Foram encontrados 986 registros para a palavra: Univasf

Cemafauna inicia campanha pela conscientização no trânsito no CCA da Univasf em Petrolina

A maior causa de morte de animais silvestres antes mesmo do tráfico é o atropelamento. Segundo estudo realizado pelo Centro de Estudos em Ecologia de Estradas (CBEE) da Universidade Federal de Lavras, em Minas Gerais, no ano de 2015 foi registrado um número alarmante: cerca de 475 milhões de animais selvagens morreram no Brasil. Em Petrolina, o Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna Caatinga) inicia uma campanha para conscientização da comunidade acadêmica do Campus de Ciências Agrárias da Universidade do Vale do São Francisco.

A iniciativa ocorre devido ao número preocupante de atropelamentos presenciados por colaboradores do Centro de Triagem de Animais Silvestres do Cemafauna. Somente na semana passada foram atropelados um teiú e uma ave e nesta segunda, 11, uma serpente. A veterinária do Cemafauna, Adriana Alves ressalta que esse ano é atípico diante dos últimos cinco anos em virtude das abundantes chuvas. Muitos animais se reproduziram, aumentando o número de adultos e filhotes em intenso deslocamento em razão da alta disponibilidade de alimento e água.  ..

Prova de seleção para projeto “A Univasf descobrindo talentos em matemática” acontece neste sábado (16)

O Núcleo de Pesquisa e Ensino em Matemática (Nupemat) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) irá realizar, neste sábado (16), o processo seletivo para o projeto de extensão “A Univasf descobrindo talentos em matemática”. A seleção será realizada através de exame, que acontecerá no bloco de salas de aula, Campus Petrolina Centro, das 8h30 às 11h30. No total, 900 estudantes se inscreveram para participar do processo seletivo. 

As provas serão realizadas nas salas de número 1 a 7, 16 a 28 e no Núcleo Temático 3. No mural de entrada do bloco de salas de aula, haverá as listas com os nomes dos estudantes e as salas onde irão realizar os exames. O resultado com os classificados para o projeto está previsto para ser divulgado a partir do dia 20 de abril e as aulas terão início no dia 23 de abril. Mais informações podem ser obtidas no site do Nupemat/Univasf, no telefone (74) 2102-7649 ou pelo e-mail: [email protected]

O projeto, criado em março de 2012, é coordenado pelo professor da Univasf Severino Cirino. A iniciativa tem o objetivo de incentivar o ensino da matemática e preparar os estudantes para a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), ofertando oficinas gratuitas da disciplina para estudantes de escolas públicas. ..

Política e cultura reuniram professores, artistas e intelectuais em ato na Univasf de Petrolina para afirmar o não ao golpe

O auditório da reitoria da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), foi palco nesta noite de quinta-feira, 14, de um grande ato político cultural pela democracia. A capacidade do auditoria de 200 cadeiras foi preenchida sem contar quem estava de pé, totalizando uma média de mais de 300 pessoas.

Intercalando a0resentações culturais com as falas de saudação dos presentes, o ato empolgou e emocionou os presentes. Palavras de ordem como ‘Não Vai ter Golpe Vai ter luta’ ecuavam a todo instante. Durante mais de duas horas, se reversaram no palco apresentações de artistas da região e falas em defesa da democracia e contra o golpe...

Espaço do Leitor: Sobre os Concursos da UNIVASF.

Caro Geraldo,

Recentemente pude observar nos editais para concurso da UNIVASF uma prática que se não for ilegal e criminosa é no mínimo imoral e antiética. 
 
As exigências para os candidatos concorrerem a determinadas vagas são extremamente específicas, como se fossem direcionadas a quem já teriam aqueles pré-requisitos. Muito nos faz lembrar as licitações de algumas Prefeituras com especificações direcionadas a empresas...
 
Vou dar exemplos, no recente edital de concurso com inscrições abertas no último dia 08 de abril, EDITAL Nº 11 DE 07 DE ABRIL DE 2016, para concorrer ao cargo da área de Biologia do Solo um dos requisitos exigidos na formação acadêmica do candidato são "possuir nos últimos três anos (2013, 2014 e 2015) publicação de pelo menos 3 (três) artigos em periódicos indexados classificados no mínimo como "B1" ou equivalente no Qualis da área de Ciências Agrárias I da CAPES"; o mesmo ocorre para a vaga de Estatística Experimental Aplicada à Ciência Animal que tem como um dos requisitos "possuir pontuação mínima de 0,7 nos últimos 03 anos em artigos equivalente "A1" em periódicos Qualis CAPES na área de Medicina Veterinária e/ou Zootecnia e Recursos Pesqueiros"; ocorrendo exigência semelhante também para a vaga de Nanobiotecnologia e Química de Biomoléculas com "possuir três artigos "B1" nos últimos três anos na área de Materiais e/ou na área da Farmácia". Segue o link do referido edital: www.sistemas.univasf.edu.br/concurso/
 
Os concursos para o preenchimento do quadro de professores da Universidades Federais são realizados pelos departamentos das próprias universidades, a exigências são determinadas de acordo o quadro ofertado, pode-se exigir Mestrado, Doutorado e até Pós-Doutorado ou Livre-Docência em determinada área. Mas essa prática adotada pela a UNIVASF de exigir publicações de artigos em revistas e periódicos com "qualis" específicos nos dá o indicativo que esses Concursos são "viciados", que é um termo usado para indicar aquilo que se tornou moralmente degradado e corrupto, ou seja possa ser que esses concursos já estejam com suas vagas marcadas e direcionadas a determinadas candidatos. 
 
Não venha a Universidade justificar tais exigências com o argumento de que essas especificações são para selecionar os melhores professores porque não é. É fato e notório que sequer o Mestrado ou Doutorado são garantias de que o selecionado para a vaga seja um bom professor. A prova didática realizada é extremamente subjetiva e já alvo de muitas críticas, pois todos os integrantes da banca de uma prova didática podem ser amigos ou conhecidos do avaliado.
 
Vale lembrar que o salário inicial dessas vagas chegam a R$ 8.639,50.
 
Não é raro vermos esposas ou maridos de professores da Universidade serem aprovados nesses Concursos, cujo editais de seleção adotam práticas danosas como essas que cito. 
 
Vale um olhar mais atento da comunidade e do Ministério Público Federal para essas práticas. Que esses Concursos sejam investigados! 
 
Uma Universidade é um centro de formação não apenas profissional, mas moral e ético dos seus alunos e de toda a população, ali devem estar as pessoas de caráter inquestionável da nossa sociedade. 
 
Frente ao exposto de suspeitos atos de corrupção nas seleções de seus professores, não é de assustar o porquê tantas Universidades defendem os atos transgressores da ética, da moral e da Lei do atual Governo Petista. 
 
Olhem ai, talvez, o porquê de tantos professores universitários, aqui digo professores com "p" minúsculo, defenderem um governo tão corrupto como o atual.
 
Que a sociedade abra os olhos para as Universidades, ali são formados os nossos profissionais e ali também é formado o nosso Brasil.
 
Ceciliano Almeida
..

Reitor da Univasf é reconduzido ao cargo em solenidade no MEC

O professor Julianeli Tolentino de Lima foi reconduzido, na tarde de ontem (6), à Reitoria da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). O ato oficializado pelo ministro Aloizio Mercadante, ocorreu em Brasília, no Ministério da Educação (MEC). Para a assinatura do termo de posse, na mesa de honra, além do ministro Mercadante e do reitor Juianeli Tolentino, o secretário Executivo do MEC, Luiz Claudio Costa e o secretário de Educação Superior, Jesualdo Farias. Professor Telio Nobre Leite que ocupará o cargo de vice-reitor da Univasf, e assessores do Gabinete da Reitoria participaram da cerimônia, transmitida ao vivo pela TV Caatinga. O evento contou ainda com a presença dos deputados Paes Landim e Adalberto Cavalcanti.

Em seu pronunciamento, Aloizio Mercadante enfatizou a relevância da Univasf e os atuais desafios para as universidades, também foi enfático ao destacar políticas públicas do governo, promovidas nos últimos anos, ao citar Prouni, Fies, a política de cotas, e o recém-criado Hora do Enem, lançado na última terça-feira (5), programa de TV e plataforma de estudos com conteúdos voltados à preparação de participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Conforme o ministro, além de um plano de estudo individualizado, os alunos do último ano do ensino médio irão acessar na plataforma, 1.200 videoaulas e três mil exercícios.

“Lançamos um instrumento dos mais avançados em termos de tecnologia da informação para ajudar os estudantes do terceiro ano do ensino médio, os concluintes - são 2 milhões e 200 mil estudantes – para poderem se preparar para o Enem, e eles vão poder acessar a partir de hoje a plataforma Hora do Enem, o aluno diz qual é curso que quer fazer, qual é o tempo que quer estudar, responde algumas perguntas, tem um diagnóstico da situação dele e recebe um plano de estudo individualizado. Vamos fazer um simulado dia 30 de abril e quatro simulados até o Enem, terminou o simulado - é online - ele recebe, na mesma hora, a nota que ele tirou, em quais cursos ele entraria”. Explicou Mercadante.

Em seu discurso, Julianeli Tolentino comentou sobre o êxito da Univasf e quantificou os avanços desde o inicio das atividades acadêmicas, em 2004: “Passados 11 anos essa é a nova configuração da Universidade Federal do Vale do São Francisco: seis campi, distribuídos nos estados de Pernambuco, Bahia e Piauí; 550 professores; 360 servidores técnico-administrativos; aproximadamente sete mil alunos em 30 cursos de graduação e mais de 20 cursos de pós-graduação (lato e stricto senso); 11 cursos a distância, em 38 pólos distribuídos nos três estados”, disse.

Com o mesmo tom de otimismo, Julianeli falou sobre a necessidade de mais investimentos para que a Univasf consolide uma agenda positiva de desenvolvimento institucional e para a região do Vale do São Francisco. “Temos plena consciência de que precisamos avançar mais, especialmente na formação de jovens que, por sua vez, também possam atuar como agentes multiplicadores do conhecimento produzido na academia, impactando diretamente a vida das pessoas, transformando a realidade e o ambiente em que vivem, visto que uma universidade não pode estar alheia às necessidades da comunidade local, nem tão pouco subestimar a sua capacidade de atuação”. 

Julianeli chega ao segundo mandato de reitor da Univasf com a indicação do Conselho Universitário (Conuni) por maioria dos votos, e também respaldado pelo êxito obtido na consulta eleitoral informal, realizada junto à comunidade acadêmica que o elegeu reitor e ao professor Telio Leite para a Vice-reitoria. A chapa formada por Julianeli e Telio recebeu mais de 53% dos votos, tendo o Conuni confirmado este resultado em votação uninominal. A decisão da escolha do dirigente da instituição, além de atender à resolução do Conuni, obedece a legislação específica para escolha dos dirigentes das instituições federais de ensino superior. ..

Reconhecimento do curso de Arqueologia e Preservação Patrimonial da Univasf é renovado pelo Ministério da Educação

O curso de Arqueologia e Preservação Patrimonial da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), ofertado no Campus São Raimundo Nonato (PI), obteve a renovação do seu reconhecimento pelo Ministério da Educação (MEC). Para a renovação, o curso passou por uma avaliação, por meio da visita de representantes do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao MEC. A visita dos representantes do Inep ocorreu no período de 23 a 26 de setembro do ano passado. 

Esta avaliação é realizada a cada três anos, no caso dos cursos de Arqueologia, que não possuem diretriz curricular nacional formalizada pelo MEC. Assim, é realizada uma análise documental e uma visita in loco pelos avaliadores específicos (ad-hoc) do Inep para emissão do Conceito de Curso. Nesta visita, são avaliadas a estrutura física da instituição, a condição pedagógica do curso e a atuação do corpo docente. 

Depois de avaliado, o curso recebeu Conceito de Curso igual a 4, numa escala que vai de 1 (menor nota) a 5 (maior nota). Segundo o procurador institucional da Univasf, João José Gouveia, é necessário que o curso possua conceito acima de 3 para que sua oferta seja mantida pela instituição de ensino. “Em todas as dimensões avaliadas, o desempenho do curso de Arqueologia e Preservação Patrimonial da Univasf foi considerado pelos avaliadores como muito bom e excelente, resultando neste conceito”, afirma. 

O reconhecimento dos cursos avaliados foi divulgado na Portaria de Nº 57 no Diário Oficial da União (DOU) do dia 9 de março. Segundo Gouveia, todo curso superior necessita passar por avaliações periódicas para poder ser ofertado. “Primeiramente, os cursos precisam ser autorizados. Em seguida, precisam ser reconhecidos e periodicamente avaliados pelo MEC a fim de garantir a qualidade da oferta de cursos de nível superior no Brasil”, explica. ..

Matrículas de convocados no 1º Remanejamento do Sisu 2016 serão realizadas em 30 de março

A Secretaria de Registro e Controle Acadêmico (SRCA) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) realizará, na próxima quarta-feira (30), as matrículas dos candidatos convocados no 1º Remanejamento do Processo Seletivo para Ingresso nos Cursos de Graduação (PS-ICG 2016). Os convocados irão preencher 132 vagas abertas em todos os cursos de graduação presenciais da Univasf. 

As matrículas serão realizadas, presencialmente ou por meio de procuração, no horário das 8h às 11h e das 14h às 17h. Os candidatos remanejados para os cursos dos campi de Petrolina e Juazeiro farão o procedimento na sala 12, do bloco de salas de aulas, Campus Petrolina Centro (Av. José de Sá Maniçoba, S/N). Para os cursos ofertados em outros campi, a matrícula será realizada no campus onde o curso é realizado, conforme Anexo 1 da Portaria N° 3/2016

Os candidatos convocados para os grupos L1 e L2 (renda inferior a 1,5 salário mínimo per capita) devem preencher o questionário socioeconômico, através do endereço eletrônico do Sistema de Avaliação Socioeconômica (Sase) e postar os documentos comprobatórios até as 16h do dia 30 de março, caso não tenham realizado o preenchimento na época da convocação. Consulte Nota Oficial da SRCA sobre o procedimento. 

A documentação necessária para efetuar a matrícula consta no Edital N° 1/2016 do PS-ICG 2016. Outras informações estão disponíveis no Portal do Processo Seletivo.  ..

Estão abertas as inscrições para nova aplicação de exames do TOEFL – ITP na Univasf

O terceiro lote do ano de exames TOEFL-ITP que será ofertado durante o mês de abril na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) está com inscrições abertas. São ofertadas 150 vagas para discentes de graduação e pós-graduação regularmente matriculados em cursos presenciais e de educação a distância dos campi Petrolina (PE) e Juazeiro (BA). Servidores com Siape ativo há seis meses também poderão participar. O TOEFL – ITP é um teste de proficiência em língua inglesa que tem como objetivo diagnosticar o nível de conhecimento do idioma.

Os interessados devem realizar a inscrição no site do Programa Idiomas sem Fronteiras (IsF) do Ministério da Educação (MEC) até três dias antes da realização do teste. A aplicação das provas será realizada no Campus Juazeiro (BA), no dia 5 de abril, às 14h, e nos dias 14 e 28 de abril, às 19h. Ao acessar o sistema, o candidato verá a disponibilidade de horário. Os candidatos que realizaram a primeira ou a segunda aplicação do TOEFL, deste ano, não poderão participar deste lote do exame. 

Aqueles que farão o exame pela primeira vez e os que já fizeram em anos anteriores realizarão provas diferentes. No dia do teste, é necessário levar documento de identidade válido com foto. É importante que os candidatos que quiserem alterar a data da prova ou queiram desistir, registrem no sistema com antecedência da aplicação para não serem prejudicados. 

Os problemas referentes à inscrição devem ser tratados, exclusivamente, por meio do chamado no Fale Conosco no site do Idiomas sem Fronteiras. Os tutoriais para auxiliar no procedimento de inscrição e para abertura de chamado estão disponíveis nos links abaixo.

Segundo o professor do colegiado de Artes Visuais e coordenador do programa Idiomas sem Fronteiras na Univasf, Fulvio Torres Flores, o TOEFL será realizado nos demais campi da instituição a partir de maio. Mais informações podem ser obtidas por meio das perguntas de número 6, 7 e 8, disponíveis no FAQ do site da Univasf do Programa IsF ou pelo e-mail [email protected].  ..

I Congresso Regional de Segurança em Saúde do Trabalho será realizado em Juazeiro

No dia 09 de abril acontecerá na Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) o I Congresso Regional de Segurança em Saúde do Trabalho. O tema do evento é “Risco Zero. Segurança Total” e será realizado das 08h às 17h30. As inscrições podem ser feitas através do e-mail [email protected] e pelo aplicativo What’s App no número 87-9-8157-1301. 

“Nossa região é carente dessa área. Temos muitas empresas que oferecem material de qualidade, atendendo as normas, só que muitas vezes não são conhecidas. O nosso intuito é reunir essas empresas em um ambiente, poder apresentar para os profissionais que já atuam e para os jovens profissionais que estão chegando. Hoje o Vale tem a capacidade de ter um bom desenvolvimento na área de segurança. O técnico de segurança no Vale não tem um piso salarial na região e por isso também é importante debater o assunto.”, ressaltou um dos coordenadores do congresso, Anderson Sá, em entrevista ao programa Geraldo José desta segunda-feira (21)...

Espaço Arte, Ciência e Cultura (EACC) da Univasf está aberto para visitação de escolas

A exposição interativa de ciência do Espaço Arte, Ciência e Cultura (EACC) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) está aberta para visitação de estudantes da educação básica de escolas de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA). A exposição é formada, no total, por 20 experimentos interativos que abordam algumas áreas da física. O agendamento pode se realizado por escolas públicas e privadas com o prazo mínimo de antecedência de 15 dias. O EACC está localizado no Espaço Plural da Univasf, no bairro Malhada da Areia, em Juazeiro (BA). 

Os interessados devem fazer um pré-agendamento, por meio do telefone do EACC: (74) 3614-1996, de segunda a sexta-feira, no horário das 8h30 às 12h30. Depois disso, é necessário enviar e-mail para [email protected] com nome e contato dos professores responsáveis, a relação dos alunos participantes e a série, e aguardar a confirmação. A mostra é organizada para receber, no máximo, 40 alunos, sendo que a cada 20 crianças deve haver um professor da escola como acompanhante. 

Os estudantes poderão interagir com os experimentos da mostra, entre eles: seis experimentos de mecânica, seis experimentos de óptica, três experimentos de fluidos, dois experimentos de eletromagnetismo, dois experimentos de energia e um experimento de som. Os experimentos são apresentados em formato de instalações, a exemplo de cadeira giratória, espelhos côncavo e convexo, caleidoscópio e instrumento óptico de ilusão de movimento, entre outros. 

Em um segundo momento, os alunos podem participar de uma das oficinas dos kits da “Experimentoteca”, escolhido pelo professor, em que podem interagir com fenômenos de física, química e biologia. Durante toda a visita, as crianças são monitoradas por educadoras treinadas e supervisionadas por um coordenador do EACC. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (74) 3614-1996, de segunda a sexta das 8h30 às 12h30, e no site do EACC. 

De acordo com o coordenador do EACC, Militão Figueiredo, o objetivo é difundir a cultura científica ao público escolar. “A visita é importante para que os alunos tenham contato direto com as experiências, já que, geralmente, em seus cotidianos, eles não têm acesso e aprendem ciência apenas decorando fórmulas”, afirma. Ele ainda ressalta que os professores podem preparar atividades para serem elaboradas durante a visita. 

Empréstimo - O EACC também realiza empréstimo de materiais para aulas. Estão disponíveis os kits que compõem a “Experimentoteca”, acervo desenvolvido pelo Centro de Divulgação Científica da Universidade de São Paulo (USP), com experimentos de física, química e biologia, e cerca de 100 vídeos de temas variados do projeto “VerCiência”. Para retirar o material, o professor necessita fazer um cadastro prévio. O catálogo e os documentos necessários para a solicitação podem ser acessados no site do EACC.  ..

Programas de Residência Multiprofissional em Saúde da Univasf comemoram 10 anos com aula inaugural

Foi realizada, dia passado (14), a aula inaugural dos Programas de Residência Multiprofissional da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) nas áreas de Saúde da Família, Enfermagem em Urgência, Intensivismo e Saúde Mental. A aula abre as atividades do semestre letivo 2016.1 e integra o ciclo de comemorações pelos 10 anos da implantação do Programa. O evento aconteceu na sala de reuniões do Conselho Universitário (Conuni), no prédio da Reitoria, Campus Centro, em Petrolina (PE). 

Estiveram presentes na mesa de abertura o reitor da Univasf, Julianeli Tolentino de Lima; o pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Helinando de Oliveira; a pró-reitora de Extensão, Lucia Marisy; o superintendente do Hospital Universitário (HU), Ricardo Pernambuco; e a representante do Núcleo Regional de Saúde do Norte da Bahia – Juazeiro, Ivonildes Parente. 

A ação foi promovida pela Comissão de Residência Multiprofissional em Saúde (Coremu) da Univasf. Com o tema “10 anos de Residência Multiprofissionais da Univasf – Construindo Novos Rumos para o SUS no Vale do São Francisco”, a aula foi ministrada pela professora do Colegiado de Enfermagem da Univasf Angela de Oliveira Carneiro. Na ocasião, a professora tratou sobre a situação do SUS, a formação em saúde, a residência da Univasf e educação permanente, entre outros assuntos. 

Para o reitor Julianeli Tolentino, as residências multiprofissionais nestes 10 anos têm dado uma grande contribuição. “Com ela, nós pudemos aumentar o efetivo de novos profissionais com uma formação ainda mais qualificada para atuar aqui, em toda a região da área de abrangência da nossa Universidade e até fora dessa área”, ressaltou. 

No total, as turmas são compostas por 18 novos alunos das áreas de Enfermagem, Psicologia e Farmácia. De acordo com a professora do Colegiado de Enfermagem e coordenadora do Coremu, Glória Maria Coelho, a aula é um momento de reunir os alunos. “Este é um momento de desejar boas-vindas aos que estão chegando e desejar felicidade e sorte aos que estão saindo”. 

Ainda segundo Glória, serão realizadas mais ações em comemoração aos 10 anos do Programa. “Vamos fazer nossa primeira Jornada das Residências Multiprofissionais e outros eventos, como a inauguração do espaço do Coremu”, antecipou. Para a egressa do curso de Enfermagem da Univasf Márcia Pedreira, será muito bom continuar seus estudos na Universidade. “A sensação é de estar em casa. Eu já conheço os professores, suas formas de trabalho e tenho certeza de que a residência não será diferente da graduação, então será muito boa”, afirmou. 

A psicóloga e nova aluna de Saúde da Família Alessany Teixeira Barbosa, veio de Minas Gerais para fazer a residência na Univasf. “Eu tinha um desejo de sair de Minas e fazer uma formação fora, com outro olhar. E eu sempre gostei muito do Nordeste, então quando eu passei, não pensei duas vezes”, contou. Outro aluno e psicólogo Joab Venâncio, de Jequié (BA), está animado com esta nova etapa. “Minha expectativa é conhecer o SUS na prática, adentrar nos campos de atuação, conhecer e participar deste trabalho. Isso é o que é mais motivador para mim”, ressaltou. ..

Campus Paulo Afonso da Univasf implanta sua primeira Residência Médica e inicia inscrições de processo seletivo

O Campus Paulo Afonso da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) conquistou recentemente sua primeira Residência Médica. O Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade foi aprovado pela Comissão Nacional de Médicos Residentes (CNRM) do Ministério da Educação (MEC). As inscrições para o processo seletivo, realizado pela Comissão de Residência Médica (Coreme) da Univasf, estarão abertas até quinta-feira (17). Há seis vagas disponíveis. 

Para se inscrever, os interessados devem acessar o site de Concursos da Univasf, preencher a ficha de inscrição juntamente com a documentação exigida (disponível no Edital Nº 4/2016) e enviar via Sedex para a Coordenação de Residência Médica - Univasf, Av. José de Sá Maniçoba, S/Nº, Campus Universitário, Centro, Petrolina (PE), CEP: 56304–205. A documentação também pode ser entregue pessoalmente no endereço acima, na Coreme, no Hospital Universitário da Univasf, em Petrolina, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 17h. A taxa de inscrição é de R$150,00 e o período para requerer isenção da taxa é de amanhã (11) até as 18h do dia 13. 

O programa tem duração de dois anos e a maior parte das atividades será desenvolvida nas unidades básicas de saúde e hospitalares do município de Paulo Afonso, conveniadas com a Univasf. O processo seletivo será realizado por meio de prova objetiva, que será realizada dia 27 de março. O resultado final e as matrículas acontecerão entre os dias 29 e 30 de março. As atividades iniciarão a partir do dia 30 de março. 

Para o coordenador do programa e professor de Medicina do Campus Paulo Afonso, Ricardo Lacerda, criar programas de residência é muito importante para a região. “Os cursos de graduação não fixam médicos na região e a residência médica, de acordo com pesquisas comprovadas, consegue essa fixação. Além disso, é importante para abrir campo de prática para a graduação, porque às vezes é difícil conseguir espaço para estágio”, afirma. 

O valor da bolsa fornecida pelo Ministério da Saúde ao residente é de R$ 2.976,00. O residente que desejar participar da capacitação e exercício de preceptoria receberá bolsa complementar no valor de R$ 2.500,00, oferecida pelo Ministério da Educação. “Além disso, conseguimos uma parceria de complementação dessa bolsa com a prefeitura, de modo que o residente receberá o valor de R$ 10.000,00 líquidos”, explica Lacerda. O professor destaca ainda, que a residência vai possibilitar campos de prática para os alunos da graduação e vai fornecer preceptores qualificados para os estudantes de Medicina. 

Durante o processo de autorização para a criação do programa, que teve duração de um ano, são avaliadas a capacitação dos docentes, a estrutura dos municípios, a programação de ensino e a experiência da instituição com programas de residência médica. A residência é uma pós-graduação Lato Sensu com 60h semanais, que concede ao médico o título de especialista. “A residência é considerada o padrão ouro na pós-graduação médica e é a melhor maneira de fazer pós-graduação em Medicina”, destaca Lacerda. 

Cronograma: 
Inscrições – até 17 de março
Prazo para entrega/envio da documentação – 18 de março
Resultado final – 29 de março
Matrícula – 29 e 30 de março
Aula inaugural – 31 de março ..

AMMA e Univasf discutem regularização ambiental

A gestora da Agência do Meio Ambiente de Petrolina (AMMA), Denise Lima, recebeu nesta quarta (09), em seu gabinete, a visita do arquiteto e servidor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Robério Coelho.

O encontro teve como pauta o processo de regularização ambiental do campus da instituição de ensino e pesquisa.  Coube ao órgão do município apresentar a relação de documentos e estudos que devem ser feitos pela Universidade, dentro dos trâmites legais, para a obtenção da licença. A ideia das duas instituições é estabelecer um cronograma de atividades – que incluirão estudos, entrega de relatórios e elaboração de pareceres – que possam ser otimizadas no melhor tempo possível. As diretoras do setor de Licenciamento da AMMA, Sayonara Nunes e Sheyna Lins também participaram da reunião com o intuito de tirarem todas as dúvidas no aspecto técnico...

Univasf promove ciclo de palestras sobre Aedes aegypti hoje (3)

Com o objetivo de reduzir os índices das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) irá realizar, hoje (3), um ciclo de palestras sobre o assunto. Intitulado de "Aedes aegypti: o que precisamos saber?", o evento será realizado das 14h às 18h, na sala de reuniões do Conselho Universitário (Conuni), localizada no 2º andar do prédio da Reitoria, Campus Centro, em Petrolina (PE). As inscrições são gratuitas e serão realizadas no local. A iniciativa integra as ações da campanha “Univasf sem Aedes”. 

As palestras são destinadas principalmente aos bolsistas dos grupos do Programa de Educação Tutorial (PET), como meio de capacitação para atuar nas escolas e na comunidade, mas são abertas a todos os interessados. Os participantes terão direito a certificado. De acordo com a diretora de Programas Especiais de Graduação da Pró-Reitoria de Ensino (Proen), Adriana Mayumi, serão apresentadas várias temáticas relacionadas ao mosquito e às doenças causadas por ele. “Serão abordadas as doenças, mas também a saúde como um todo, qual o ambiente que leva as pessoas a serem acometidas por elas e saber mais sobre o mosquito, como ele se reproduz, a ideia geral do ciclo”, explica. 

A programação conta com quatro palestras que serão ministradas por professores da Univasf: “Aspectos clínicos e padrões de incidência das doenças transmitidas por Aedes aegypti”, com o professor Aristóteles Cardona, do Colegiado de Medicina; “Saúde Única (One Health) no contexto da prevenção e controle da Dengue, Zika e Chikungunya”, com o professor João Alves, do Colegiado de Medicina Veterinária; "Principais arboviroses transmitidas pelos mosquitos do gênero Aedes", pelo professor Marlos Gomes Martins, do Colegiado de Ciências Biológicas; e "Aedes aegypti: biologia, comportamento e controle”, pela professora Rita de Cássia Rodrigues Gonçalves-Gervásio, do Colegiado de Engenharia Agronômica. 

 Ciclo de Palestras Aedes ..

Transporte Estudantil da Univasf terá ajuste de horários e acréscimo de nova rota a partir de quinta-feira (3)

O Serviço de Transporte Estudantil Intercampi da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), realizado pela Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Proae), terá ajustes nos horários das rotas e o acréscimo de um novo percurso com o trajeto Juazeiro/Campus Ciências Agrárias (CCA), a partir desta quinta-feira (3). A nova rota beneficiará os estudantes residentes nas proximidades dos bairros Cohab VI, Rio Corrente e São Gonçalo, em Petrolina. 

O novo itinerário (Ônibus A) sai às 6h10 do Campus Juazeiro e cumpre o percurso Juazeiro/Ciências Agrárias/Petrolina Centro/Juazeiro, com chegada ao ponto final prevista para as 8h30. Essa nova rota é um meio de contribuir ainda mais para a manutenção das atividades acadêmicas dos estudantes. 

Além disso, com o início dos cursos de idiomas recentemente ofertados nos campi Juazeiro e Petrolina Centro, serão implementadas duas rotas às 21h, horário de término das aulas, observando a demanda de alunos que dependem do transporte. Os estudantes devem ficar atentos aos horários dos itinerários ao longo do dia, pois são aproximados. 

A tabela com os itinerários completos dos ônibus está disponível no link abaixo. Reclamações, dúvidas e sugestões sobre a qualidade do Serviço de Transporte Estudantil Intercampi da Univasf deverão ser apresentadas pelos telefones (87) 2101-6858, (87) 9157-9602 ou pelo e-mail: [email protected].  ..

Prefeitura e UNIVASF discutem início de atendimentos dos Consultórios Itinerantes

O início das atividades dos Consultórios Itinerantes em Petrolina foi pauta de uma reunião entre o prefeito Julio Lossio e o reitor da UNIVASF, Julianeli Tolentino. O encontro aconteceu na reitoria da Universidade, nesta segunda-feira (29). Também esteve presente o vice-reitor da Instituição de Ensino, Telio Nobre Leite, além dos membros do HU/UNIVASF Ricardo Santana de Lima, gerente de Ensino e Pesquisa, Ronald Juenyr Mendes, gerente Administrativo e Thiago Magalhães, chefe da unidade de planejamento.

O projeto Consultórios Itinerantes é baseado no conceito de levar atendimento médico oftalmológico e odontológico a crianças matriculadas em escolas públicas em municípios do semiárido. Em Petrolina a ação será desenvolvida através de uma parceria entre a UNIVASF, Hospital Universitário e Prefeitura. De acordo com o prefeito, Julio Lossio, o objetivo é atender todas as crianças assistidas pela rede municipal de ensino, uma média de 50 mil alunos. Lossio destaca ainda que a expectativa é que as unidades móveis se desloquem até as comunidades em que as crianças estarão...

Prefeitura de Petrolina e UNIVASF discutem início de atendimentos dos Consultórios Itinerantes

O início das atividades dos Consultórios Itinerantes em Petrolina foi pauta de uma reunião entre o prefeito Julio Lossio e o reitor da UNIVASF, Junialeni Tolentino. O encontro aconteceu na reitoria da Universidade, nesta segunda-feira (29), e contou ainda com a presença do vice-reitor da Instituição de Ensino, Telio Nobre Leite, além dos membros do HU/UNIVASF Ricardo Santana de Lima, gerente de Ensino e Pesquisa, Ronald Juenyr Mendes, gerente Administrativo e Thiago Magalhães, chefe da unidade de planejamento.

O projeto Consultórios Itinerantes é baseado no conceito de levar atendimento médico oftalmológico e odontológico a crianças matriculadas em escolas públicas em municípios do semiárido. Em Petrolina a ação será desenvolvida através de uma parceria entre a UNIVASF, Hospital Universitário e Prefeitura. De acordo com o prefeito, Julio Lossio, o objetivo é atender todas as crianças assistidas pela rede municipal de ensino, uma média de 50 mil alunos. Lossio destaca ainda que a expectativa é que as unidades móveis se desloquem até as comunidades em que as crianças estarão...

Simpósio científico é destaque em reunião entre Comitê e Univasf

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco oficializouna última quarta-feira (24.02), em Brasília, o desejo de ter a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) como  instituição sede das atividades previstas para o I Simpósio da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (SBHSF), a ser realizado de 6 a 10 de junho, em Petrolina (PE). Na ocasião, um termo de cooperação técnico foi firmado entre o presidente do CBHSF, Anivaldo Miranda, o coordenador da Câmara Consultiva Regional Baixo São Francisco, Melchior Nascimento, e o reitor da universidade, Julianeli Tolentino.

O evento tem a intenção de reunir pesquisadores e estudos técnico–científicos relacionados à bacia do São Francisco, especialmente em áreas críticas como a governança, a dimensão social, a qualidade e quantidade da água, além da degradação de áreas ambientais. "Ao final, queremos construir o estado da arte do conhecimento em um documento que servirá como norteador das futuras ações do Comitê, assim como ser um embrião para a busca de novos pesquisadores e seus estudos", explicou Renato Garcia Rodrigues, coordenador geral da comissão organizadora do Simpósio...

Abertas inscrições para o VI Encontro de Pesquisa Educacional em Pernambuco que será realizado na Univasf

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) irá sediar, entre os dias 18 e 20 de maio, o VI Encontro de Pesquisa Educacional em Pernambuco (Epepe). Esta edição, que será realizada pela primeira vez na região, no Complexo Multieventos da Univasf, Campus Juazeiro (BA), terá como tema “O Plano Nacional de Educação e o Sistema Nacional de Educação: desafios para o fortalecimento de políticas de igualdade e justiça social”. O evento, que está com inscrições abertas, é promovido pela Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) em parceria com a Univasf e outras instituições de ensino nacionais e da região. 

Estarão reunidos professores, pesquisadores e estudantes de Pernambuco com o objetivo de discutir a efetivação do Plano Nacional de Educação (PNE) e os desafios do sistema de educação do país. A programação do evento contará com minicursos, lançamento de livros, sessão de comunicação oral, mesas redondas e sessões de pôsteres. A programação geral está disponível no site do evento. 

As inscrições podem ser realizadas até o dia 18 de maio, por meio de preenchimento de formulário online, disponível no site do evento. Para efetuar a inscrição, o comprovante de pagamento deverá ser anexado ao formulário. A taxa de inscrição é no valor de R$ 30 para estudantes e professores da educação básica e R$ 60 para professores de educação superior e pesquisadores. O prazo para submeter trabalhos se encerra no dia 15 de maio. No momento da inscrição, o trabalho também deverá ser anexado. 

De acordo o organizador do evento pela Univasf, Ednaldo Torres, o Epepe irá fortalecer a formação dos professores na instituição. “É uma oportunidade para fortalecermos nossas licenciaturas e para discutirmos o mestrado do ensino de sociologia, além de realizarmos a aproximação da nossa Universidade com as outras instituições da região, que já acontece, mas que se fortalece com o evento”, ressalta. 

Segundo a coordenadora do evento e pesquisadora da Fundaj, Cibele Rodrigues, a ideia é retomar o debate sobre o PNA e o sistema de educação. “O plano e o sistema são a coluna dorsal de toda a educação, da infantil até a pós-graduação, então é importante discutir o que já foi feito e o que ainda falta fazer”, disse. Para a coordenadora do comitê científico e pesquisadora da Fundaj, Patrícia Simões, é muito importante que o Epepe seja realizado na região. “Fazendo o evento na Univasf, daremos visibilidade aos trabalhos que estão sendo realizados aqui, com a intenção de valorizar a região”, enfatiza.  ..

“Protagonismo Negro: o retrato enquanto documento social” é tema de exposição fotográfica na Univasf

Mostrar a importância da afirmação da identidade negra na construção de vida e memória. Esse é o objetivo da exposição fotográfica “Protagonismo Negro: o retrato enquanto documento social”, de Candice Machado, estudante do curso de Artes Visuais da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). São 37 obras que compõem seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e estarão disponíveis para visitação até o dia 11 de março, das 8h às 18h, no Hall da Reitoria, no Campus Centro, em Petrolina (PE). 

A parte prática do processo de construção do trabalho, que compreende entrevistas e fotografias, iniciou no segundo semestre de 2015 e durou seis meses. “Foi um processo bastante intenso, porque eu pedi que as pessoas escolhessem os lugares simbólicos onde elas queriam ser fotografadas, bem como as roupas”, destaca Candice. 

A exposição tem curadoria do professor do Colegiado de Artes Visuais da Univasf, Elson Rabelo, que também é orientador do TCC de Candice. As fotografias expostas são de personagens de Juazeiro, Petrolina e cidades vizinhas, de idades e classes sociais diferentes. “Eu fui selecionando pessoas da minha convivência visual e que eu achava que tinham algo a dizer sobre essa questão da afirmação”, explica a autora. 

Para a estudante, é importante falar sobre a temática, porque é um tema atual e que precisa ser discutido. Ela destaca ainda que a exposição é uma prévia da apresentação do seu TCC que acontecerá no início do mês de março. “A exposição irá contribuir para que as pessoas que vêm visitar possam também assistir à apresentação do TCC e entender o processo”, afirma Candice.  ..