosco, com essa variante ômicron?", questionou, durante a apresentação do resultado das contas públicas do ano passado...

Economia: Auxílio Brasil começa a ser pago nesta terça-feira

A partir desta terça-feira (18), a Caixa Econômica Federal começa a pagar a terceira parcela do Auxílio Brasil às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com o Número de Identificação Social (NIS) final 1.

A terceira parcela incluirá 3 milhões de famílias, aumentando para 17,5 milhões o total de famílias atendidas...

Sem investimentos, especialistas afirmam que economia não deve avançar em 2022

Um dos principais motores da economia de um país é o investimento, mas ele só ocorre de forma expressiva quando há confiança no governo e crescimento. Historicamente, o Brasil cresce pouco e tem investimento baixo.

E, para que o Produto Interno Bruto (PIB) cresça de forma robusta e sustentada em torno de 5% ao ano, a taxa de investimento precisa ser superior a 25% do PIB, segundo especialistas. Mas, conforme dados do Fundo Monetário Internacional (FMI) iniciados em 1980, o Brasil nunca conseguiu ter uma taxa de investimento elevada...