RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 42 registros para a palavra: lucia mota

A pré-candidatura de Lúcia Mota representa a luta de todas as vítimas da violência, destaca coluna política em Recife

O Jornalista político, colunista da Folha de Pernambuco, palestrante, comentarista da Rádio Folha, Edmar Lyra destacou a nova filiação de Lúcia Mota, ao PSDB.

“Também estou aqui por tantas outras vítimas do estado de Pernambuco porque este governo nos torna invisíveis”, afirmou a pré-candidata a deputada estadual Lucinha Mota, na noite da última segunda-feira, 21, ao ingressar no PSDB Pernambuco, partido presidido pela prefeita da Caruaru, Raquel Lyra...

Petrolina: Lúcia Mota anuncia desfiliação do PSOL. "Minha jornada política continuará. Seguirei na caminhada", afirma em nota

Pelas redes sociais, Lúcia Mota, comuniciou a sua desfiliação ao Psol-Partido Socialismo e Liberdade. "Os motivos dessa desfiliação já foram repassados ao presidente do diretório PSOL em Petrolina, que me compreendeu...Minha jornada política CONTINUARÁ. Seguirei na caminhada para dar Voz às vítimas da violência, onde eu estiver", disse Lúcinha Mota, como é conhecida.

Lúcia é mãe da garota Beatriz assassinada em dezembro de 2015 em Petrolina. A REDEGN obteve a informação que "existe convite para Lúcia Mota se filiar em outros partidos". Na próxima semana Lúcia Mota deve informar qual o partido político será o escolhido...

Advogado do acusado de matar Beatriz diz que "admira, respeita a mãe guerreira, em busca de justiça que é Lúcia Mota. Mas cliente não é o autor do crime"

Nesta sexta-feira (11), o advogado Rafael Nunes, durante entrevista na Rádio Jornal, confirmou que o homem acusado de assassinar a menina Beatriz, Marcelo da Silva, não participa da reconstituição do crime e sim de reconhecimento com pessoas que estavam no Colégio Nossa Senhhora Auxiliadora na noite do dia 10 de dezembro de 2015.

O advogado disse que "admira e respeita a luta da mulher guerreira e mãe Lúcia Mota em busca de justiça. Mas a defesa mantém o argumento que Marcelo da Silva não é o autor do crime. Muitos assuntos serão ainda devendados neste processo", disse o advogado...

Caso Beatriz: Lúcia Mota e Sandro Romilton participam amanhã, sexta-feira (11), reconstituição crime

Os pais de Beatriz, Lúcia Mota e Sandro Romilton confirmaram a REDEGN que amanhã, sexta-feira (11) participam da reconstituição do crime do assassinato da filha Beatriz.

Questionado pela reportagem da REDEGN quanto a participação de Marcelo da Silva, o homem preso pelo assassinato da estudante Beatriz Mota, de 7 anos, na Esola Nossa Senhora Auxiliadora, a Superintendência da Polícia Civl não confirmou a participação dele em Petrolina. ..

Caso Beatriz: Lúcia Mota questiona falta de assinaturas das deputadas do PT, PSOL e da delegada Gleide Angelo para garantir CPI. Deputada Dulci Amorim emite nota

Lúcia Mota gravou video cobrando da deputada Dulcineide Amorim e também da Mandata Coletiva do Psol, e de delegada Gleide Angelo a assinutura para garantir a CPI DO Caso Beatriz. No audio Lúcia argumenta sobre a importância da CPI e questiona a "tentativa de desarticulação da CPI devido a falta de assinaturas das deputadas do PT e PSOL".

"Deputados vocês representam a vontado do povo. Se manifestem a favor da justiça, da verdade, da vida, assinem a CPI precisamos de vocês", escreveu Lúcia nas redes sociais...

Caso Beatriz: "existem pessoas que estão sendo protegidas”, diz Lúcia Mota ao pedir apoio da sociedade para que o MPF seja pela federalização

A mãe da menina Beatriz, Lucia Mota, disse não ter mais dúvidas de que Marcelo da Silva é o assassino da sua filha. Entretanto, essa mesma certeza ela tem de que ele não agiu sozinho e de que existem outras pessoas envolvidas no caso. 

Por isso, vai insistir na federalização das investigações. “Diante de tudo que foi dito e dos autos do processo, não tenho dúvidas de que foi ele quem matou a minha filha. Mas eu quero saber a verdadeira motivação e quem ajudou ele. Existem outras pessoas envolvidas “, afirmou ela, durante live com o jornalista Ricardo Antunes, na noite de ontem segunda (17)...

Caso Beatriz: Lúcia Mota e Sandro Romilton são impedidos de participar de coletiva no Recife

Representantes da Polícia Civil, Polícia Científica e Ministério Público de Pernambuco ainda não iniciaram coletiva com a imprensa com o objetivo de detalhar como chegaram ao assassino da menina Beatriz. A coletiva foi marcada para esta quarta-feira (12).

Os pais de Beatriz, Lúcia Mota e Sandro Romilton que viajaram para participar da coletiva no Recife, de acordo com filmagens obtidas através da live, foram proibidos de ter acesso ao encontro entre a Secretaria Defesa Social e a imprensa. Houve tumulto pois Sandro e Lúcia "justificam que não compreendem essa atitude das autoridades". Os representantes do Governo do Estado disseram que os pais de Beatriz seriam recebidos em outro momento, e não durante a coletiva...

Psol Petrolina tem expectativa que Lúcia Mota assuma vaga Câmara de Vereadores

Ontem quarta-feira 29, o Procurador Regional Eleitoral, Roberto Moreira de Almeida, deu parecer para a ação que envolve Corrupção ou Fraude, Candidato Eleito, Percentual de Gênero - Candidatura Fictícia. De acordo com Ação Judicial que acusa o Partido Avante-Petrolina, de "desconsiderar a candidatura de uma mulher, o partido político AVANTE deixa de cumprir a cota de gênero, tendo em vista que 24 homens e 10 mulheres não garantem percentual mínimo de 30% para candidaturas do sexo feminino". 

O texto trata de recursos interpostos contra sentença da 145ª Zona Eleitoral (Petrolina/PE) em ação de impugnação de mandato eletivo (AIME). O sentenciante julgou procedente o pedido para determinar cassação dos mandatos eletivos obtidos pelos candidatos a vereador do partido político AVANTE, por entender que a candidata KLEBYA LUCIANA BEZERRA VIEIRA não pretendeu verdadeiramente concorrer às eleições...

Caminhada Justiça por Beatriz: Belo Jardim recebe Lúcia Mota e pede justiça por Beatriz nesta terça-feira (21)

A REDEGN, no início da tarde desta terça-feira (21), recebeu as primeiras fotos da Caminhada por Justiça, onde Lúcia Mota e Sandro Romilton chegando em Belo Jardim, região do agreste de Pernambuco.

Moradores de Belo Jardim, em mais um ato de apoio e solidariedade se junta a Caminhada Justiça por Beatriz. Belo Jardim é mais um trecho da caminhada de Lúcia Mota e Sandro que pedem justiça pela filha assassinada há 6 anos em Petrolina. Neste momento Lúcia, Sandro e amigos receberam a companhia dos moradores e voluntários que se juntaram a caminhada. Sanfoneiros mais uma vez levam a mensagem da musicalidade no apoio em busca de Justiça...

Caso Beatriz: Moradores de Belo Jardim preparam ato de apoio a Caminhada por Justiça

Em contato com a imprensa do município de Belo Jardim, a REDEGN obteve a informação que nesta terça-feira (21), a população vai receber,  "abraçar" e apoiar a Caminhada Justiça por Beatriz. Belo Jardim é mais um trecho da caminhada de Lúcia Mota e Sandro Romildo que pedem justiça pela filha assassinada há 6 anos em Petrolina.

O ato de apoio vai acontecer na BR 232, a partir das 10hs. D forma voluntária a cada passo moradores vão com cartazes e abraços para incentivar a caminhada e apoio. Hoje Lúcia postou declarando que já "são mais de 500 km e que continuará a luta na busca de Justiça pela filha"...

Novo manifesto de Lúcia Mota, Mãe de Beatriz, fará caminhada de Petrolina a Recife

Lucinha Mota, mãe da garota Beatriz Angélica, assinada dentro de uma escola particular de Petrolina, inicia dia 5 de dezembro, uma caminhada de protesto saindo de Petrolina até Recife, num percurso de mais de 700 KM.

A caminhada começa por volta das 3h da manhã do dia 5, com saída do Posto Paizão, em Petrolina e o destino é o Palácio das Princesas, sede do governo de Pernambuco. A pauta, de acordo com Lucinha, é uma resposta do governador a um pedido de federalização do caso e permissão para um grupo de investigadores americanos atuar no caso, que permanece sem solução...

Petrolina: PSOL emite nota em defesa de Lucia Mota

Uma liminar concedida essa suspendeu a aplicação imediata da cassação de mandato do vereador Carlos Alberto, conhecido como Júnior Gás (Avante). Em seu lugar, assumiria Lucia Mota, do PSOL. 

Em decisão anterior, o juiz Elder Muniz de Carvalho Souza considerou ilegal a chapa de vereadores do Avante pelo uso de candidaturas laranjas, resultando na cassação de Júnior Gás. Por meio de nota, o PSOL-PE saiu em defesa do mandato de Lucia Mota. ..

Junior Gás é afastado da Câmara de Vereadores de Petrolina. Lúcia Mota (PSOL) deve assumir vaga na próxima semana

O Presidente da Câmara de Vereadores de Petrolina, Pernambuco, Aero Cruz (MDB), durante a sessão desta quinta-feira (09), divulgou a portaria comunicando a suspensão do mandato do ex-parlamentar Júnior Gás.

O vereador, atual presidente da Câmara, Aero Cruz destacou que  foi notificado pela Justiça Eleitoral e que “decisão judicial não se discute, se cumpre. Me solidarizo com os servidores e o nosso vereador“, disse.”. ..

Caso Beatriz: Lúcia Mota informa que consulado americano disponibiliza peritos para ajudar na solução do homicídio ocorrido em 2015

Neste domingo, dia 11, Lucinha Mota, mãe de Beatriz Angélica Mota criança de 07 anos que morta em dezembro de 2015 no interior da Escola Nossa Senhora Auxiliadora, em Petrolina, informou que peritos americanos se colocaram à disposição para ajudar a solucionar o caso que já tem cinco anos e quatro meses de ocorrido.

O Estado de Pernambuco foi notificado através do Consulado Americano para propor uma parceria em que peritos americanos, pudessem participar do inquérito do “caso Beatriz” para contribuir com a solução do crime...

Psol de Petrolina na expectativa de ter Lúcia Mota na Câmara de Vereadores

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) investiga, em pelo menos dez municípios pernambucanos, a possibilidade de candidaturas laranjas na disputa municipal de novembro do ano passado. Os casos giram em torno da fraude de candidaturas femininas para atingir o percentual mínimo por gênero estabelecido pela legislação eleitoral, que é de 30% para homem ou para mulher.

Criada para equilibrar a participação feminina em disputas proporcionais, a nova legislação eleitoral, através da Lei das Eleições, que também trata das cotas de gênero, é frequentemente desrespeitada, e já há ações nesse sentido desde as Eleições de 2018...

Caso Beatriz: Lúcia Mota volta a criticar investigação; Polícia Civil rebate e diz que investiga o caso com total empenho

Lucia Mota, mãe Beatriz Angélica, assassinada no dia 10 de dezembro de 2015 durante uma festa de formatura no Colégio Maria Auxiliadora, em Petrolina, através de uma transmissão de Live acusou que possui imagens que possivelmente mostram policiais conversando com o assassino da garota na data do crime. 

A declaração foi dada na noite de quinta-feira (30) durante uma live nas redes sociais. Na transmissão, Lucia Mota, que realiza uma investigação paralela mostrou a movimentação do assassino. Além de fazer um panorama do ambiente da escola ela voltou a fazer críticas ao governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e à Polícia Civil...

Caso Beatriz: Lúcia Mota denuncia mais uma vez agentes do Estado e solícita Polícia Federal nas investigações

Durante visita ao município de Petrolina, Pernambuco, nesta sexta-feira 14, o Governador de Pernambuco, Paulo Câmara recebeu o pedido de Lúcia Mota, mãe de Beatriz Angélica, criança assassinada em 2015, em Petrolina, uma carta/documento com a solicitação para "Federalizar as investigações do Caso Beatriz Mota".

Lúcia e Sandro Romilton solicitaram mais uma vez a federalização com o objetivo de trazer agilidade na investigação do caso, que ainda se encontra em andamento após 04 anos. Eles acusaram com "denúncias apresentadas  à Corregedoria da Polícia Civil e à Secretaria de Defesa Social no último mês de setembro 2019, de que agente público e importante autoridade responsável pelas investigações, simultaneamente, prestava serviços particulares ao Colégio Nossa Senhora Auxiliadora"...

Psol de Petrolina promove debate e discute direitos humanos com a presença de Lúcia Mota

O PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) de Petrolina realiza nos dias 14 e 15 de fevereiro, o debate "a Petrolina que Temos e a cidade que queremos". Com o tema "Outra Petrolina é Possível, o evento será realizado no Recanto Madre Paulina.

A programação consta para a sexta-feira 14, às 19hs, de um ato de filiação uma análise de conjuntura internacional, nacional e local. No sábado 15, a partir das 8hs da manhã uma mesa redonda discute a Saúde Pública, uma visão de esquerda, direitos humanos e cidadania e mulheres no espaço do poder. Uma das palestrantes é a pré-candidata a vereadora Lúcia Mota. Lúcia é filiada ao Psol e concorreu nas últimas eleiçãoes a deputada estadual e recebeu mais de 16 mil votos...

Caso Beatriz:  Corregedoria Geral da Secretaria de Desenvolvimento Social-PE anuncia investigação preliminar para apurar denúncia de Lúcia Mota


Como divulgado pelo Blog GJ Notícias, ontem, a mãe da garota Beatriz Angélica, assassinada barbaramente dentre do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, em Petrolina, a pouco mais de 3 anos, apresentou denúncia ao Ministério Público de Pernambuco e Corregedoria Geral da Secretaria de Defesa Social, onde apontou um suposto envolvimento de agentes públicos, que estariam, segundo a mãe, provocando morosidade nas investigações.

Lucia Mota, mãe da garota Beatriz, contesta a atuação de um perito, responsável por emitir laudos técnicos no caso, por ele ter prestado serviços ao Colégio onde ocorreu o crime...

Caso Beatriz: Lúcia Mota e grupo Amigos de Beatriz fazem protesto na Câmara de Vereadores de Petrolina contra a presença do Advogado Wank Medrado

A mãe da menina Beatriz, Lúcia Mota, realizou na manhã desta terça-feira (08) um ato de repúdio, na frente da Câmara de Vereadores de Petrolina. O protesto foi contra o espaço concedido na tribuna da Casa Plínio Amorim ao advogado Wank Medrado, que defende Alisson Henrique Carvalho, suspeito de ter apagado imagens das câmeras de segurança que poderiam ter ajudado nas investigações do assassinato de Beatriz.

Parentes e amigos da menina Beatriz se manifestaram através de faixas, cartazes e um carro de som. No microfone, Lúcia Mota, disse que não concordava com a atitude da Câmara de Vereadores. "Este é um ato de repúdio contra os vereadores da Câmara de Petrolina. No dia do crime, a polícia pediu a Alisson as imagens das câmeras, e o que foi que Alisson disse no dia? Porque ele não entregou as imagens naquele dia para a polícia? Muitas perguntas precisam ser respondidas pelo advogado de Alisson, mas não é aqui não, é no judiciário. É onde ele está respondendo um processo por ter obstruído as investigações do caso Beatriz", esclareceu Lúcia...