RedeGN - Sempre ligado.

Foram encontrados 29 registros para a palavra: e Bolsonaro

Lula e Bolsonaro tem maior tempo de TV e rádio; confira a divisão entre os candidatos

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) conseguiu o maior bloco partidário para disputar o Palácio do Planalto. O presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, tem a segunda maior composição. O número de partidos na coligação é importante porque através dele se traduz o tempo de propaganda e fundo eleitoral. Além disso, a coligação também assegura capilaridade da busca por votos. 

Com a definição das chapas e coligações que disputarão a corrida pelo Palácio do Planalto, neste ano, já é possível estimar o tempo de rádio de TV que cada candidato terá para expor suas propostas...

Pesquisa Quaest para presidente: Lula tem 44% e Bolsonaro, 32%

Pesquisa Genial/Quaest para as eleições presidenciais de 2022, divulgada em primeira mão pela CNN nesta quarta-feira (3), traz o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à frente, com 44% das intenções de voto no primeiro turno, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), com 32%. 

Depois aparecem Ciro Gomes (PDT), com 5%; André Janones (Avante) e Simone Tebet (MDB), com 2%; e Pablo Marçal (Pros), com 1%.  Seis nomes incluídos na pesquisa não pontuaram: Felipe d’Avila (Novo), José Maria Eymael (DC), Leonardo Péricles (UP), Luciano Bivar (União Brasil), Sofia Manzano (PCB) e Vera Lúcia (PSTU). Bivar desistiu da disputa no último domingo (31). ..

Lula e Bolsonaro têm responsabilidade de promover a paz no país, diz Pacheco

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), lamentou, nesta segunda-feira (11), a morte do petista Marcelo Arruda, guarda municipal que fazia uma festa com temática do PT e teve o evento invadido por um agente penitenciário federal. Após discussão, ambos foram baleados em troca de tiros.

Para Pacheco, líderes políticos mais “expressivos” devem promover a paz para desencorajar atos de violência impulsionados por ideologias políticas...

Pesquisa BTG/FSB: Lula lidera com 41% e Bolsonaro tem 32%

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 41% das intenções de votos na disputa pela Presidência da República. O presidente Jair Bolsonaro (PL) vem em seguida, com 32%. É o que aponta nova pesquisa encomendada do banco BTG Pactual ao instituto FSB, divulgada na manhã desta segunda-feira (11/7).

Na terceira colocação, está Ciro Gomes (PDT), com 9%, seguido por Simone Tebet (MDB), com 4%, e André Janones (Avante), com 3%. Pablo Marçal (Pros), Felipe D'Ávila (Novo) e Vera Lúcia (PSTU) aparecem empatados com 1%...

Paraná Pesquisas/ BN: Na Bahia, Lula tem 49,8% dos votos e Bolsonaro 26,5%

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a preferência de voto entre os eleitores baianos para retornar ao Palácio do Planalto. O petista é opção para 49,8% dos entrevistados pelo Instituto Paraná Pesquisas, entre os dias 30 de junho e 4 de julho, sob encomenda do Bahia Notícias. O presidente Jair Bolsonaro (PL) aparece em segundo lugar, com 26,5% das intenções de voto.

O site Bahia Noticias divulgou a pesquisa nesta terça-feira (5)...

Mar de motocicletas conduz Roma e Bolsonaro do Farol ao Parque dos Ventos

Um mar de motocicletas cruzou a terra firme entre o Farol da Barra e o Parque dos Ventos, em Salvador, na motociata que reuniu o pré-candidato a governador da Bahia, João Roma (PL), e o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), nas celebrações do 2 de Julho, neste sábado. 

"Sabemos, sem dúvida, que precisamos reafirmar nossos valores e nossas conquistas como a liberdade, a independência e a nossa democracia. Mas dói no nosso coração ver o Brasil avançando com esse velho amarelo e o governo da Bahia remando para os lados", discursou o ex-ministro da Cidadania e deputado federal, João Roma, que esteve também acompanhado pela pré-candidata ao Senador, Raíssa Soares (PL)...

Pesquisa FSB/BTG/Pactual mantém Lula em primeiro e Bolsonaro em segundo. Confira os números

Pesquisa divulgada nesta segunda-feira (13), do Instituto FSB, contratada pelo banco BTG Pactual, confirma a liderança do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no quesito estimulado, com 44% das intenções de votos, seguido por Jair Bolsonaro com 32%.
Ciro Gomes (PDT), com 9% é o terceiro colocado, seguido por Simone Tebet (MDB), com 2%; André Janones (Avante) e Felipe D'Avila (Novo), ambos com 1%. 

Leonardo Péricles (UP), Luciano Bivar (União Brasil), Sofia Manzano (PCB), Vera Lucia (PSTU), José Maria Eymael (DC) e Pablo Marçal (Pros) não pontuaram. ..

ACM Neto descarta diálogo com o PL para construção de aliança com Roma e Bolsonaro

O pré-candidato ao governo do Estado, ACM Neto, negou que exista um diálogo entre o União Brasil e o Partido Liberal para uma aliança nas eleições deste ano.

A informação foi divulgada pelo jornal Valor Econômico, nesta segunda-feira (23). De acordo com a publicação, o presidente Jair Bolsonaro estaria avaliando uma aproximação com o ex-prefeito de Salvador, e para isto, o ex-ministro da Cidadania João Roma, deixaria de ser pré-candidato ao governo da Bahia...

Pesquisa Ipespe: Lula lidera com 44% e Bolsonaro segue com 32%

A terceira rodada da pesquisa Ipespe do mês de maio mostra que o cenário eleitoral na disputa pela Presidência da República permanece estável. Segundo o levantamento, tanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) quanto o presidente Jair Bolsonaro (PL) repetiram a pontuação do levantamento da semana anterior. Lula segue líder com 44% das intenções de voto na estimulada para o primeiro turno, seguido por Bolsonaro, com 32%.

Ciro Gomes (PDT) tem os mesmos 8% da última pesquisa, e João Doria (PSDB) oscilou de 3% para 4%. André Janones (Avante) e Simone Tebet (MDB) mantiveram 2% cada, e o restante não pontuou. Indecisos, brancos e nulos somaram 8%, o menor porcentual desde setembro do ano passado...

Pesquisa Quaest/Genial: Lula tem 45% e Bolsonaro, 25%; Ciro tem 7% e Moro, 6%


Pesquisa Quaest / Genial para as eleições presidenciais de 2022, divulgada em primeira mão pela CNN nesta quarta-feira (15), traz o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à frente, com 45% das intenções de voto no primeiro turno, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), com 25%. Depois, aparecem os candidatos Ciro Gomes (PDT), com 7%, e Sérgio Moro (Podemos), com 6% das menções.

No cenário com o maior número de candidatos, o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), figura com 2% das intenções de voto, mesmo percentual do deputado federal André Janones (Avante)...

Pesquisa Ipespe: Lula tem 43% e Bolsonaro, 26%; Moro, 8% e Ciro, 7%

A mais recente pesquisa Ipespe para as eleições presidenciais de 2022, divulgada nesta sexta-feira (25), mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está à frente nas intenções de voto no cenário estimulado, sendo o nome escolhido por 43% dos entrevistados, seguido do presidente Jair Bolsonaro (PL), que aparece com 26%. Os pré-candidatos Sergio Moro (Podemos) e Ciro Gomes (PDT) aparecem com 8% e 7%, respectivamente, das menções.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), tem 3% das intenções de voto. Simone Tebet (MDB), Eduardo Leite (PSDB), André Janones (Avante) e Felipe d’Avila (Novo) registram 1% das intenções. O nome de Alessandro Vieira (Cidadania) foi citado, mas não chegou ao indicativo de 1%...

Pesquisa Ipespe: Lula tem 43% e Bolsonaro, 25%; Moro e Ciro empatam com 8%

A nova pesquisa Ipespe para as eleições presidenciais de 2022, divulgada nesta sexta-feira (11), indica que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera as intenções de voto na pesquisa estimulada com 43%, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), com 25%. Ciro Gomes (PDT) e Sergio Moro (Podemos) empatam em 3º lugar, com 8%.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), vem em 4º lugar, com 3% das intenções de voto. Depois, aparecem Simone Tebet (MDB) e André Janones (Avante), empatados com 1%. Os nomes de Rodrigo Pacheco (PSD), Alessandro Vieira (Cidadania) e Felipe d’Avila (Novo) não pontuaram...

Pesquisa Ipespe: Lula tem 44% e Bolsonaro, 24%; Moro e Ciro empatam em terceiro

A nova pesquisa Ipespe relativa à disputa presidencial das eleições 2022, divulgada nesta quinta-feira (27), mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na frente no cenário estimulado para o primeiro turno com 44%, contra 24% do presidente Jair Bolsonaro (PL) e 8% dos ex-ministros Sergio Moro (Podemos) e Ciro Gomes (PDT), que empataram.

Nas outras posições, sequencialmente, aparecem João Doria (PSDB), com 2%, e Simone Tebet (MDB), Rodrigo Pacheco (PSD) e Alessandro Vieira (Cidadania) com 1% das intenções de voto. O pré-candidato Felipe d’Avila (Novo) não pontuou...

Lula tem 48% das intenções de voto, e Bolsonaro 21%, diz pesquisa Genial/Quaest, divulgada nesta quarta (10)

Pesquisa Genial/Quaest divulgada nesta quarta-feira (10) mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 48% das intenções de voto para as eleições presidenciais de 2022, contra 21% do presidente Jair Bolsonaro.(Sem partido).

Neste cenário, eles são seguidos pelo ex-ministro Sergio Moro –  que se filiou ao Podemos nesta quinta, com 8%; pelo ex-ministro Ciro Gomes (PDT), com 6%; pelo governador de São Paulo, João Dória (PSDB), com 2%; e pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), com 1%. Felipe d’Avila (Novo) não pontuou. Os votos brancos e nulos somaram 10%, e 4% dos eleitores se declararam indecisos...

Paraná Pesquisas: Lula e Bolsonaro aparecem empatados, mas petista venceria no 2º turno

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente Jair Bolsonaro aparecem tecnicamente empatados no levantamento mais recente de intenções de voto para as eleições de 2022. O empate se repete em três dos cenários pesquisados pelo Instituto Paraná Pesquisas, com o petista em vantagem tímida.

Na primeira situação, Lula aparece ligeiramente a frente com 33,7% e Bolsonaro fica em segundo com 32,7%. O apresentador Datena foi a escolha de 7% e Ciro Gomes de 6,8%. Já o tucano João Doria somou 3,9%; o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandette 1,8%; Simone Tebet foi a opção de 0,7% dos eleitores; e Rodrigo Pacheco de 0,6%. Aqueles eleitores que não responderam equivalem a 3,3% e os que sinalizaram que votariam branco ou nulo 9,4%...

Lula tem 49% das intenções de voto e Bolsonaro, 23%, aponta pesquisa Ipec

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece com 49% das intenções de voto para a Presidência da República para 2022. Já o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) aparece com 23%, segundo pesquisa do instituto Inteligência em Pesquisa e Consultoria (Ipec), criado por ex-profissionais do Ibope, divulgada nesta sexta-feira (25).

Se considerados os votos válidos, o petista teria 56% das intenções e venceria já no primeiro turno. Já Bolsonaro, ficaria em segundo lugar, com 23% dos votos totais e 26% dos válidos...

Ex-ministro Mandetta sugere 'polo democrático para o Brasil' contra Lula e Bolsonaro

A polarização entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que recuperou seus direitos políticos após decisão do STF de anular os processos e declarar Sérgio Moro suspeito, foi criticada pelo ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em entrevista concedida à Rádio Folha 96,7 FM, nesta quinta-feira (25). Com nome colocado como um dos possíveis pré-candidatos em 2022, ele sugeriu a criação de um "polo democrático como alternativa ao Brasil".

Em relação à confirmação do seu nome como pré-candidato, ele procurou ser cauteloso. "O que a gente tem hoje é um chamado", dizendo que existem alternativas para o que chamou de "polos populistas", se referindo ao atual presidente e a Lula. "Esses dois polos já estão colocados. O que a gente está querendo não é um polo de Lula contra o polo Bolsonaro. É um polo democrático para o Brasil, composto por todas as pessoas que entendem que a gente vai ter que reunificar o País. Num polo desses dois, o Brasil perde", avaliou..

Regina Duarte fala em carta branca ao assumir Cultura e Bolsonaro cita poder de veto

Num evento com poucos representantes da classe artística e no qual apareceu de braços dados com o vice-presidente da República, o general Hamilton Mourão, a atriz Regina Duarte assumiu ontem quarta-feira a Secretaria Especial da Cultura do governo de Jair Bolsonaro. Ela prometeu pacificar a pasta e manter diálogo com a classe cultural e com o Congresso.

"Meu propósito aqui é de pacificação, diálogo permanente com o setor cultural, estados e municípios, Parlamento e com os órgãos de controle", disse. Olhando para Bolsonaro, a atriz relembrou a promessa feita a ela de que teria liberdade para escolher os integrantes da secretaria...

PIB do Brasil cresce 1,1% em 2019, menor avanço em 3 anos e Bolsonaro faz piada para responder as perguntas dos jornalistas

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro cresceu 1,1% em 2019, segundo divulgou nesta quarta-feira (4) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi o desempenho mais fraco em 3 anos, com o resultado afetado principalmente pela perda de ritmo do consumo das famílias e dos investimentos privados.

Em valores correntes, o PIB do ano passado totalizou R$ 7,3 trilhões em 2019. Foi a 3ª alta anual consecutiva após 2 anos de retração, mas a recuperação lenta ainda mantém a economia do país abaixo do patamar pré-recessão...

Petrobras diz que mantém política de preços da gasolina e Bolsonaro convoca reunião para discutir impactos da alta do petróleo

O presidente Jair Bolsonaro vai se reunir na segunda-feira (6/1) com técnicos da Petrobras e da área econômica para discutir os impactos da alta do preço do barril de petróleo no mercado interno. Ele garante, contudo, que a reunião é apenas para discutir o diagnóstico sobre o cenário e eventuais medidas para mitigar os efeitos sobre os custos da gasolina e do óleo diesel, não havendo quaisquer relações com uma possível intervenção na política de preços da estatal. 

A possibilidade de o governo intervir na política de reajustes da Petrobras não está descartada, segundo assessores próximos do presidente. Sobretudo se houver uma escalada do clima de tensão entre Irã e Estados Unidos. Uma ação militar comandada pelos Estados Unidos em um aeroporto em Bagdá na madrugada desta sexta deu início a uma crise entre os dois países após o assassinato do general iraniano Qasem Soleimani. ..